Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

AO MINUTO: Mais 40 internados, 5 em UCI; SEF e PSP reforçam fiscalização

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no mundo.

AO MINUTO: Mais 40 internados, 5 em UCI; SEF e PSP reforçam fiscalização

Portugal poderá dar esta semana um importante passo no que diz respeito a novas medidas de combate à pandemia. Os peritos do Infarmed vão reunir-se esta terça-feira e desse encontro devem resultar novidades.

Luís Marques Mendes antecipou algumas delas, neste domingo à noite, na antena da SIC, revelando que as restrições de horário podem estar por dias.

"Não é com todas" as restrições, alertou, mas sim com as "horárias", como as que dizem respeito aos "restaurantes, aos espetáculos, nas lojas comerciais, no recolher obrigatório entre as 23h e as 5h00 da manhã". A alternativa, assegurou, irá passar por apostar "cada vez mais na testagem e na vacinação, nos Certificados Covid". 

A situação de calamidade em Portugal continental no âmbito do combate à pandemia de covid-19 foi renovada desde as 00h00 desta segunda-feira pela sexta vez consecutiva desde o início de maio, numa altura em que o país continua na zona vermelha de risco, com os casos e o número de mortes a atingirem valores semelhantes aos da terceira vaga da pandemia, embora a ministra da Presidência tenha defendido na passada quinta-feira que o pior desta quarta vaga parece ter já passado. "Portugal está hoje numa situação em que o vermelho é menos denso do que era há algumas semanas", afirmou Mariana Vieira da Silva. 

Recorde-se que esta sábado, o país registou o maior número de mortes diárias desde março.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no mundo:

15h45 - Este registo termina aqui. Continue a acompanhar-nos neste novo link. E lembre-se: mantenha-se seguro!

15h40 - O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, disse que hoje se assinala um "marco importante" com a assinatura dos acordos de financiamento e de empréstimo entre Portugal e a Comissão Europeia. Além disso, salientou que o país não pode perder o ritmo na próxima fase, que é a da execução. 

"Assinalamos hoje um marco muito importante para o futuro do nosso país", começou por dizer o ministro de Estado e das Finanças, João Leão, na cerimónia que decorreu no Ministério das Finanças, em Lisboa. "Agora, não podemos perder o ritmo, temos de nos empenhar na execução do plano tanto quanto nos empenhamos nos últimos meses", acrescentou. 

15h20 - A Iniciativa Liberal (IL) defende que o desconfinamento deve avançar já no início de agosto e não no final do verão, como apontou há uns dias o Primeiro-ministro. Depois de ter sido recebido pelo Presidente da República, o líder do partido, João Cotrim Figueiredo, assinalou que, neste momento, "Portugal tem a obrigação de colocar a liberdade à frente da segurança".

15h16 - Iraque regista recorde de 12 mil contaminações em 24 horas. O Iraque registou 12.180 casos de contaminação com o coronavírus responsável pela Covid-19 nas últimas 24 horas, o mais elevado número desde o início da pandemia, de acordo com dados do Ministério da Saúde iraquiano.

14h51 - A solidão duplicou na União Europeia (UE) entre abril e julho de 2020, no início da pandemia de covid-19, sendo Portugal o sexto país europeu com maior subida, segundo um estudo da Comissão Europeia hoje divulgado.

14h45 - ECDC estima 20% do pessoal dos lares sem vacinação. O Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) estima que mais de 20% dos profissionais dos lares na Europa não estejam vacinados, quando ainda surgem surtos em países como Portugal, pedindo esforços de contenção aos países.

14h35 - Empresários da ilha Terceira esperam que medidas sejam aliviadas em breve. Os empresários da ilha Terceira, nos Açores, temem prejuízos avultados com o acentuar das restrições devido à covid-19, que entraram hoje em vigor, mas esperam que não se prolonguem por muito tempo.

14h30 - Primeiras vacinas produzidas em África para africanos entregues hoje. A empresa farmacêutica sul-africana Aspen, que embala a vacina da Johnson & Johnson's na África do Sul, anunciou que irá entregar hoje o seu primeiro lote de vacina de fabrico local.

14h23 - Portugal com mais nove mortes e 1.610 casos de Covid-19. O números de pessoas internadas disparou e há agora mais 40 pessoas em enfermaria, estando mais 5 doentes em Unidade de Cuidados Intensivos, comparativamente ao dia de ontem.

O boletim de hoje dá conta de uma subida da incidência, que está agora em 427,5 novos casos por 100 mil habitantes (a 14 dias) — e só no continente é de 439,3 casos por 100 mil habitantes.

Já o índice de transmissibilidade (Rt) segue a descer e é, agora, de 1,04.

14h15 - Madeira mantém recolher obrigatório, afirma Miguel Albuquerque. A Madeira vai manter o estado de calamidade e o recolher obrigatório mesmo que o Governo da República decida em contrário depois da reunião do Infarmed agendada para terça-feira, insistiu hoje o presidente do Governo Regional.

14h06 - EUA pedem à China que atue como potência responsável. O pedido foi feito pela vice-secretária de Estado norte-americana no sentido de que a China olhe além das diferenças e trabalhe com os EUA em questões globais difíceis, como o clima e a pandemia da Covid-19, como uma "potência global responsável"

14h01 - Irlanda reabre restauração para quem tem certificado digital. O setor da restauração no país começa hoje a atender, em ambientes fechados, clientes completamente vacinados, medida que permitirá a muitos bares e restaurantes reabrirem as suas portas pela primeira vez desde março 2020

13h56 - Santa Clara-Shkupi vai ter público. O jogo  da segunda mão da pré-eliminatória da Liga Conferência Europa (LCE), marcado para a próxima quinta-feira nos Açores, poderá ter uma assistência de até mil pessoas na bancada, revelou hoje a equipa açoriana

13h50 - PCP exige medidas para que o próximo ano letivo comece "com normalidade". Numa declaração sobre a necessidade de recuperar os atrasos nas aprendizagens, Jorge Pires, da Comissão Política do PCP, defendeu que "a evolução da epidemia em Portugal tornou mais visíveis os problemas, alguns deles estruturais, com que a escola pública se vem confrontando há muito"

13h32 - O arquipélago dos Açores diagnosticou, nas últimas 24 horas, 54 casos de Covid-19 e um óbito, revela a Autoridade de Saúde Regional esta segunda-feira. A maioria dos casos (51), assim como o óbito, registaram-se na ilha de São Miguel. 

A vítima mortal é um homem de 77 anos, que tinha testado positivo para a SARS-Cov-2 no passado dia 6 e foi internado no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, no dia 19. O homem não estava vacinado, uma vez que recusou a vacina, tendo vindo a falecer este domingo.

13h20 - SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis ao tráfego aéreo. O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de Covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho do Governo.

13h00 - Cirurgias e consultas aumentam e lista de espera diminui. Os três hospitais do Oeste registaram, no primeiro semestre deste ano, um aumento das consultas e cirurgias realizadas e uma redução do número de doentes em lista de espera comparativamente a 2020, divulgou hoje o Centro Hospitalar.

12h45 - "Governo nunca concretizou" medidas para fixar profissionais no SNS. A coordenadora do BE acusou hoje o Governo de "nunca ter concretizado" as medidas no Orçamento do Estado de 2019 para fixar profissionais no Serviço Nacional de Saúde (SNS) e apontou como "absoluta necessidade" qualificar as carreiras daqueles trabalhadores.

12h40 - Prorrogada autorização de desembarque de cruzeiros com testes negativos. A permissão dos passageiros e tripulações dos navios de cruzeiro desembarcarem em portos de Portugal continental prolonga-se até 08 de agosto, sendo obrigatório apresentar teste negativo à covid-19, segundo o despacho que entrou hoje em vigor.

12h33 - O Governo dos EUA vai doar a Moçambique pouco mais de 300 mil vacinas de doses únicas da Johnson & Johnson contra a covid-19, anunciou hoje em comunicado a embaixada norte-americana em Maputo.

12h30 - Dados da pandemia no mundo. A pandemia de covid-19 matou, até hoje, pelo menos 4.163.235 pessoas no mundo desde o final de dezembro de 2019, segundo um levantamento realizado pela agência de notícias francesa AFP com base em fontes oficiais.

12h14 - Problema com produção de vacina da Moderna afeta vacinação. A Coreia do Sul informou, esta segunda-feira, que um problema de produção da vacina da Moderna poderá atrasar o seu plano de vacinação. A Reuters tentou entrar em contacto com a Moderna mas não recebeu nenhuma resposta. Não fica por isso claro se este problema pode afetar os planos de vacinação de outros países também.

12h03 - Irão regista nova máximo de infeções em 24 horas. O número diário de infeções de covid-19 aumentou no Irão ultrapassando, no domingo, os 30 mil casos, anunciou hoje o ministro da Saúde iraniano.

11h47 - Recorde as regras de segurança para manter a distância na praia e poder usufruir das suas férias sem preocupações.

11h34 - As termas e os SPA podem reabrir nos concelhos de risco elevado e muito elevado, para clientes que apresentem certificado digital ou teste negativo à covid-19, segundo um despacho do ministro da Economia.

Segundo o diploma, as termas, os SPA e estabelecimentos afins podem funcionar nestes concelhos desde que observem as regras definidas para estas atividades pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

11h28 - O Reino Unido já administrou 70 milhões de vacinas no país e assinalou o momento assim:

11h20 - Medalhados sem máscara no pódio. Os atletas medalhados nos Jogos olímpicos Tóquio2020 vão poder retirar as máscaras por 30 segundos para serem fotografados no pódio durante a cerimónia de entrega de medalhas, anunciou hoje o Comité olímpico Internacional (COI).

11h14 - Conselho dá 'luz verde' a segundo pacote de planos nacionais de 4 países. O Conselho da União Europeia (UE), aprovou hoje o segundo pacote de planos de recuperação e resiliência (PRR), para aceder às verbas pós-crise da covid-19, da Croácia, Chipre, Lituânia e Eslovénia, num Ecofin extraordinário realizado por videoconferência.

11h08 - Prolongado e ajustado apoio à economia do mar do Fundo Azul. O Governo ajustou e prolongou o apoio do Fundo Azul, para as atividades ligadas à economia do mar e à proteção do património natural, por prever que o impacto da pandemia se possa prolongar para 2022, segundo despacho hoje publicado.

11h06 - Parlamento malaio retoma trabalhos.  O Parlamento da Malásia reabriu hoje após uma suspensão de mais de sete meses, na sequência do estado de emergência decretado pelo Governo devido à pandemia de covid-19, que permitiu ao executivo governar sem escrutínio parlamentar.

10h15 - Pandemia de Covid-19 voltou a afetar planos da Apple. A Apple esperava regressar aos escritórios em Cupertino no início de setembro mas, com o aumento de casos de Covid-19 nos EUA, os planos foram adiados. Aparentemente, a decisão afetou também o formato do próximo evento da empresa, que voltará a ser 100% virtual.

10h03 - África registou mais 857 mortos devido à covid-19 nas últimas 24 horas, para um total de 164.383 óbitos, e 32.398 novos casos.

09h44 - Autoridades espanholas investigam morte de homem vacinado com Janssen. As autoridades sanitárias espanholas estão a investigar a morte de um homem, de 36 anos, de uma aldeia na Sierra Sur de Sevilha, que sofreu um AVC no início de julho, dez dias após ter recebido a vacina da Janssen contra a Covid-19.

08h37 - Ryanair regista perdas de 47% no primeiro trimestre fiscal. A companhia aérea irlandesa de baixo custo Ryanair perdeu 272,6 milhões de euros no primeiro trimestre fiscal (abril-junho), mais 47% do que em igual período no ano passado.

08h20 - A partir desta segunda-feira, o Reino Unido passa a permitir viagens sem quarentena para os britânicos que forem vacinados com as duas doses.

08h05 - A situação de calamidade em Portugal continental no âmbito do combate à pandemia de covid-19 foi renovada desde as 00h00 de hoje pela sexta vez consecutiva desde o início de maio. Segundo a resolução do Conselho de Ministros, a atual situação de calamidade vai manter-se até às 23h59 do dia 8 de agosto.

07h42 - Parlamento francês aprova passe sanitário. O parlamento francês aprovou, no domingo à noite, o passe sanitário covid-19, que atesta a vacinação, a testagem negativa ou a recuperação da doença, e será exibido na maioria dos locais públicos a partir de agosto.

07h40 - Presidente volta a receber partidos.  Marcelo Rebelo de Sousa começa hoje a receber os partidos políticos com assento parlamentar em encontros que se estendem até quarta-feira. 

"Há meses que não tenho essas reuniões [com os partidos]. Tinha de 15 em 15 dias pela própria lógica da renovação do estado de emergência, terminaram em maio", referiu, acrescentando que "agora é altura de haver essas reuniões", antes do "período eleitoral" das autárquicas de 26 de setembro.

07h38 - Surto em cidade chinesa agrava-se. Os novos casos de covid-19 continuaram a aumentar na cidade de Nanjing, no leste da China, com mais 38 infeções diagnosticadas nas últimas 24 horas.

07h36 - Rita Pereira recebeu segunda dose da vacina contra a Covid-19 e deixou uma mensagem aos seguidores.

"Mas, atenção, continuarei a usar máscara, a desinfetar as mãos, a ter todos os cuidados necessários pois eu sei, que posso apanhar e transmitir covid. A salvaguarda é que tenho mais probabilidades de não morrer da doença, caso a contraia".

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Rita Pereira (@hyndia)

07h35 - A Alemanha regista esta segunda-feira dados relativamente inferiores aos dos dias anteriores. O país germânico somou, nas últimas horas, 958 novos casos e 3 mortes. Em termos acumulados, há agora 3.756.856 casos e 91.527 casos desde o início da pandemia. 

07h30 - Toma única de AstraZeneca evita 90% de internamentos e 70% dos casos. Um novo estudo revela que somente uma dose da vacina Oxford/AstraZeneca impede o internamento hospitalar de nove em 10 pessoas e previne sete em 10 casos de incidência da Covid-19.

07h25 - A Direção-Geral do Orçamento (DGO) vai divulgar hoje a síntese de execução orçamental até junho, após ter sido registado um défice de 5.401 milhões de euros até maio, devido à pandemia de covid-19.

07h20 - Bom dia, iniciamos um novo registo de acompanhamento da pandemia. Pode recordar o anterior aqui.

Leia Também: AO MINUTO: Marcelo apela à vacinação. Brasil com mais 18.129 casos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório