Meteorologia

  • 21 AGOSTO 2018
Tempo
24º
MIN 23º MÁX 26º

Edição

Caminho errado revelou-se fatal para mulher no Grand Canyon

Sarah Beadle morreu devido à exaustão de calor. Estava com a filha e a sobrinha, que deixou num local seguro para tentar encontrar "água e ajuda".

Caminho errado revelou-se fatal para mulher no Grand Canyon

Começam a ser conhecidas as circunstâncias que levaram à morte de uma mulher no Grand Canyon. O corpo de Sarah Beadle, 38 anos, foi encontrado pelos guardas do parque na quarta-feira, a cerca de um quilómetro e meio do Phantom Ranch que faz parte do trilho de South Kaibab, no qual Sarah caminhava juntamente com a filha e com a sobrinha na terça-feira.

O marido de Sarah partilhou no seu Facebook as circunstâncias que levaram à morte da sua esposa. A filha do casal estava a sentir-se "tonta devido à exaustão de calor e tinham ficado sem água". Sarah decidiu então deixar a filha e a sobrinha num "local seguro, enquanto tentava encontrar água e ajuda".

Como Scott explica na sua publicação "ao longo do trilho, ela seguiu numa direção errada e perdeu-se. Os guardas do parque suspeitam que tenha morrido de exaustão de calor".

Outros caminhantes terão encontrado a filha e a sobrinha de Sarah, que se encontravam bem.

Kirby Shedlowsky do Serviço Nacional de Parques disse à WFAA-TV que embora o trilho de South Kaibab seja mais curto "tem sombra limitada e não oferece acesso a água", uma combinação que no caso de Sarah Beadle se revelou fatal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.