Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2017
Tempo
21º
MIN 21º MÁX 21º

Edição

Violentos confrontos na periferia de Nairobi, no Quénia

Violentos confrontos eclodiram hoje em Mathare, na periferia da capital queniana, Nairobi, entre elementos da etnia kikuyu, do Presidente Uhuru Kenyatta, e apoiantes luo do opositor Raila Odinga, segundo verificou um fotógrafo da AFP.

Violentos confrontos na periferia de Nairobi, no Quénia
Notícias ao Minuto

18:14 - 13/08/17 por Lusa

Mundo Pós eleições

Estes atos de violência surgiram quando os luo queimaram barracas de comerciantes kikuyu, o que resultou numa batalha campal entre os dois grupos.

Um homem foi severamente espancado com um pau e o seu corpo ficou caído no chão, de acordo com o fotojornalista, que acrescentou que o pessoal da Cruz Vermelha presente nas proximidades não conseguiu aceder imediatamente ao corpo porque os dois grupos continuavam a confrontar-se.

Esta situação surge depois da visita de Odinga a Mathare para ver a família de uma rapariga de 09 anos que foi morta a tiro no sábado de manhã neste bairro, quando se encontrava na varanda do quarto andar de um imóvel.

Anteriormente, Odinga deslocou-se ao bairro de Kibera, onde disse, diante de milhares de apoiantes entusiastas, que "não aceita os resultados das eleições presidenciais", que diz terem sido "roubados" por Kenyatta, o chefe de Estado cessante.

"Ainda não perdemos. Não vos abandonaremos", afirmou pedindo aos seus apoiantes para que não vão trabalhar na segunda-feira devido à presença massiva de forças de segurança.

Kenyatta foi reeleito na sexta-feira à noite para um segundo mandato de cinco anos como Presidente do Quénia, com 54,27% votos contra os 44,74% recolhidos por Odinga, segundo os resultados oficiais, que a oposição contesta e qualifica como uma "farsa" eleitoral.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório