Fillon promete manter o estado de emergência

O candidato da direita às presidenciais francesas, François Fillon, prometeu, se for eleito, manter o estado de emergência em França, na sequência do atentado de quinta-feira em Paris, em que um polícia foi morto.

© Reuters
Mundo França

Numa declaração na sede da campanha, Fillon disse assumir "a luta pela liberdade e pela segurança do povo francês" e que ela deve ser "a prioridade" do próximo presidente.

PUB

O candidato prometeu que, se for eleito, vai reforçar a polícia e as forças militares e lançar uma "iniciativa diplomática" contra o extremismo islâmico.

França está em estado de emergência desde os atentados de 2015 em Paris.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser