Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2024
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 14º

Marcha contra violência no Haiti acaba com 10 mortos após ataque

Pelo menos dez pessoas foram mortas a tiro no sábado, depois de membros de gangues invadirem com metralhadoras uma marcha de protesto organizada por um líder religioso na região a norte da capital, segundo a rádio haitiana Metropole.

Notícias ao Minuto

06:34 - 27/08/23 por Lusa

Mundo Haiti

Em vídeos publicados na rede social X, anteriormente conhecida como Twitter, pode ver-se uma multidão de pessoas carregando pedras, paus, garrafas, catanas e outras armas brancas, reunidos sob a liderança de um pastor cristão para exigir o fim dos assassínios cometidos pelo bando armado que controla a área, conhecido como 'Talibãs de Canaã'.

Foi então que membros do grupo armado interromperam a manifestação, que não estava vigiada pela polícia, e abriram fogo contra os presentes. Pelo menos dez pessoas morreram e dezenas ficaram feridas, segundo um balanço provisório a que o mesmo órgão de comunicação social teve acesso.

No entanto, ainda não há números oficiais e as autoridades ainda não se pronunciaram sobre os acontecimentos.

O Haiti está a braços com uma escalada de violência nacional, com zonas praticamente controladas por bandos armados, e com ataques e raptos diários, que já custaram a vida a mais de 1.400 pessoas desde o início do ano, segundo estimativas das Nações Unidas.

A crise de violência generalizada no país foi agravada pelo colapso económico e pela epidemia de cólera, com o número de pessoas que necessitam de ajuda humanitária no Haiti a duplicar nos últimos cinco anos.

Leia Também: Violência de gangues já matou mais de 2.400 pessoas este ano no Haiti

Recomendados para si

;
Campo obrigatório