Meteorologia

  • 21 MAIO 2024
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 20º

Parte vidro do comboio com martelo (e foge) após ser apanhado sem bilhete

O suspeito encetou fuga a pé em direção a um túnel próximo, no sentido Madrid, o que obrigou o comboio a fazer uma paragem de emergência e regressar à estação.

Parte vidro do comboio com martelo (e foge) após ser apanhado sem bilhete
Notícias ao Minuto

23:01 - 16/05/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Espanha

Um homem foi detido após ter estado envolvido num incidente na linha de Alta Velocidade de Cuenca, em Espanha, ao ter sido detetado a viajar sem bilhete de comboio.

De acordo com a polícia, em comunicado de imprensa a que o jornal Hoy teve acesso, o caso remonta à semana passada, quando o suspeito foi apanhado sem bilhete num comboio.

Naquele momento, o homem decidiu ameaçar o funcionário que o confrontou e pular do comboio em movimento, quebrando uma das janelas com o martelo de emergência.

O suspeito encetou fuga a pé em direção a um túnel próximo, em direção a Madrid, o que obrigou o comboio a fazer uma paragem de emergência e regressar à estação.

Os danos causados ​​ao comboio de alta velocidade, bem como os prejuízos económicos causados ​​ao tráfego ferroviário que teve de ser suspenso por uma hora e meia, ascendem a mais de 16 mil euros.

Depois de estar envolvido neste incidente, refugiou-se numa casa próxima, onde passou a noite e desfez-se da roupa que vestia, bem como do martelo do comboio com que partiu o vidro da carruagem.

Na manhã seguinte, foi surpreendido pelo dono do imóvel, não hesitando em pegar uma grande faca para ameaçar o dono da casa e roubar o seu telemóvel, antes de começar a fugir.

A vítima conseguiu pedir ajuda a um vizinho e fornecer a descrição do agressor aos serviços de emergência. Uma patrulha da Polícia Nacional rapidamente chegou ao local e conseguiu surpreender o suspeito quando este tentava fugir com a faca e o telemóvel roubado ainda na mão.

Após a sua detenção e com base nas características físicas, os autoridades conseguiram constatar que se tratava da mesma pessoa que, na véspera, tinha estado envolvida no incidente ocorrido na linha de Alta Velocidade de Cuenca.

A propriedade onde se refugiou foi alvo de inspeção, tendo a polícia conseguido recuperar tanto o martelo do comboio com o qual quebrou a janela, como as roupas que vestia no momento do incidente.

Leia Também: Tentam roubar malas da Carolina Herrera no valor de 14.000€ em Espanha

Recomendados para si

;
Campo obrigatório