Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2017
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 14º

Edição

A polémica fotografia da filha do presidente do Quirguistão a amamentar

Fotografia foi publica em abril nas redes sociais e tem gerado polémica. A filha mais nova do presidente quer combater a cultura de objetificação do corpo feminino no país da Ásia Central.

A polémica fotografia da filha do presidente do Quirguistão a amamentar
Notícias ao Minuto

19:40 - 01/08/17 por Notícias Ao Minuto

Mundo Redes Sociais

Uma fotografia de Aliya Shagieva, a filha mais nova do presidente do Quirguistão, a amamentar o filho em roupa interior tem gerado grande controvérsia naquele país da Ásia Central. Aliya partilhou a fotografia nas redes sociais com o intuito de lançar o debate em torno da amamentação e tentar mudar uma cultura que objetifica o corpo feminino.

"Eu vou alimentar o meu filho em qualquer altura e em qualquer lugar em que ele precise de ser alimentado", escreveu Aliya na descrição da imagem.

A fotografia gerou tanta polémica, que a jovem até já a removeu depois de ser acusada de "comportamento imoral". Mas não se coibiu de publicar outras fotografias nas quais amamenta o filho, embora com mais roupa.

Numa entrevista à BBC do Quirguistão, Alyia considera que esta polémica resulta de uma cultura que hiper-sexualiza o corpo feminino.

"O meu corpo não é vulgar. É funcional. O seu propósito é dar resposta às necessidades fisiológicas do meu bebé, não é ser sexualizado", disse.

Mas os argumentos de Alyia não convencem os pais, o presidente Almazbek Atambayev e a primeira-dama, Raisa, que reprovaram a publicação da fotografia.

O Quirguistão é um país cuja população é maioritariamente muçulmana. Em 2008 a UNICEF lançou uma campanha de amamentação no país, depois de terem sido divulgados dados que mostravam que menos de 35% dos bebés com cinco meses eram amamentados. 

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório