Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 15º

Edição

AO MINUTO: Portugal com número mais elevado de óbitos dos últimos 4 meses

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no mundo.

AO MINUTO: Portugal com número mais elevado de óbitos dos últimos 4 meses

O vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, coordenador da task force do plano de vacinação contra a Covid-19, alertou, ontem que é preciso ter em atenção que "não há vacinas ilimitadas", justificando alguns problemas reportados no autoagendamento e na modalidade ‘Casa Aberta’,

"Há sítios que já esgotaram as vagas que havia para o autoagendamento", admitiu o responsável, acrescentando que "as pessoas que chegaram primeiro e se autoagendaram estão à espera e que quando estas forem vacinadas abrirão vagas".

Ainda sobre a vacinação, a inoculação de crianças acima dos 12 anos, autorizada pela Agencia Europeia do Medicamento (EMA) desde maio, está agora a ser analisada em Portugal pela Direção-Geral da Saúde, podendo já avançar em agosto

Contudo, a vacinação contra o novo vírus em menores com idade pediátrica ainda divide alguns especialistas no país, sendo que há peritos que defendem que apenas crianças com comorbilidades devem ser vacinadas, neste momento. 

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no mundo: 

15h40 - Este registo terminou. Continue a acompanhar aqui os principais desenvolvimentos da pandemia, desta quarta-feira, em Portugal e no mundo. 

15h36 - Horários de centros de vacinação e 'Casa Aberta' atualizados em Lisboa. A Câmara Municipal de Lisboa informou esta tarde que "os horários dos Centros Municipais de Vacinação foram atualizados, tal como os horários da modalidade 'Casa Aberta'". Confira aqui os horários dos centros e aqui da 'Casa Aberta'. 

15h26 - Task force "tem cumprido" com envio de vacinas para a Madeira. A task force da vacinação contra a Covid-19 "tem cumprido escrupulosamente" no envio de vacinas para a Madeira, pelo que a região mantém o objetivo de 70% da população inoculada em setembro, disse hoje o presidente do Governo Regional.

15h22 - Novos casos em Tóquio no nível mais elevado em seis meses. As infeções com Covid-19 em Tóquio atingiram hoje o máximo dos últimos seis meses, com a cidade anfitriã das Olimpíadas a registar 1.832 novos casos apenas dois dias antes da abertura dos jogos.

15h14 - Costa quer vacinação de crianças e jovens entre 12 e 17 anos até setembro. António Costa deu o 'pontapé de saída' no debate sobre o Estado da Nação, no Parlamento, ao anunciar uma nova "ambição" no processo de vacinação contra a Covid-19. "É tempo de alargar a nossa ambição e garantir também a proteção das crianças e jovens e devemos fazê-lo atempadamente, de modo a que o novo ano letivo se possa reiniciar sem risco de novas interrupções no ensino presencial", afirmou o primeiro-ministro. 

15h09 - Militares passam a gerir pandemia na Tunísia. O departamento da Saúde das Forças Armadas da Tunísia vai passar a estar encarregada da resposta do país à pandemia, anunciou hoje o presidente Kais Saied.

15h02 - Já arrancou o debate sobre o Estado da Nação na Assembleia da República, no qual a crise socioeconómica e pandémica estarão em destaque. Acompanhe aqui em direto: 

14h48 - Líder do partido trabalhista britânico em isolamento. Keir Starmer, líder do partido trabalhista britânico, está em isolamento profilático depois de um dos seus filhos ter testado positivo à Covid-19, avança o The Guardian.  

14h42 - Alemanha alerta para perigo de aumento exponencial de casos até outubro. O Governo alemão alertou hoje para o perigo de um possível aumento exponencial de casos de Covid-19 nos próximos meses, no mesmo dia em que o país soma mais de duas mil novas infeções e 19 mortes. Jens Spahn, ministro da Saúde, admitiu mesmo um aumento exponencial em outubro de até 800 casos de infeção por cada 100 mil habitantes.

14h31 - Previsões de chegada de vacinas permitem cumprimento de objetivos. O secretário de Estado da Saúde afirmou hoje que o calendário previsto para a chegada de vacinas contra o SARS-CoV-2 a Portugal permite cumprir os objetivos do plano de vacinação "de forma tranquila"

"Até agora, as vacinas têm chegado de uma forma muito estável e muito próxima daquilo que foi comprometido", disse Diogo Serras Lopes, acrescentando que, no caso de algumas vacinas, Portugal até recebe mais doses do que o previsto.

14h02 - Portugal regista mais 13 mortes e 4.376 novos casos. Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 13 mortes e 4.376 novos casos relacionados com a Covid-19, sendo que o país não reportava tantas vítimas mortais devido ao novo vírus desde 22 de março deste ano, dia em que foram notificados 16 óbitos.

A incidência e o número de internamentos continua a subir e o Rt também voltou a descer

Notícias ao Minuto Matriz de risco atualizada esta quarta-feira.© DGS

13h56 - Subiu para 17 o número de infetados em Lar de Mogadouro. O número de pessoas infetadas pelo SARS-CoV-2 no Lar de Urrós, no concelho de Mogadouro, subiu para 17, entre os quais todos os seus 13 utentes e quatro das 13 funcionárias, disse hoje à Lusa fonte da instituição.

13h43 - DGS pediu duas semanas para definir posição sobre vacinação de jovens. A Direção-Geral da Saúde (DGS) pediu duas semanas para estudar os pareceres da Comissão Técnica de Vacinação contra a Covid-19 em jovens e os calendários de vacinação para definir uma posição, revelou hoje a ministra da Saúde.

"Aquilo que a DGS nos transmitiu ser o entendimento da Comissão Técnica de Vacinação é que será desejável dispor de mais algum tempo e referiram-nos um prazo de duas semanas para perceber mais em detalhe quais são os calendários", afirmou Marta Temido, em declarações aos jornalistas, à saída do Palácio Marquês do Alegrete, em Lisboa.

13h38 - Pandemia já matou quase 4,12 milhões de pessoas no mundo. A pandemia de Covid-19 já matou pelo menos 4.119.920 pessoas em todo o mundo desde que foi detetado o primeiro caso na China, no final de 2019, avança hoje o balanço diário feito pela agência AFP.

13h12 - Pfizer e BioNTech vão produzir vacina na África do Sul em 2022. As empresas farmacêuticas Pfizer e BioNTech anunciaram hoje que o grupo Biovac vai iniciar a produção da sua vacina contra a Covid-19 na África do Sul, no início de 2022, uma estreia no continente africano.

13h06 - Timor-Leste registou mais 31 infetados com o SARS-CoV-2, nas últimas 24 horas, a maioria na capital, Díli, anunciou hoje o Centro Integrado de Gestão de Crise (CIGC).

O Governo timorense vai propor, agora, a renovação do estado de emergência, por mais 30 dias, tendo em conta a situação epidemiológica no país e aprovou apoios na eventualidade de morte ou incapacidade em resultado da vacina contra a covid-19.

12h56 - Subiu para 31 o número de infetados no Lar de Bemposta em Mogadouro. O número de pessoas infetadas pelo coronavírus SARS-CoV-2 no Lar de Bemposta, no concelho de Mogadouro, subiu para 31, sendo que 24 são utentes e sete funcionários.

12h52 - Uma criança de cinco anos morreu de Covid-19, nos EUA, após uma curta batalha contra a doença. O menino não possuía outros problemas de saúde.

12h34 - Em Oeiras? Confira os locais e horários da unidade móvel de testagem. A Câmara Municipal de Oeiras informou que a unidade móvel de testagem à Covid-19 do concelho vai estar hoje pela zona de Algés. Verifique os locais e horários: 

  • 10h00 -13h00 Centro de Saúde de Algés
  • 14h00 -17h30 Jardim de Algés – estacionamento junto ao Burger King⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

12h10 - Franceses "sem medo" nos museus e cinemas graças ao passe sanitário. As filas no Museu do Louvre eram mais longas esta manhã devido à verificação do passe sanitário, no primeiro dia em que a medida está em vigor em França, mas todos esperavam pacientes e sem medo de voltar ao museu.

11h56 - Tailândia atinge novo recorde de casos diários. A Tailândia registou, nas últimas 24 horas, mais 108 mortos relacionados com a Covid-19 e mais 13.002 novos contágios, atingindo um novo número máximo de casos diários desde o início da pandemia. Segundo o Bangkok Post, o último recorde tinha sido na segunda-feira passada, dia em que a Tailândia somou mais 11.784 infeções. 

11h45 - "Testar é fundamental". O Serviço Nacional de Saúde (SNS) recordou, esta quarta-feira, que o teste de despiste à Covid-19 "é fundamental para o controlo da pandemia". "Fazer regularmente um teste é um ato de cidadania", reforçou o SNS numa nota divulgada nas redes sociais. 

11h37 - Task force reconhece falta de vacinas para responder aos autoagendamentos. A task force da vacinação reconheceu hoje a falta de vacinas para responder à elevada procura dos autoagendamentos de pessoas mais novas, mas salientou que continuam a ser administradas entre 100 e 100 mil doses por dia.

11h27 - África regista 159.719 mortes e aproxima-se de 6,3 milhões de casos. África registou, nas últimas 24 horas, 159.719 mortes devido à Covid-19, num total de 6.281.998 casos de infeção com o novo coronavírus desde o início da pandemia, de acordo com dados oficiais regionais divulgados hoje.

11h24 - Portugal poderá receber mais vacinas da Pfizer nos próximos dias. A ministra da saúde garantiu, esta quarta-feira, que as dificuldades que estão a ser sentidas em algumas regiões do país no autoagendamento da vacina contra a Covid-19 vão ser ultrapassadas brevemente. 

Em declarações aos jornalistas, Marta Temido adiantou ainda "está em cima da mesa a possibilidade de entrega antecipada de doses da Pfizer nos próximos dias" a Portugal. 

11h11 - "Desconfinar em Oleiros" resultou em 750 dormidas no concelho.  As medidas de apoio à restauração e alojamentos locais lançadas pela Câmara de Oleiros, no distrito de Castelo Branco, resultaram em cerca de 750 dormidas no concelho, anunciou hoje o município.

10h57 - ASAE instaura sete processos em restaurantes, mas nenhum em hotéis. A ASAE realizou, na semana passada, uma operação de fiscalização a restaurantes e outra a unidades hoteleiras, de zonas turísticas, sendo o "principal objetivo a fiscalização do cumprimento das regras aplicáveis no atual contexto da pandemia".

Na operação foram fiscalizados 118 operadores económicos" com a instauração de 21 processos de contraordenação, "dos quais sete são relacionados com infrações às regras aplicáveis no atual contexto de pandemia.

10h24 - Rússia com mais 783 mortos e mais de 23 mil novos casos. A Rússia anunciou, esta quarta-feira, que, nas últimas 24 horas, 783 óbitos relacionados com Covid-19 e 23.704 novos contágios. De acordo com o dados, citados pela Reuters, dos mais de 23 mil casos, 3.254 foram identificados em Moscovo.

10h02 -Angola com 88 milhões para combate à malária, HIV, tuberculose e Covid-19. Angola vai contar com 88 milhões de euros para apoiar o combate ao HIV, malária, tuberculose e covid-19 até 2024, financiados pelo fundo global das Nações Unidas, foi hoje anunciado.

9h47 - Inglaterra poderá ter de voltar a impor restrições em agosto, alertam especialistas. O uso de máscaras ou a obrigatoriedade do teletrabalho, são algumas das medidas que poderão ser novamente impostas em Inglaterra, em agosto, para evitar que o Serviço Nacional de Saúde britânico fique sobrecarregado. A recomendação foi divulgada, esta quarta-feira, num relatório realizado por vários especialistas, membros do Grupo de Aconselhamento Científico para Emergências (SAGE sigla em inglês). 

Segundo o The Guardian, os peritos já terão enviado o relatório para o gabinete de Boris Johnson, que deverá estar preparado para avançar com restrições na primeira semana do próximo mês. Em causa está o exponencial aumento de internamentos devido à Covid-19. 

9h40 - Cerca de 1,5 milhões de crianças ficaram órfãs ou perderam avós ou tios. Pelo menos 1,5 milhões de crianças e adolescentes no mundo ficaram órfãos ou perderam avós ou tios durante a pandemia de Covid-19, entre março de 2020 e abril de 2021, estima um estudo hoje divulgado.

9h36 - São Tomé e Príncipe vai poder analisar variantes do coronavírus. São Tomé e Príncipe vai passar a fazer, no país, a sequenciação do genoma do novo coronavírus, o que permitirá às autoridades identificar as variantes em circulação, anunciou o ministro da Saúde.

9h28 - "Quem pensa que a pandemia acabou vive num paraíso de tolos". O diretor da Organização Mundial de Saúde (OMS) chamou de "tolos" aqueles que acreditam que a pandemia está controlada. As declarações aconteceram, esta manhã, numa sessão que marca a realização dos Jogos Olímpicos, em Tóquio, Japão.

"A pandemia vai acabar quando o mundo decidir que quer terminá-la. Está nas nossas mãos", acrescentou.

09h01 - Primeira vacina Sputnik V produzida no Vietnam enviada para a Rússia para avaliação. O primeiro lote de vacinas da Sputnik V produzidas no Vietnam já foi enviado para a Rússia para avaliação, informaram hoje as autoridades russas e a empresa farmacêutica vietnamita responsável pela produção, num comunicado conjunto citado pela Reuters. As amostra deste lote foram enviadas para o Centro Gamaleya na Rússia, onde irão decorrer agora uma série de testes de controlo de qualidade. 

08h33 - Teletrabalho veio para ficar? Mais de metade acreditam que sim. A conclusão é de uma sondagem da Universidade Católica para a RTP, que revela que 61% dos portugueses defendem que o teletrabalho deve manter-se, mesmo que a situação pandémica melhore.

08h14 - Esforço para respirar pode danificar ainda mais pulmão. Um estudo publicado no Annals of Intensive Care revela que os pacientes diagnosticados com Covid-19 tiveram de fazer maior esforço respiratório devido aos baixos níveis de oxigénio disponíveis no sangue.

"O nosso modelo descobriu que os pacientes que apresentam insuficiência respiratória hipoxémica aguda causada pela Covid-19 podem estar em risco significativo de lesão pulmonar autoinfligida devido ao aumento dos esforços respiratórios", pode ler-se.

08h02 - Governo australiano admite "atraso de dois meses" no plano de vacinação. O primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, admitiu hoje um atraso de dois meses no calendário de vacinação contra a Covid-19, numa altura em que mais de metade da população continua confinada, devido a um novo surto.

07h48 - Coreia do Sul bate recorde de casos diários. A Coreia do Sul reportou, nas últimas 24 horas, 1.784 novos contágios de Covid-19, atingido o número máximo de infeções diárias alguma vez registadas no país. A Agência de Controlo e Prevenção de Doenças sul-coreana advertiu esta manhã que o aumento de casos deve-se à disseminação da variante Delta no país.  

Notícias ao Minuto Pessoas aguardam em fila para realizar o teste de despiste da Covid-19, em Seoul, na Coreia do Sul.© Reuters

07h37 - Estado da Nação: António Costa abre quase quatro horas de debate. O primeiro-ministro abre hoje o debate, marcado para as 15h, sobre o Estado da Nação, na Assembleia da República, no qual o Governo e os partidos vão analisar, ao longo de quase quatro horas, a situação do país

Ao fim de um ano e meio da pandemia de Covid-19, a oposição criticou a forma como a crise socioeconómica e pandémica foi gerida e acusou o Governo de estar desgastado, pedindo também maior apoio para as famílias e as empresas.

07h23 - Anticorpos detetados em 67% da população na índia. Um novo estudo revelou que foram detetados anticorpos da Covid-19 em 67% da população na Índia. De acordo com a investigação citada pelo The Guardian, os dados demonstram como a nova variante Delta se disseminou no país. Neste estudo 62% dos participantes não foram vacinados contra a Covid-19, 24,8% receberam pelo menos uma dose da vacina e 13% estão completamente imunizados. 

07h11 - Esperança de vida nos EUA registou em 2020 maior quebra desde a Segunda Guerra. A esperança de vida nos Estados Unidos diminuiu um ano e meio em 2020, a maior quebra num só ano desde a Segunda Guerra Mundial, revelaram hoje as autoridades de saúde pública. 

Para o Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês), a quebra deve-se principalmente à pandemia de covid-19, representando cerca de 74% do declínio da esperança de vida.

07h00 - China deteta dois casos locais. A Comissão Nacional de Saúde da China anunciou hoje a deteção de 22 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, dois dos quais infeções locais, na província de Yunnan, no sul do país.

Bom dia. Recorde aqui os principais desenvolvimentos ocorridos ontem sobre a pandemia em Portugal e no mundo.  

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório