Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2018
Tempo
25º
MIN 24º MÁX 26º

Edição

Netanyahu deverá ser acusado de corrupção, recomendam autoridades

Polícia israelita considera que existem motivos suficientes para que Netanyahu seja acusado de crimes de corrupção. Primeiro-ministro de Israel diz que vai continuar a liderar o país e garante que a acusação "não vai dar em nada".

Netanyahu deverá ser acusado de corrupção, recomendam autoridades
Notícias ao Minuto

18:37 - 13/02/18 por Pedro Bastos Reis 

Mundo Israel

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, deverá ser indiciado pelo crime de corrupção, segundo informação avançada pelo jornal Haaretz, que cita fontes da polícia israelita.

Netanyahu está a ser investigado há vários meses por suspeita de ter recebido presentes de empresários israelitas em troca de favores políticos. 

Na investigação conhecida como 'Caso 1000', suspeita-se que Netanyahu tenha recebido 100 mil dólares (cerca de 82 mil euros) em prendas, como champanhe ou cigarros de luxo, oferecidos por Arnon Milchan, James Packer e por outros  apoiantes. 

De acordo com a polícia israelita, que considera que o primeiro-ministro "agiu contra o interesse público", para além deste caso, Netanyahu deverá ser indiciado por um outro crime, conhecido como 'Caso 2000', em que Netanyahu terá tentado fechar um acordo para manipular a cobertura noticiosa do jornal Yedioth Ahronoth. Em troca, impunha medidas que prejudicassem o jornal rival, o Israel Hayom.

O primeiro-ministro israelita garante, contudo, que está inocente. "Não haverá nada, porque não há nada", garantiu.

Momentos depois de ser conhecida a recomendação da polícia, Netanyahu fez um discurso televisivo onde garantiu que vai continuar a liderar Israel e que as acusações não têm qualquer fundamento, pelo que, diz, "vão acabar em nada". 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.