Meteorologia

  • 17 MAIO 2022
Tempo
24º
MIN 16º MÁX 25º

Agência da ONU pede 1,4 mil milhões para ajuda a palestinianos

A Agência das Nações Unidas para Ajuda aos Refugiados da Palestina lançou hoje um apelo à comunidade internacional para arrecadar cerca de 1,4 mil milhões de euros este ano, a fim de colmatar o seu défice orçamental crónico.

Agência da ONU pede 1,4 mil milhões para ajuda a palestinianos
Notícias ao Minuto

17:32 - 18/01/22 por Lusa

Mundo Atividades

Segundo o comissário geral, Philippe Lazzarini, a Agência das Nações Unidas para Ajuda aos Refugiados da Palestina (UNRWA, na sigla em inglês) enfrenta uma "insuficiência orçamental crónica (...) que ameaça seriamente a capacidade de manter os seus serviços".

"O valor que a UNRWA está a pedir para 2022 vai contribuir diretamente para o bem-estar dos refugiados palestinianos, para os esforços de combate e contenção da covid-19 e para a estabilidade regional", explicou, em comunicado divulgado hoje, à margem de uma conferência de imprensa.

A UNRWA já tinha alertado, no final de 2021, que as suas dificuldades poderiam ameaçar a continuidade dos programas que desenvolve em três principais atividades -- educação, saúde e proteção social.

Os problemas da agência começaram quando o seu principal financiador, os Estados Unidos, retirou o seu contributo por decisão do então Presidente, Donald Trump.

A nova administração de Joe Biden garantiu, no ano passado, que iria restaurar a ajuda aos palestinianos através do financiamento da UNRWA.

A organização da ONU administra cerca de 700 escolas para 550.000 crianças, além de estabelecimentos de saúde para refugiados palestinianos.

No total, a agência da ONU presta ajuda a mais de cinco milhões de refugiados palestinianos, quer nos territórios palestinianos, quer na Jordânia e no Líbano.

A agência foi lançada em 1949, um ano após a criação de Israel, para ajudar os mais de 750 mil palestinianos que fugiram ou foram expulsos durante a guerra de 1948, assim como os seus descendentes.

Leia Também: Palestiniano abatido a tiro após disparar contra militares israelitas

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório