Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2017
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 13º

Edição

Coreia do Sul diz ter capacidade para "destruir" Pyongyang

A Coreia do Norte voltou a fazer um teste balístico, que sobrevoou o Japão. Moon Jae-in deixou, de imediato, uma forte ameaça a Kim Jong-un.

Coreia do Sul diz ter capacidade para "destruir" Pyongyang
Notícias ao Minuto

07:50 - 15/09/17 por Pedro Bastos Reis

Mundo Tensão

O presidente da Coreia do Sul afirmou que o seu país tem poder suficiente para destruir a Coreia do Norte e voltou a insistir na importância das sanções internacionais.

Na sequência de um novo teste balístico realizado pelo regime de Pyongyang, Moon Jae-in reiterou que o diálogo com Kim Jong-un é “impossível numa situação como esta” e, nesse sentido, deixou uma ameaça ao país vizinho.

“No caso de a Coreia de Norte continuar a levar a cabo provocações contra nós ou contra o nosso aliado, temos o poder para destruí-los de uma forma em que não será possível recuperarem”, afirmou Moon Jae-in, segundo o jornal The Independent, que cita a agência sul-coreana Yonhap.

“O diálogo é impossível numa situação como esta. As sanções internacionais e a pressão vão forçar a Coreia do Norte a não ter outra opção senão avançar para um caminho de diálogo genuíno”, acrescentou.

Ao início da manhã (cerca de 23h00 de quinta-feira em Lisboa), Pyongyang voltou a lançar um míssil, que sobrevoou a ilha de Hokkaido, no Japão, antes de cair nas águas do Oceano Pacífico.

O Japão reiterou de imediato que “não vai tolerar mais provocações”, ao passo que os Estados Unidos pediram “novas medidas” para dissuadir o regime de Kim Jong-un, um recado deixado à China e à Rússia.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório