Jogador que sobreviveu ia marcar data do casamento quando aterrasse

Namorada contou à imprensa brasileira os momentos de aflição que tem vivido desde a noite de terça-feira.

© Marina Storchi
Mundo Brasil

O jogador do Chapecoense Alan Ruschel é um dos três futebolistas que sobreviveu à queda do avião da Lamia Airlines que tirou a vida a 71 pessoas. Internado num hospital da Colômbia, o lateral-esquerdo corre o risco de ficar paraplégico devido à gravidade dos ferimentos.

PUB

A namorada, Marina Storchi, contou ao site Timeline Gaúcha que ontem deveria ter sido um dia de grande felicidade e não de dor, como se veio a verificar.

“Hoje mesmo [terça-feira] íamos marcar a data do casamento”, revelou emocionada. “Eu quero que ele fale comigo, eu quero que alguém me diga alguma coisa”, desabafou angustiada.

E angústia é o sentimento que toma conta de Marina desde a noite de terça-feira.

“Tínhamos combinado que ele me ligaria quando chegasse. Tínhamos combinado por volta da uma da manhã, no horário do Brasil. Era 01h00 e ele não me ligou e eu pensei que o voo se tinha atrasado. Mandei-lhe mensagem a pedir que me ligasse, mas ele não me ligou. Por volta das 03h00 acordei, liguei a televisão e vi o acidente”, contou emocionada.

Marina está desolada com a morte das 71 vítimas, mas aliviada por o namorado ter sobrevivido à tragédia: “O Alan é tudo para mim”.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS