Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 16º

Comércio da China com América Latina superou níveis anteriores à pandemia

O volume das trocas comerciais entre China e América Latina recuperou totalmente e "superou já o valor registado antes da pandemia da covid-19", anunciou hoje o ministério do Comércio chinês.

Comércio da China com América Latina superou níveis anteriores à pandemia
Notícias ao Minuto

11:59 - 24/11/22 por Lusa

Economia Shu Jueting

"As economias da China e [dos país] latino-americanos são altamente complementares" e "existe enorme potencial de cooperação entre" ambos os lados, assegurou a porta-voz do ministério do Comércio, Shu Jueting, citada pela imprensa local.

As relações comerciais "superaram o impacto adverso da pandemia, mostrando forte resiliência e impulso de desenvolvimento", acrescentou Shu.

A porta-voz destacou que 21 países da região assinaram acordos no âmbito da iniciativa chinesa 'Faixa e Rota', que visa construir autoestradas, linhas ferroviárias, portos, plataformas logísticas e outras infraestruturas, em mais de 60 países.

Shu referiu-se especificamente às relações comerciais entre China e Cuba, país cujo presidente iniciou hoje uma visita oficial a Pequim, que decorre até sábado.

O volume do comércio bilateral entre China e Cuba "aumentou 7,2 por cento em 2021", disse o ministério, acrescentando que as "trocas comerciais continuaram a crescer nos três primeiros trimestres deste ano e as importações chinesas oriundas de Cuba aumentaram 18,1%".

Leia Também: Comércio internacional do G20 cai no 3.º trimestre pela 1.ª vez em 2 anos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório