Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2021
Tempo
25º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

UE aceita reabrir fronteiras a viajantes totalmente vacinados

A informação foi avançada pela AFP e mais tarde confirmada pelo porta-voz para a Justiça da Comissão Europeia. Segundo a agência noticiosa, a reabertura das fronteiras será feita no início de junho.

UE aceita reabrir fronteiras a viajantes totalmente vacinados

A União Europeia aceitou, esta terça-feira, reabrir as fronteiras aos viajantes que tenham a vacinação completa contra a Covid-19. A informação  começou por ser avançada pela AFP, a citar fontes europeias e mais tarde confirmada pelo porta-voz para a Justiça da Comissão Europeia.

"Hoje, os embaixadores da UE concordaram em atualizar a aprovação de viajar do exterior para a União Europeia e o Conselho recomenda que os Estados-membros aliviem algumas das restrições, nomeadamente para pessoas já completamente vacinadas", anunciou, na conferência de imprensa diária da Comissão Europeia, o porta-voz para a Justiça, Christian Wigand.

Reunidos em Bruxelas, os diplomatas concordaram ainda em aumentar o nível de novos casos registados por um país para que seja declarado inseguro. A medida poderá permitir a entrada de turistas de mais locais. O mesmo porta-voz acrescentou que a lista dos países de onde são permitidas viagens para a UE será revista, com a flexibilização dos critérios da taxa de incidência do vírus utilizados e que é aumentada de 25 para 75 casos por 100.000 habitantes durante os últimos 14 dias.

Segundo a agência noticiosa, a reabertura das fronteiras será feita no início de junho. No entanto, caso algum dos países ou regiões veja a sua situação piorar subitamente, os países europeus estão prontos para adotar medidas rígidas novamente.

Em alguns países, a obrigação de fazer testes à Covid-19 antes e depois da chegada ao país, bem como quarentena obrigatória, ainda estão em efeito, mas essas medidas deverão ser aliviadas gradualmente à medida que a vacinação progrida e as condições melhorem em alguns países.

A decisão surge numa altura em que o número de novos casos de Covid-19 continua a diminuir, com a maior parte dos Estados-membros a registarem uma tendência de descida semanal. Já hoje, os Países Baixos e França vão começar a aliviar as suas medidas de combate à pandemia.

[Notícia atualizada às 11h43]

Leia Também: AO MINUTO: UE abre portas a imunizados. SNS "passou a ser respeitado"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório