Meteorologia

  • 30 JULHO 2021
Tempo
25º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Israel aliviou algumas restrições a Gaza, dizem palestinianos

Israel aliviou a partir de hoje algumas das restrições à Faixa de Gaza, permitindo exportações do enclave através de uma passagem com o território israelita, disseram responsáveis palestinianos.

Israel aliviou algumas restrições a Gaza, dizem palestinianos
Notícias ao Minuto

13:35 - 21/06/21 por Lusa

Mundo Conflito

Onze camiões de roupa para exportação atravessaram a passagem de Kerem Shalom pela primeira vez em 40 dias, segundo a mesma fonte, que indicou ainda ter sido retomado o serviço de correio dentro e fora de Gaza.

No domingo à noite, as autoridades israelitas anunciaram o recomeço limitado das exportações de produtos agrícolas a partir da Faixa de Gaza, o que não acontecia desde a última guerra entre Israel e o movimento islâmico Hamas, que controla o enclave palestiniano.

"Esta medida civil, aprovada pelo nível político, está condicionada à manutenção da segurança", indicou o órgão israelita responsável pelas operações civis nos territórios palestinianos, COGAT, precisando que a medida foi tomada após uma "avaliação de segurança".

Outras restrições de Israel continuam em vigor, como limitações na zona para pescadores de Gaza ou no número de doentes do enclave que podem ser tratados em Israel ou na Cisjordânia.

O terminal de Kerem Shalom é o único ponto de passagem de mercadorias entre a Faixa de Gaza e Israel.

O micro-território palestiniano, com mais de dois milhões de habitantes, está sob bloqueio israelita desde que o Hamas assumiu o poder em 2007.

Para exportar os seus produtos agrícolas, como tomates ou morangos, quer para outro território palestiniano separado, como a Cisjordânia ocupada, quer para o estrangeiro, os produtores de Gaza têm de obter a autorização prévia de Israel.

A guerra de 11 dias (10 a 21 de maio) entre Israel e o Hamas causou 260 mortos do lado palestiniano, incluindo crianças, adolescentes e combatentes, e 13 do lado israelita, entre os quais uma criança, um adolescente e um soldado.

Durante a última semana, o Hamas lançou balões incendiários para Israel, que respondeu com bombardeamentos aéreos contra presumíveis posições do movimento islâmico na Faixa de Gaza, o que fez temer um recomeço das hostilidades, quando o vizinho Egito tenta consolidar a trégua entre os dois campos.

Leia Também: Israel ataca Gaza após Hamas ter lançado balões incendiários

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório