Meteorologia

  • 25 ABRIL 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 19º

Trump diz que Abascal "será o 'número um' em Espanha muito proximamente"

O antigo presidente norte-americano e o líder do partido Vox estiveram reunidos no sábado.

Trump diz que Abascal "será o 'número um' em Espanha muito proximamente"
Notícias ao Minuto

16:20 - 25/02/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Espanha

Santiago Abascal, líder do partido espanhol de extrema-direita Vox, "será o 'número um' em Espanha muito proximamente". Quem o disse foi o antigo presidente dos Estados Unidos Donald Trump, segundo citam vários meios de comunicação social espanhóis.

Ambos estiveram reunidos, durante cerca de 15 minutos, no Congresso Político de Ação Conservadora, uma reunião anual nos Estados Unidos que junta políticos conservadores e apoiantes.

Sobre a mesa terão estado temas como o fortalecimento de fronteiras, a imigração ilegal, o globalismo, o aborto, a cultura 'woke' e a ideologia de género, segundo fontes do Vox citadas pelo diário ABC.

Trump reiterou, ainda, "a boa reputação de Santiago Abascal junto de conservadores do mundo inteiro".

Abascal já tinha marcado presença neste congresso em 2020, mas, nesse ano, não teve direito a discursar. Já desta feita, falou em 'prime time', diz o ABC, logo a seguir à governadora de Dakota do Sul, Kristi Noem, o presidente do Comité Judiciário da Câmara de Representantes dos EUA, Jim Jordan, e o parlamentar Matt Gaetz.

Nesse discurso, apresentou-se como um "humilde representante de uma nação que no seu dia assombrou o mundo" e enalteceu valores como "a pátria, a liberdade, a razão, a fé dos pais, a família, a propriedade, a soberania, a democracia e a limitação do poder". "E, acima de tudo, a vida, a vida sem a qual não há nada", reiterou.

No mesmo congresso participaram vários outros líderes de Direita, nomeadamente o presidente da Argentina, Javier Milei.

Leia Também: "Pendurar Sánchez pelos pés"? MP espanhol investiga líder do Vox

Recomendados para si

;
Campo obrigatório