Brasil em choque com morte de rapaz à boleia do "jogo da asfixia"

Desafio consiste em cortar o fornecimento de oxigénio para o cérebro para, após o desmaio, acordar em euforia, simulando o efeito de drogas.

© DR
Mundo Santos

Gustavo Detter tinha apenas 13 anos e, como milhões de jovens da sua idade, estava já alienado pelo universo da internet e dos jogos online. Enquanto jogava League of Legends (um dos jogos online mais populares do momento) com amigos, o jovem morador da cidade de São Vicente (Brasil) foi desafiado a completar o “jogo da asfixia” por ter perdido uma das partidas.

PUB

Este desafio consiste, sucintamente, em cortar o fornecimento de oxigénio para o cérebro (através de cordas, cintos ou até com ajuda alheia) para, após o desmaio, acordar em euforia, simulando o efeito de drogas.

Através do programa pelo qual comunicavam, os colegas de Gustavo aperceberam-se que ele estava desmaiado há demasiado tempo. Avisaram uma prima, que estava no quarto ao lado, e o jovem ainda foi levado para o hospital.

Tudo isto aconteceu no passado sábado, dia 15. No dia seguinte, contudo, Gustavo já não dava sinais de vida.

O caso está está agora a ser investigado pelo 7.º Departamento de Polícia da cidade de Santos, como dá conta o portal brasileiro G1.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS