Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Mulher perdoa assassino do pai e faz nascer amizade extraordinária

Sempre quis contactar a família do homem que matara, mas foi desaconselhado pela polícia.

Mulher perdoa assassino do pai e faz nascer amizade extraordinária
Notícias ao Minuto

16:08 - 17/07/17 por Andrea Pinto

Mundo Canadá

Margot von Sluytman perdeu o pai em 1978 quando este foi morto durante o assalto à loja onde trabalhava.

O homem que apertou o gatilho, Glen Flett, arrependeu-se do seu ato e anos mais tarde decidiu entrar em contacto com a filha da vítima para lhe pedir perdão pelo seu ato.

Os dois contaram a sua história ao programa Outlook da BBC, revelando que desde então cresceu entre ambos uma bonita amizade.

Glen revelou que a sua vida não foi um mar de rosas, tendo perdido também a mãe, com apenas dois anos, vítima de um esfaqueamento.

"Desde cedo aprendi que agir de forma violenta ou raivosa às vezes funcionava", contou o homem, que desde cedo teve uma vida complicada, tendo-se envolvido em assaltos.

No dia 27 de março de 1978 aconteceria aquilo que mudaria para sempre a sua vida. Num assalto a um estafeta, acabou por ser agarrado por um homem que o tentou impedir de prosseguir com o assalto. Glenn não pensou duas vezes e atingiu-o mortalmente. Acabou preso.

Margot sempre quis conhecer o homem que matara o seu pai para perceber porque o fizera. Glen por seu turno, afirma que sempre viveu angustiado e que quando saiu da prisão revelou à polícia a sua intenção de conhecer a família da pessoa que matara. Mas foi desaconselhado a fazê-lo.

Mais tarde viria a descobrir que Margot já havia concluído a universidade, era poeta e tinha acabado de ganhar um prémio e decidiu fazer uma doação em seu nome.

Pouco tempo depois, recebeu um e-mail, enviado à sua mulher. "Você é casada com o Glen Flett, o homem que matou o meu pai na segunda-feira de Páscoa, dia 27 de março de 1978?". E assim começaram a conversar, até ao dia em que se conheceram.

Glen e Margot são agora amigos, encontrando-se diversas vezes. Os dois dizem que é possível manter uma amizade, apesar da história que está por detrás dela, e dizem que esta permitiu-lhes seguir a vida, homenageando aqueles que ficaram para trás.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório