Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2017
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Áustria: Homem condenado após questionar gaseamento de judeus

Um tribunal austríaco condenou hoje a 12 meses de prisão, com pena suspensa, um homem acusado de ter violado as leis antinazis do país ao defender que as mortes de judeus durante o regime de Hitler são uma invenção.

Áustria: Homem condenado após questionar gaseamento de judeus
Notícias ao Minuto

14:18 - 31/07/17 por Lusa

Mundo Holocausto

O visado foi ainda acusado de crime de incitamento à violência ao designar os muçulmanos de vermes.

O tribunal na cidade de Feldkirch (oeste da Alemanha) impôs-lhe ainda uma multa de 1.440 euros.

O homem foi condenado após defender que as mortes em massa de judeus nas câmaras de gás no decurso do III Reich (1933-1945) foram uma história inventada pelos próprios judeus para transmitir uma imagem negativa de Adolf Hitler, caso tivesse vencido a Segunda Guerra Mundial.

As duas declarações do indiciado foram emitidas através do Facebook e o seu autor, de 34 anos, reconheceu que as publicações eram da sua autoria. Não foi identificado devido às leis sobre privacidade em vigor na Áustria.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório