Meteorologia

  • 16 JULHO 2024
Tempo
23º
MIN 17º MÁX 26º

Cidade chinesa de Guilin assolada com as piores inundações desde 1998

A cidade de Guilin está a sofrer as piores inundações desde 1998, com aldeões retidos em casa, lojas submersas e uma estação de comboios suspensa, devido às fortes chuvas que continuam a assolar o sul da China.

Notícias ao Minuto

08:22 - 20/06/24 por Lusa

Mundo China

Pelo menos nove pessoas morreram e centenas ficaram sem casa no sul do país. As autoridades de Guilin emitiram um alerta de emergência de inundação de nível 1 na quarta-feira, segundo a imprensa local. Ao fim da tarde, o nível da água na secção da cidade do rio Lijiang tinha subido para 148,55 metros - 2,55 metros para além do nível de alerta e um pouco acima do pico de 148,4 metros registado em 1998, informou a televisão estatal CCTV.

As inundações devastadoras de 1998 duraram dois meses e causaram estragos em 24 províncias. No total, morreram 3.004 pessoas.

Segundo a CCTV, várias zonas de Guilin, na região autónoma de Guangxi Zhuang, foram afetadas pelas últimas chuvas. Até à data, 69 residentes foram resgatados das suas casas por barco.

As escolas e os autocarros foram suspensos e alguns pontos turísticos foram encerrados. A polícia de trânsito local disse na quarta-feira que várias estradas estavam inundadas e que uma via rápida tinha desmoronado parcialmente.

Os passageiros dos comboios foram aconselhados a utilizar a estação de Guilin Norte, depois de a praça pública da estação principal de Guilin ter ficado inundada.

A estação de Guilin informou hoje na rede social Weibo que alguns comboios tinham sido suspensos e outros iam atrasar-se.

As tempestades que assolaram a região e provocaram inundações nas províncias vizinhas de Guangdong e Fujian deverão abrandar nos próximos dias, segundo o gabinete meteorológico. No entanto, Guilin pode esperar pelo menos mais dois dias de chuvas fortes.

Leia Também: Xi Jinping pede ao exército "lealdade absoluta" (e fim da "corrupção")

Recomendados para si

;
Campo obrigatório