Meteorologia

  • 16 JANEIRO 2022
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 16º

Edição

Gorilas e leões infetados e com sintomas em zoológico nos Países Baixos

Vários gorilas e leões testaram positivo à covid-19 num jardim zoológico nos Países Baixos e demonstram sintomas semelhantes aos da gripe, perda de apetite e tosse leve, revelou na sexta-feira a instituição.

Gorilas e leões infetados e com sintomas em zoológico nos Países Baixos
Notícias ao Minuto

06:10 - 20/11/21 por Lusa

Mundo Covid-19

Em comunicado, o 'zoo' Blijdorp explicou que os animais "estão em boas condições e não apresentam riscos para a saúde", sendo esperado que a "doença seja leve".

Com base em outros casos, como nos Estados Unidos, a condição do animal antes de ficar infetado é importante para a cura da doença, pode ler-se na nota, citada pela agência EFE.

Os animais demonstram estar mais parados, com menos apetite, com uma tosse leve e alguns apresentam problemas de estômago e intestinais, acrescentou.

O jardim zoológico do município de Roterdão garantiu ainda que "não houve riscos para os visitantes" e salientou que, em condições normais, não há contacto direto entre o público e aquelas espécies.

Os locais onde estão instalados os gorilas e leões são imediatamente fechados aos primeiros sintomas e suspeitas de covid-19 e, por isso, "os animais ficam de quarentena" e não recebem a visita do público temporariamente, para que possam descansar e recuperar.

Os tratadores e veterinários da instituição estão a monitorizar de perto a saúde destes animais, medicando-se sempre que necessário.

Ainda não se sabe ao certo como é que estes animais ficaram infetados com o novo coronavírus, embora se suspeite que um funcionário assintomático possa ter sido a causa.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, que os tratadores cumprem um protocolo especial com medidas de proteção que incluem o uso de máscaras, luvas, distanciamento de 1,5 metros, cuidados de higiene adicionais e testagem.

Estes são os primeiros casos de animais com teste positivo à covid-19 neste jardim zoológico.

A covid-19 provocou pelo menos 5.130.627 mortes em todo o mundo, entre mais de 255,49 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Leia Também: AO MINUTO: EMA aprova molnupiravir; Jovens em sofrimento psicológico

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório