Estado Islâmico mata 16 adeptos do Real Madrid

O autoproclamado Estado Islâmico matou mais de uma dezena de adeptos do Real Madrid numa filial do clube em Balad, no Iraque, avança o Mirror.

Mundo Iraque

Estado Islâmico mata 14 adeptos do Real Madrid - Imagens estão a ser divulgadas no Twitter © Twitter

Estado Islâmico mata 14 adeptos do Real Madrid - Imagens estão a ser divulgadas no Twitter © Reprodução Mirror

1 / 2
Estado Islâmico mata 14 adeptos do Real Madrid -

Estado Islâmico mata 14 adeptos do Real Madrid - Imagens estão a ser divulgadas no Twitter © Twitter

1 / 2
© Reprodução Mirror

Um grupo de terroristas do Estado Islâmico atacou uma filial do Real Madrid em Balad, no Iraque, e matou vários adeptos do clube.

PUB

O ataque foi realizado por homens armados com armas automáticas AK-47. Até ao momento estão confirmadas pelo menos 16 mortes e mais de 20 pessoas feridas. Estavam cerca de 50 pessoas no local no momento do crime.

De acordo com fontes da Reuters, o ataque, que aconteceu por volta da meia-noite local, foi levado a cabo por três homens que, depois do atentado na sede, acabaram por fugir.

Horas mais tarde, um deles viria a fazer-se explodir depois de uma tentativa de interceção da polícia, num mercado próximo, o que levou à morte de 4 pessoas.

Um comunicado do Estado Islâmico garante que os três homens rebentaram os coletes de explosivos, mas as autoridades apenas confirmam uma explosão.

Ziad Subhan, presidente da filial do clube em Samarra, já reagiu ao ataque terrorista e explicou que os homens entraram no espaço e dispararam "aleatoriamente". "O ISIS não gosta de futebol. Acreditam que é contra o Islão", explicou ao The Sun.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a saber todas as novidades de Mundo

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser