Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

As imagens do (violento) sismo que abalou a Península do Alasca

O sismo de magnitude 8,2 levou as autoridades a emitir o alerta de tsunami, que entretanto já foi levantado.

Um sismo de magnitude 8,2 na escala de Richter foi registado nas ilhas Aleutianas do Alasca, esta quinta-feira, e as imagens partilhadas nas redes sociais mostram a intensidade do abalo. 

O Instituto de Geofísica dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) anunciou que o sismo ocorreu cerca das 22h15 de terça-feira (hora local, 06h15 de hoje em Lisboa) nas águas ao largo de Sandpoint, nas Aleutas orientais, a uma profundidade de 32 quilómetros.

O sismo ocorreu a cerca de 100 quilómetros a sudeste da localidade de Perryville, com cerca de 100 habitantes, acrescentou o USGS.

Embora os terramotos a essa profundidade sejam sentidos com menos intensidade do que os mais próximos da superfície, o sistema de aviso de tsunami do Serviço Nacional de Meteorologia emitiu um aviso de alerta para as ilhas havaianas, a cerca de 4.000 quilómetros de distância, que foi entretanto levantado.

Nas redes sociais, foram partilhadas imagens, como as que pode ver na galeria acima, e que mostram a intensidade do sismo. O vídeo que lhe mostramos foi captado no interior de uma habitação que, subitamente, devido ao terramoto, sofre um abalo violento. 

A península do Alasca faz parte do chamado Anel de Fogo do Pacífico, zona de grande atividade sísmica e vulcânica entre o golfo do Alasca e a península russa de Kamchaka.

Leia Também: Levantado alerta de tsunami emitido após sismo de 8,2 ao largo do Alasca

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório