Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Sondagem: Merkel vence e extrema-direita é a terceira força política

Merkel vence com resultado abaixo do esperado e extrema-direita terá ficado acima dos 13%.

Sondagem: Merkel vence e extrema-direita é a terceira força política
Notícias ao Minuto

17:25 - 24/09/17 por Lusa

Mundo Eleições

A CDU da chanceler Angela Merkel venceu as eleições legislativas de hoje com 33,5% dos votos, seguida dos sociais-democratas do SPD e do partido Alternativa para a Alemanha, de extrema-direita, segundo uma sondagem divulgada pela televisão pública ZDF.

O partido de Merkel ficou com resultados abaixo do esperado e a extrema-direita terá ficado acima dos 13%.

O partido liberal (FDP) chegará aos 10%, de acordo com os dados divulgados por aquela cadeia televisiva, aquando do encerramento das assembleias de voto, enquanto a esquerda e os Verdes ficarão empatados com 9% dos votos, segundo agência de notícias espanhola EFE.

Esses resultados são muito semelhantes à sondagem divulgada ao mesmo tempo pela televisão ARD, que atribui ao bloco conservador 32,5% dos votos, seguido pelo Partido Social Democrata (SPD) de Martin Schulz, com 20%, e da AFD, com 13,5%.

Se estas previsões se confirmarem, há apenas duas opções para uma possível aliança governamental: ou a reeleição da grande coligação com os social-democratas, como a liderada na última legislatura de Merkel; ou uma coligação tripartida inédita, entre o partido da chanceler Angela Merkel, os Verdes e o FDP.

Estas percentagens, caso de confirmem, representam o naufrágio do SPD, sob a liderança de Martin Schulz, naquele que poderá ser o pior resultado na história do partido.

Os principais partidos também sofreram um declínio acentuado em relação às eleições gerais de 2013, ano em que a União Democrata Cristã de Merkel e o seu aliado na última legislatura (CDU /CSU), obtiveram 41,5% e o SPD 25,7%.

A esquerda foi a terceira força mais votada, com 8,6%, enquanto os Verdes obtiveram 8,4%.

Tanto o FDP como o AFD, então um partido essencialmente eurocético, ficaram umas décimas abaixo do limite mínimo de 5% exigido para a eleição parlamentar.

Caso estes resultados se confirmem, o próximo Bundestag terá seis grupos parlamentares e, portanto, será o mais diversificado em termos de número de formações desde a década de 1950.

Merkel chegou ao poder em 2005 depois de derrotar o então chanceler Gerhard Schroder, tendo depoois derrotado Frank-Walter Steinmeier, em 2009, e Peer Steinbrück, em 2013.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório