Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2022
Tempo
24º
MIN 14º MÁX 25º

Avó assume ter matado os três netos com uma refeição envenenada na Rússia

O seu ato matou ainda a sua filha, de 23 anos, que sofria de paralisia cerebral.

Avó assume ter matado os três netos com uma refeição envenenada na Rússia
Notícias ao Minuto

16:30 - 08/08/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Rússia

Uma mulher russa confessou ter matado três netos e uma filha com deficiência, oferecendo-lhes uma refeição de noodles envenenada.

A polícia acreditou, inicialmente, que as quatro mortes estavam relacionadas com o contacto com veneno para insectos, aos quais estiveram expostos no exterior da casa onde viviam.

Contudo, Lidia Viktorovna Shiryaeva acabou por confessar ser a autora do crime, que aconteceu em dezembro de 2021, na região de Saratov, na Rússia.

Segundo as autoridades, o crime aconteceu depois de um período de "relações hostis" entre os membros da família.

Lidia, de 49 anos, confessou que perguntou aos netos o que queriam comer. "Noodles com leite", responderam. A mulher colocou leite a aquecer e deixou depois as tigelas de leite com noodles a arrefecer, enquanto foi ao carro do marido buscar veneno que este guardava na viatura.

Com o seu ato, a mulher matou os três netos de 3, 5 e 7 anos e ainda uma filha (tia das crianças) de 23 anos e que sofria de paralisia cerebral.

O pai das crianças, e filho de Lidia, diz ainda não acreditar que a mãe tenha morto os filhos. Sabe-se, ainda, que a mulher tinha ficado viúva há poucos meses.

O caso continua a ser investigado pela polícia.

Leia Também: 'Viúva Negra'. Foi libertada mulher que matou marido com caril envenenado

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório