Meteorologia

  • 26 JUNHO 2022
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 22º

AO MINUTO: "Vamos ter reforços, como é óbvio"; O apelo de Lacerda Sales

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO: "Vamos ter reforços, como é óbvio"; O apelo de Lacerda Sales
Notícias ao Minuto

08:22 - 20/11/21 por Notícias ao Minuto

Mundo Coronavírus

Portugal notificou 2.333 novos casos de infeção (uma variação de 0,21% face ao dia anterior) e mais 10 mortes (variação de 0,05%) no espaço de 24 horas, como refere o boletim epidemiológico divulgado este sábado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). No total, Portugal soma 1.119.784 casos confirmados e 18.310 vítimas mortais. 

Os recintos públicos e privados da Madeira passam hoje a ser acessíveis apenas com certificado de vacinação contra a Covid-19 ou teste antigénio. Daqui a uma semana o acesso à maioria dos espaços vai requerer ambos os comprovativos.

O regulador de saúde do Canadá aprovou hoje a vacina infantil da Pfizer para a Covid-19 para crianças entre os cinco e os 11 anos

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19: 

00h00 - Boa noite! O acompanhamento AO MINUTO termina aqui, mas será retomado na manhã seguinte. Já sabe, em caso de sintomas, isole-se, contacte a autoridade de saúde e siga as recomendações dadas. 

23h30 - Vacinação na Madeira com mais adesão

Depois do anúncio, na quinta-feira, de novas medidas restritivas na Madeira, os centros de vacinação da região têm registado uma grande afluência por parte da população. Só este sábado, foram administradas 3.042 doses da vacina contra a Covid-19 no arquipélago, das quais 1.205 correspondem a primeiras doses e 1.837 a segundas ou terceiras doses.

22h30 - Atualização no Brasil

O Brasil reportou este sábado mais 8.833 infeções e 217 mortes associadas à Covid-19, elevando para 22.012.150 o total de casos e para  612.587 o total de óbitos, desde o início da pandemia.

20h30 - Atualização na Madeira

A Madeira registou mais duas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos associados à doença para 87, indicou hoje a Direção Regional da Saúde, referindo ainda que foram sinalizados 66 novos casos.

20h10 - Coordenador do Plano de Vacinação assume "reorganização interna"

As alterações ao processo de vacinação da dose de reforço contra a covid-19 exigem também uma reorganização interna do núcleo de coordenação, além do aumento dos meios no terreno, admitiu hoje o responsável pelo plano, o coronel Carlos Penha Gonçalves. 

20h00 - Atualização em França

França registou 22.678 novos casos de Covid-19 e 24 mortes associadas à doença nas últimas 24 horas, de acordo com os dados divulgados este sábado pelas autoridades de saúde.

19h30 - Protestos em vários países contra restrições para conter nova vaga

As restrições decididas esta semana por muitos governos para travar a nova vaga de covid-19 na Europa levaram hoje milhares em protesto para as ruas na Áustria, mas também na Irlanda do Norte, Holanda, Itália, Suíça e Croácia.

18h00 - O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, admitiu este sábado que vão ser necessários mais reforços para conseguir vacinar toda a população-alvo da dose de reforço, uma vez que o número de utentes elegíveis "mais do que duplicou".

Numa visita ao Centro de Vacinação de Mafra, Lacerda Sales deu ainda conta que só hoje foram administradas mais de 42 mil terceiras doses em todo o país. 

"Queremos que o nosso Natal não seja um Natal igual ao do ano passado, em que possa haver gente sozinha. Queremos que as famílias possam estar juntas e por isso aqui estou hoje a fazer um apelo para que as pessoas se antecipem, para que possamos ganhar durante este mês um grande nível de adesão", reforçou

17h00- Atualização dos números em Itália

O ministério da Saúde italiano registou, nas últimas horas, mais 11.555 casos de Covid-19 e 49 mortos.Na sexta-feira tinham sido contabilizados 10.544 testes positivos e 48 mortes. O índice de positividade é de 2%. Com os novos dados, Itália soma já 133.131 óbitos e 4.915.981 casos de Covid-19 desde o início da pandemia.

16h30 - Madeira com centros de vacinação no domingo

Os centros de vacinação contra a covid-19 na Madeira vão estar abertos no domingo devido à crescente procura registada desde sexta-feira, após o anúncio de novas medidas de contenção da pandemia, indicou hoje a Secretaria Regional da Saúde.

15h01 - Açores com 35 novos casos de infeção

Os Açores registaram, nas últimas 24 horas, 35 novos casos positivos de Covid-19, sendo 22 na ilha de São Miguel, sete na Terceira, quatro na Graciosa e dois em São Jorge, anunciou hoje a Autoridade de Saúde.

14h46 - Companheiro de CR7, Bruno Fernandes e Dalot testa positivo à Covid-19

Mason Greenwood 'caiu', este sábado, da lista de convocados de Ole Gunnar Solskjaer para a deslocação do Manchester United ao terreno do Watford, partida que pode acompanhar, em direto, no Desporto ao Minuto, a partir das 15h (hora de Portugal Continental).

14h32 - Irão atinge mais de metade da população vacinada

Cerca de 44 milhões de iranianos têm a vacinação completa contra a Covid-19, mais de metade da população do país que foi o mais atingido pela pandemia no Médio Oriente, anunciou hoje o governo.

Segundo o Ministério da Saúde do Irão, cerca de 51% da população está agora totalmente vacinada contra o vírus SARS-CoV-2, numa altura em que o país regista o menor número de mortes diárias, com os especialistas a atribuírem essa redução à crescente taxa de vacinação.  

14h14 - Treinador do Werder Bremen demite-se por suspeita de certificado falso

O treinador da equipa de futebol do Werder Bremen, Markus Anfang, demitiu-se hoje do cargo, depois de as autoridades fiscais alemães abrirem uma investigação por suspeita de falsificação de um certificado de vacinação contra a Covid-19.

14h12 - Portugal reporta 2.333 novos contágios e mais 10 óbitos

Portugal notificou 2.333 novos casos de infeção (uma variação de 0,21% face ao dia anterior) e mais 10 mortes (variação de 0,05%) no espaço de 24 horas, como refere o boletim epidemiológico divulgado este sábado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). No total, Portugal soma 1.119.784 casos confirmados e 18.310 vítimas mortais. 

Os internamentos registaram uma subida no último dia. 544 pessoas estão internadas com Covid-19 nos hospitais portugueses (mais 16 do que no dia anterior). 88 pacientes estão nas unidades de cuidados intensivos (mais nove). 

14h00 - OMS alerta que podem morrer 500 mil pessoas até março

A Organização Mundial de Saúde (OMS) manifestou hoje grande preocupação com o aumento de casos de Covid-19 na Europa e advertiu que cerca de 500 mil pessoas podem morrer até março de 2022 se não forem tomadas medidas urgentes.

Segundo Kluge, o inverno, a falta de vacinação e a presença da variante delta, a mais contagiosa, são os fatores por detrás do pico dos novos casos de coronavírus na Europa. Por isso, o responsável apelou a medidas de saúde pública e à vacinação de mais pessoas.

13h40 - Protesto em Roterdão. Sete feridos após polícia disparar

Sete pessoas ficaram feridas na noite de sexta-feira em distúrbios numa manifestação contra as restrições para conter a pandemia de Covid-19 em Roterdão, Países Baixos, após a polícia abrir fogo, noticiaram as agências internacionais.  

O presidente do município de Roterdão, Ahmed Aboutaleb, disse hoje que em "várias ocasiões a polícia sentiu que era necessário usar as suas armas para se defender", enquanto manifestantes provocavam incêndios e atiravam pedras, no que designou de uma "orgia de violência".

11h52 - Novas medidas de contenção ainda sem controlo não afetam rotina na Madeira

A entrada em vigor hoje das novas medidas de contenção da Covid-19 na Madeira não provocou alterações na rotina dos cidadãos e o controlo dos comprovativos de vacinação e teste antigénio nos estabelecimentos ainda não está a ser efetuado.

A resolução do executivo (PSD/CDS-PP) entrou em vigor às 00h00 de hoje e determina que os recintos públicos e privados da Região Autónoma da Madeira passam a ser acessíveis apenas com certificado de vacinação contra a covid-19 ou teste antigénio negativo.

11h46 - República Checa bate novo recorde de infetados esta semana

O número de infetados pelo novo coronavírus na República Checa bateu um novo recorde pela segunda vez esta semana, revelou hoje o Ministério da Saúde. O ministério referiu ainda que a contagem diária subiu para 22.936 infetados na sexta-feira, quase 500 casos acima do recorde anterior que tinha sido batido na terça-feira.

11h26 - Milhares de australianos protestaram contra restrições

Milhares de australianos participaram hoje, em várias cidades do país, em protestos contra as medidas anti-covid e contra a vacinação obrigatória em alguns setores. Os manifestantes responderam assim a uma iniciativa internacional denominada 'Protesto Mundial pela Liberdade', que foi convocado em muitos países para criticar as restrições e a política de vacinas por ocasião da pandemia de Covid-19.

Notícias ao Minuto Milhares de australianos protestaram contra restrições© Getty Images

10h55 - Canadá aprova vacina da Pfizer para crianças entre 5 e 11 anos

O regulador de saúde do Canadá aprovou hoje a vacina infantil da Pfizer para a Covid-19 e anunciou que permitirá aos canadianos que regressam de viagens curtas ao exterior usar um teste mais rápido e mais barato para o coronavírus.

10h36 - Iraque recebe 1,2 milhões de doses de vacina da Pfizer através da Covax

O Iraque anunciou hoje ter recebido 1,2 milhões de doses da vacina da Pfizer contra o coronavírus SARS-CoV-2, como parte do programa de ajuda internacional Covax, num momento em que o país receia uma quarta vaga da epidemia.

10h18 - Pandemia destruiu 172,6 mil empregos mas já foram criados 208,9 mil

Desde o início da pandemia até junho deste ano, foram destruídos 172,6 mil postos de trabalho, mas foram criados entretanto 208,9 mil, segundo um barómetro do Observatório sobre Crises e Alternativas, que será divulgado em breve.

A destruição do emprego afetou sobretudo os trabalhadores mais jovens e os precários, que ainda não conseguiram recuperar, já que a maioria dos postos de trabalho criados verificaram-se nos trabalhadores com mais de 45 anos, mostra a análise do observatório do Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra feita com base nos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

10h01 - Rússia iguala recorde de mortes diárias com 1.254 óbitos devido à doença

A Rússia registou hoje 1.254 novas mortes ligadas à Covid-19, o mesmo número de óbitos do dia anterior, e 37.120 novas infeções pelo SARS-CoV-2, segundo os dados do centro operacional de luta contra o novo coronavírus do país.

09h42 - Conselho de Saúde pensou "problemas", mas teve dificuldade em ser ouvido

O Conselho Nacional de Saúde teve a preocupação de "pensar os problemas da pandemia" de covid-19, mas a rapidez com que muitas decisões tiveram de ser tomadas fez com que tivesse "dificuldade em ser ouvido", afirmou o seu presidente.

"O Conselho Nacional de Saúde (CNS) teve muita preocupação em pensar os problemas da pandemia, a pedido do Governo e por iniciativa própria, tentando refletir os contributos muito diversos e de protagonistas muito relevantes, como o poder local, as universidades, as escolas e associações profissionais", adiantou à Lusa o médico Henrique Barros.

08h13 - ECDC quer medidas para não-vacinados na UE

O Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) rejeita a reintrodução de restrições às viagens na União Europeia (UE) como forma de conter o ressurgimento de casos de Covid-19, apoiando antes medidas direcionadas para não-vacinados.

"É pouco provável que as restrições às viagens tenham um impacto importante a longo prazo no calendário ou em intensidade em comparação com a rigorosa implementação local das intervenções não-farmacêuticas [medidas restritivas], particularmente tendo em conta o domínio da variante Delta em todos os países da UE/EEE [União Europeia e Espaço Económico Europeu]", declara o responsável pelo departamento de doenças contagiosas e epidemias do ECDC, Ole Heuer, em entrevista por escrito à agência Lusa, em Bruxelas.

Para Ole Heuer, "as restrições às viagens seriam importantes se implementadas muito cedo, de forma consistente e completa, e se houvesse provas de circulação de uma nova variante da SARS-CoV-2, particularmente de uma variante de fuga imunitária, para atrasar a sua introdução".

08h11 - Países com elevada vacinação com "pressão gerível" nos hospitais

Os países europeus com taxas mais altas de vacinação anticovid-19 enfrentam uma "pressão gerível" nos hospitais em altura de forte ressurgimento das infeções, considera o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), embora sugerindo novas restrições.

08h09 - Situação "moderadamente preocupante" em Portugal

A situação epidemiológica da Covid-19 é agora "moderadamente preocupante" em Portugal, segundo o ECDC, que fala numa preocupação "muito elevada" no resto da Europa e prevê aumento das infeções, internamentos e mortes nas duas próximas semanas.

"Na semana 44 [entre 1 a 7 de novembro], 10 países da União Europeia e Espaço Económico Europeu - Bélgica, Bulgária, Croácia, República Checa, Estónia, Grécia, Hungria, Países Baixos, Polónia e Eslovénia - foram classificados como altamente preocupantes, 13 países - Áustria, Dinamarca, Finlândia, Alemanha, Islândia, Irlanda, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Noruega, Roménia e Eslováquia - como muito preocupantes e três países - Chipre, França e Portugal - como moderadamente preocupantes", diz em entrevista por escrito à agência Lusa, em Bruxelas, Ole Heuer, do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC).

08h06 - Quase 64 mil novos casos e mais 248 mortes na Alemanha

A Alemanha registou 63.924 novos contágios e mais 248 mortes nas últimas 24 horas, segundo os dados divulgados este sábado pelo Instituto Robert Koch. Em termos globais, a Alemanha contabiliza 5.312.215 casos confirmados e 98.987 vítimas mortais. 

A incidência acumulada situou-se em 362,2 casos por 100 mil habitantes, nos últimos sete dias. 

08h02 - China deteta 23 casos nas últimas 24 horas

A China detetou 23 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, três dos quais por contágio local e os restantes oriundos do estrangeiro, anunciaram hoje as autoridades de saúde do país.

A Comissão de Saúde da China adiantou que o número total de casos ativos é de 1.158, entre os quais 12 graves. Desde o início da pandemia, o país registou 98.450 casos da doença e 4.636 mortos.

07h59 - Gorilas e leões infetados e com sintomas em zoológico nos Países Baixos

Vários gorilas e leões testaram positivo à Covid-19 num jardim zoológico nos Países Baixos e demonstram sintomas semelhantes aos da gripe, perda de apetite e tosse leve, revelou na sexta-feira a instituição.

07h57 - Bom dia, iniciamos um novo registo de acompanhamento da pandemia. Pode recordar o anterior através deste link.

Leia Também: AO MINUTO: EMA aprova molnupiravir; Jovens em sofrimento psicológico

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório