Meteorologia

  • 22 MAIO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Human Rights Watch exige libertação de advogados de direitos humanos

A organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) exigiu hoje a libertação imediata de advogados de direitos humanos detidos "sem fundamento" pelo regime chinês, a quem acusa de estar a conduzir uma nova vaga de repressão.

Human Rights Watch exige libertação de advogados de direitos humanos
Notícias ao Minuto

06:54 - 15/02/18 por Lusa

Mundo China

A HRW diz que, desde agosto de 2017, as autoridades chinesas revogaram ou suspenderam as licenças de trabalho de sete destacados advogados chineses de direitos humanos.

Entre eles conta-se Yu Wensheng, um proeminente defensor dos direitos humanos, detido por publicar uma carta dirigida ao Presidente chinês, Xi Jinping, de "incitação à subversão contra o poder.

Outros dos advogados a quem a China retirou é Sui Muqing, que esteve também envolvido em casos de direitos humanos, e foi acusado de violar a lei quando tentou tirar uma foto do seu cliente, o ativista Chen Yunfei.

De acordo com a HRW, a prisão de Yu Wensheng e a revogação de licenças de trabalho são uma "continuação da repressão contra advogados de direitos humanos nos últimos anos".

A organização lembra que muitos dos cerca 300 advogados e ativistas que foram presos em 2015 continuam na prisão.

Desde a chegada ao poder do Presidente chinês, Xi Jinping, em 2012, as autoridades prenderam centenas de ativistas dos direitos humanos, acusados de subversão do poder do Estado ou perturbação da ordem social.

Sui foi uma das centenas de ativistas detidos ou interrogados, em julho de 2015, parte de uma campanha das autoridades contra advogados e ativistas dos direitos humanos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.