Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 22º

Justiça francesa confirma como culpado antigo primeiro-ministro Fillon

A justiça francesa confirmou hoje o veredicto de culpado ao antigo primeiro-ministro do país François Fillon, no caso dos empregos fictícios da sua esposa, que contribuiu para o seu afastamento da 'corrida' aos Campos Elísios, em 2017.

Justiça francesa confirma como culpado antigo primeiro-ministro Fillon
Notícias ao Minuto

23:53 - 24/04/24 por Lusa

Mundo França

Em 2022, Fillon foi condenado por um Tribunal de Recurso a quatro anos de prisão, incluindo um ano efetivo, uma multa de 375 mil euros e a 10 anos de inelegibilidade.

A sua esposa foi condenada a dois anos de prisão com pena suspensa, bem como a uma multa de 375 mil euros e dois anos de inelegibilidade. Foi ainda condenado o antigo deputado à Assembleia Nacional Marc Joulad a três anos de prisão e cinco anos de inelegibilidade.

Os três arguidos foram ainda condenados a pagar uma indemnização de cerca de 800 mil euros à Assembleia Nacional.

Arauto da integridade, o antigo chefe do governo (2007-2012) foi indiciado e, depois, afastado durante o primeiro mandato, antes de se retirar da vida política.

A sucessão de revelações da imprensa francesa impediu a sua ascensão aos Campos Elísios, que parecia quase certa, após cinco anos de presidência de François Hollande.

As acusações incluem empregos alegadamente fictícios da sua esposa e dos seus dois filhos mais velhos, um empréstimo de 50 mil euros não declarado de um amigo e oferta de fatos de luxo por um outro.

Leia Também: Jovem de 16 anos detido por dizer que queria "morrer como mártir" nos JO

Recomendados para si

;
Campo obrigatório