Meteorologia

  • 15 JUNHO 2024
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 22º

Irmã da noiva entra em ação após cobra interromper casamento. O momento

O caso remonta ao início do mês, quando Erika Rodriguez estava a celebrar o casamento da sua irmã em Florence, no Arizona, Estados Unidos, e uma cobra decidiu entrar sorrateiramente nas festividades.

Notícias ao Minuto

08:43 - 20/05/24 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

E se, do nada, uma cobra aparecesse no casamento da sua irmã e ameaçasse causar distúrbios? Nascida e criada no estado norte-americano do Arizona, a jovem Erika Rodriguez não teve dúvidas: pegou no animal pela mão e retirou-o do espaço.

O caso remonta ao início do mês, quando Erika Rodriguez estava a celebrar o casamento da sua irmã em Florence, e uma cobra decidiu entrar sorrateiramente nas festividades.

Um vídeo publicado no TikTok mostra Erika Rodriguez, que usava um vestido cor de laranja para a ocasião, a apanhar a serpente pela cauda, enquanto os outros convidados observaram com admiração.

"Erika, és mesmo selvagem!", grita um convidado no vídeo, que já foi visto mais de um milhão de vezes nas redes sociais.

Agarrando a cauda da cobra com a mão a uma distância segura à sua frente, a mulher afasta-a da festa para o mato circundante, com a outra mão a segurar o vestido para que não se arraste no chão.

"Casamentos no Arizona", lê-se na legenda dos vídeos, partilhados pela outra irmã de Rodriguez, Sandra.

Além dos internautas, este é certamente um casamento que os convidados não vão esquecer. "A cobra fez uma aparição na pequena área de cocktails. O trabalhador tentou apanhá-la, mas ela caiu nos degraus e no convés ali mesmo e voltou", contou Erika à Fox10 Phoenix.

Depois de o funcionário ter desaparecido sem 'tomar conta do assunto', Erika decidiu resolver o problema com as próprias mãos - literalmente. 

Depois de largar a serpente e de toda a gente a parabenizar, a mulher foi recompensada com uma cerveja do bar.

"Em criança, eu era muito destemida, por isso andava lá fora a apanhar gafanhotos, sapos e cobras e tudo o que pudesse", deu conta.

Veja o vídeo na galeria acima.

Leia Também: Cobrança coerciva de dívidas fiscais sobe 21% em 2023 para 1.295 milhões

Recomendados para si

;
Campo obrigatório