Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 15º

China. Comissão da ONU sobre racismo pede investigação por abusos

A Comissão da ONU para a Eliminação da Discriminação Racial instou hoje a China a investigar "de imediato" todas as denúncias de violações dos direitos humanos na região autónoma de Xinjiang, sobretudo habitada pela minoria muçulmana uigur.

China. Comissão da ONU sobre racismo pede investigação por abusos
Notícias ao Minuto

15:52 - 24/11/22 por Lusa

Mundo China

As acusações à China incluem tortura, violência sexual, desaparecimento de pessoas, trabalhos forçados e encarceramento em campos de concentração nas zonas desérticas da região de Xinjiang, situada no noroeste do país.

Pequim sempre negou a existência de tais instalações e qualquer envolvimento no sequestro de uigures da região, até que os complexos de edifícios erigidos no meio do deserto, rodeados de arame farpado e com torres de vigia com guardas armados foram localizados através da aplicação Google Maps.

A comissão instou também a China a libertar todas as pessoas arbitrariamente privadas da sua liberdade e encarceradas em Xinjiang nesses recintos que Pequim agora designa como "centros de formação profissional", mas que grupos e organizações de defesa dos direitos humanos classificam como campos de concentração ou de "reeducação".

Aquele organismo das Nações Unidas exortou ainda o Governo chinês a pôr fim às represálias contra os uigures e as restantes comunidades muçulmanas do país e apelou para que seja garantido o pagamento de indemnizações às vítimas de violações dos direitos humanos em Xinjiang.

Leia Também: Comércio da China com América Latina superou níveis anteriores à pandemia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório