Meteorologia

  • 25 JULHO 2017
Tempo
31º
MIN 28º MÁX 33º

Edição

Morreu o autor Dick Bruna, criador da pequena coelha Miffy

O escritor e ilustrador holandês Dick Bruna, autor de livros para a infância protagonizados pela personagem Miffy, morreu na quinta-feira aos 89 anos, durante o sono, revelou hoje o editor.

Morreu o autor Dick Bruna, criador da pequena coelha Miffy
Notícias ao Minuto

16:22 - 17/02/17 por Lusa

Mundo Óbito

Nascido em 1927, em Utrecht, numa família ligada à edição livreira, Dick Bruna começou por trabalhar em ilustração de capas de romances e de policiais, mas ficou conhecido sobretudo por ter escrito e ilustrado dezenas de histórias para a infância.

Com 62 anos de existência, a mais popular das criações de Dick Bruna continua a ser Miffy, uma pequena coelha branca, protagonista de histórias simples para a infância, ilustradas com cores fortes e traços minimalistas.

Os 32 livros de Miffy - num formato quadrado, pequeno, acessível para as mãos das crianças - estão traduzidos em mais de 50 línguas, incluindo português, tendo vendido mais 85 milhões de exemplares em todo o mundo.

O último título foi publicado em 2011, ano em que Dick Bruna se reformou.

Em Utrecht, a cidade onde passou grande parte da vida, existe um museu dedicado a Miffy.

A par dos livros, a imagem de Miffy foi licenciada, reproduzida e ampliada em séries de televisão, jogos para crianças, brinquedos, material didático, cadernos, canecas ou vestuário, alimentando um negócio anual de 175 milhões de euros, escreve o jornal Telegraph.

Na biografia oficial disponibilizada na Internet lê-se que Dick Bruna descobriu o prazer de desenhar na adolescência, retido em casa, na década de 1940, em plena II Guerra Mundial, e que, mais tarde, em Paris, buscou inspiração nos artistas Henri Matisse e Fernand Léger.

"Quando estou na minha mesa de desenho, tenho a nítida sensação de que está uma criança atrás de mim a observar atentamente. É uma das razões pelas quais os meus desenhos estão sempre virados para o leitor. (...) As crianças são muito francas e isso é uma coisa a que eu dou muito valor", afirmou um dia o autor, citado pela France Presse.

Campo obrigatório