Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2024
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 14º

Rússia declara fundo anticorrupção de Navalny organização indesejável

O Ministério da Justiça da Rússia declarou hoje como organização indesejável o Fundo Anticorrupção (FBK), criado pelo líder da oposição russa Alexei Navalny, que se encontra preso, para denunciar o enriquecimento ilícito de altos funcionários.

Rússia declara fundo anticorrupção de Navalny organização indesejável
Notícias ao Minuto

20:53 - 01/06/23 por Lusa

Mundo Rússia

O FBK, que foi proibido em junho de 2021 por extremismo e declarado agente estrangeiro em dezembro de 2022, foi incluído na lista de organizações indesejáveis, segundo o portal Meduza.

Em 06 de junho, começará o processo judicial por extremismo contra Navalny, que pode ser condenado a 30 anos de prisão.

Segundo o portal Mediazona, Navalny é acusado de financiar e instigar ações extremistas e de criar uma organização, alusiva ao FBK, que violou os direitos dos cidadãos.

Além disso, também foi acusado de aliciar menores para participar em ações perigosas, numa referência a manifestações não autorizadas da oposição.

Navalny condenou nas redes sociais a "guerra criminosa" lançada na Ucrânia pelo Presidente Vladimir Putin, a quem acusou de enviar centenas de milhares de russos "para um matadouro".

A equipa do opositor convocou para 04 de junho uma jornada de apoio a Navalny, que completará 47 anos nesse dia.

Segundo os seus apoiantes, Navalny está preso há 850 dias, dos quais 165 foram passados ??em celas de castigo numa prisão na região de Vladimir, a menos de 200 quilómetros de Moscovo.

Os colaboradores de Navalny, todos no exterior, acusaram as autoridades penitenciárias de tentar envenená-lo na prisão.

A justiça russa rejeitou em novembro de 2022 um recurso dos advogados de Navalny e confirmou a pena de prisão de oito anos que já lhe foi imposta por fraude e desacato.

Leia Também: Rússia adia julgamento por extremismo de Navalny para 6 de junho

Recomendados para si

;
Campo obrigatório