Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2019
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Governo israelita rejeita qualquer intervenção do país no referendo curdo

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, rejeitou hoje as acusações do Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, de ingerência dos serviços secretos israelitas na organização do referendo de independência no Curdistão iraquiano.

Governo israelita rejeita qualquer intervenção do país no referendo curdo

Discursando no início da reunião semanal do Governo, Netanyahu desmentiu qualquer implicação dos serviços secretos do seu país no referendo e reiterou simpatia do povo judeu pelos curdos e suas aspirações.

No sábado, Erdogan sugeriu que a Mossad israelita participou no referendo, que decorreu no passado dia 25, na região autónoma do Curdistão.

Criticando os curdos iraquianos terem celebrado o referendo com bandeiras israelitas na mão, Erdogan comentou que o facto "demonstra uma coisa: esse Governo tem uma história comum com a Mossad, eles avançam de mãos dadas".

Hoje, Netanyahu sublinhou o apoio da Turquia ao movimento islamista Hamas, no poder na faixa e Gaza e considerado como uma organização terrorista por Israel, Estados Unidos e União Europeia.

"Posso entender que aqueles que apoiam o Hamas querem ver a Mossad onde quer que as coisas não funcionam para eles", disse Netanyahu, citado numa declaração de seu gabinete, no qual garante que Israel não teve qualquer intervenção no referendo, "além da simpatia natural" pelo "povo curdo e suas aspirações".

Este escrutínio foi largamente criticado internacionalmente e Israel foi o único país a afirmar-se publicamente a favor de um estado curdo independente.

A escolha 'sim' à independência recolheu uma larga maioria nos votos, impulsionado pelo presidente da região autónoma do Curdistão, Massoud Barzani.

Ancara tem criticado fortemente a criação de um estado curdo junto da sua fronteira, por acreditar que iria galvanizar separatistas curdos, que têm levado a cabo uma rebelião sangrenta no sudeste do território.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório