Meteorologia

  • 25 JUNHO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 23º

"Um bom dia para a Europa": Líderes reagem ao estatuto da Ucrânia na UE

Também a Moldova conquistou o estatuto de candidata à União Europeia. A Geórgia ficou 'à porta' com perspectivas de vir a conseguir chegar a candidato no futuro.

"Um bom dia para a Europa": Líderes reagem ao estatuto da Ucrânia na UE
Notícias ao Minuto

20:45 - 23/06/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Conselho Europeu

A Ucrânia e a Moldova conseguiram esta tarde conquistar o estatuto de candidatos à União Europeia após decisão dos 27 líderes dos Estados-membros em Conselho Europeu. 

As reações a um "momento histórico", como descreveu Volodymyr Zelensky, não tardaram.

A presidente da Comissão Europeia, Úrsula Von der Leyen, classificou o dia de hoje como um "bom dia para a Europa". Dirigindo os seus parabéns aos presidentes dos dois países e primeiro-ministro da Geórgia - que não conseguiu ainda o estatuto - Von der Leyen frisou que "os vossos países fazem parte da nossa família europeia" e "a decisão histórica de hoje dos Líderes confirma isso".

Já o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, destacou o momento histórico e agradeceu aos líderes europeus pelo apoio prestado. "O fututo da Ucrânia é dentro da UE", escreveu o líder do país invadido pela Rússia.

Também o ministro dos Negócios Estrangeiros ucraniano, Dmytro Kuleba, reagiu à conquista afirmando que "hoje marca o início de uma longa jornada que caminharemos juntos".

Subscrevendo as palavras de Zelensky, Kuleba escreveu que "o povo ucraniano pertence à família europeia" e o "futuro da Ucrânia está com a UE".

"Estamos juntos pela paz", concluiu. 

Quanto à presidente da Moldova, o segundo país que conquistou o estatuto, este é um "dia histórico".   

Maia Sandu frisa que este é "um sinal inequívoco e forte de apoio aos nossos cidadãos e ao futuro europeu da Moldova". "Somos gratos e comprometidos em avançar no caminho das reformas", concluiu. 

Charles Michel, presidente do Conselho Europeu, assinala que "o dia de hoje marca um passo crucial no seu caminho para a UE". Michel parabeniza os dois países e conclui: "O nosso futuro é unidos".
 

Também o primeiro-ministro português, António Costa, já reagiu à 'boa-nova'. 

Em declarações aos jornalistas, o líder do executivo apontou que a "atribuição deste estatuto constitui uma enorme responsabilidade" e é "preciso que a União Europeia se prepare. 

O presidente francês, Emmanuel Macron, disse que a mensagem que a União Europeia estava a enviar hoje era "clara".

"É uma mensagem muito forte, consistente com o que a nossa Europa sabe fazer desde o primeiro dia do conflito. Ou seja: reagir com rapidez, de forma histórica e unida. Através de sanções, dois dias depois e seis vezes desde então. Através do apoio macroeconómico, militar e financeiro à Ucrânia. E agora por meio desse gesto político”, disse Macron.

O francês frisou ainda que este era ainda um claro sinal que a Europa estava a enviar para a Rússia da sua coesão geopolítica. 

Leia Também: Candidatura à UE? "Responsabilidade de não criar falsas expectativas"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório