Meteorologia

  • 27 MAIO 2022
Tempo
32º
MIN 15º MÁX 34º

Três crianças torturadas e executadas por traficantes no Brasil

Investigação apurou que menores foram torturados e que um deles morreu na sequência dessas agressões, o que levaria os traficantes a decidir executar os outros dois. Os corpos dos meninos não foram ainda encontrados, quase um ano depois de terem desaparecido.

Três crianças torturadas e executadas por traficantes no Brasil
Notícias ao Minuto

18:23 - 09/12/21 por Notícias ao Minuto

Mundo Crime

Lucas Matheus, Alexandre e Fernando Henrique desapareceram no dia 27 de dezembro de 2020 e até hoje os seus corpos não foram encontrados.

A investigação levada a cabo desde então permitiu às autoridades concluírem que as três crianças, de 9, 11 e 12 anos, respetivamente, foram mortos por traficantes de droga, em Belford Roxo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. 

Segundo escreve o G1, os meninos foram capturados pelos traficantes por causa de um suposto roubo de passarinhos. Sujeitos a sessão de tortura violenta, um deles acabou por morrer na sequência disso. Os outros dois acabariam por ser executados no decorrer da primeira morte. 

"Foram torturados. Pode-se chamar de tortura. Em algum momento um deles falece, e eles [traficantes] acham que a solução daquele caso seria matar os outros dois e chamar alguém para levar os corpos para fora da comunidade”, afirmou o responsável da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, Uriel Alcântara, citado pelo G1. 

Na sequência dos resultados da investigação, a polícia desencadeou esta quinta-feira uma operação no Castelar para encerrar o inquérito da morte das três crianças. A ação  visava a cumprir 56 mandados de prisão e, de acordo com a informação conhecida até à hora do artigo do G1, 31 mandados já rinham sido cumpridos: 15 pessoas já estavam presas, e outras 16 foram detidas. Houve ainda duas prisões em flagrante.

Em 11 meses de investigação, 70 pessoas implicadas no caso foram detidas. Dos cinco principais suspeitos, três já estarão mortos. Um sexto elemento responde em liberdade apenas por ocultação de cadáver. 

Leia Também: Polícia do Brasil detém mulher que tentava viajar com 12 quilos de droga

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório