Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2024
Tempo
MIN 9º MÁX 14º

Pescoço partido, coluna fraturada e longa recuperação. O culpado? O gato

Chris sofreu ferimentos compatíveis a um "acidente de carro", mas, na verdade, a culpa foi do seu gato.

Pescoço partido, coluna fraturada e longa recuperação. O culpado? O gato
Notícias ao Minuto

19:14 - 02/06/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Reino Unido

Um homem partiu o pescoço, fraturou a coluna, partiu costelas e sofreu outros ferimentos depois de tropeçar... no seu gato.

O caso aconteceu no Reino Unido, em outubro, e Chris Rowley, de 59 anos, sofreu ferimentos que parecem ter sido provocados por um "acidente de carro".

O homem contou agora que não se lembra "de muito", tendo tudo sido "rápido", recorda o Mirror. O culpado foi Eric Morecambe, o seu gato sem pelo, que, querendo brincar, agarrou-se a uma perna do dono, enquanto este descia as escadas.

Chris Rowley perdeu "o equilíbrio" e deslizou 14 degraus até chegar ao fim das escadas, onde ficou incapaz de se mexer.

Os médicos explicaram-lhe, mais tarde, que ele tinha "uma fratura no crânio, um osso partido no pescoço, duas fraturas na coluna, nove costelas partidas e cada costela com múltiplas fraturas, e um pouco de sangue nos pulmões". Já o gato escapou ileso.

Sem se conseguir mexer, foram precisas 14 horas para que Chris fosse socorrido, uma vez que estava sozinho em casa. Quando sua a mulher chegou a casa do trabalho, no início da manhã, encontrou Chris caído e contactou os serviços de emergência.

O homem continua em recuperação, uma vez que pode levar até um ano para que consiga voltar a colocar-se novamente de pé.

Chris é músico e o acidente também complicou a sua situação financeira, uma vez que não pôde ir em digressão. Por isso, um amigo criou uma angariação de fundos na plataforma GoFundMe, que continua disponível.

Leia Também: "Linda". Aos 99 anos, conquistou redes sociais ao pedir desejo à neta

Recomendados para si

;
Campo obrigatório