Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

AO MINUTO: Internamentos continuam a descer; UE quer cinco medicamentos

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Internamentos continuam a descer; UE quer cinco medicamentos

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, advertiu esta quarta-feira que "ainda não está na altura de levantar o pé" e de começar uma vida totalmente normal, apelando à população para manter a calma e as precauções adotadas devido à pandemia da Covid-19. "Nós temos de ter muita calma. A vacinação é de facto um instrumento extraordinário, mas temos de aguardar", defendeu.

Também ontem, na Assembleia da República, a líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes, defendeu que as empresas não têm de assumir "todas e quaisquer despesas" adicionais dos trabalhadores em teletrabalho, reafirmando que a matéria deve ser objeto de acordo. Recorde quais as principais alterações ao teletrabalho, que, a partir do dia 16 de maio, passará a ser obrigatório apenas nos concelhos de risco.

Portugal contabilizou, nas últimas 24 horas, mais 373 contágios pelo novo coronavírus e cinco mortes relacionadas com a doença, indica o boletim epidemiológico publicada esta quinta-feira pela Direção-Geral de Saúde (DGS). No total, desde o início da pandemia, o nosso país registou 838.475 infeções e 16.988 mortes.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no resto do mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

16h00 - Boa tarde! Este registo fica por aqui, mas pode continuar a acompanhar todas as incidências relacionadas com o novo coronavírus neste link. Já sabe: mantenha-se seguro!

15h46 - ONG apelam ao Covax para divulgar contratos com fabricantes de vacinas. As organizações não governamentais Human Rights Watch e Amnistia Internacional apelaram hoje ao mecanismo Covax de partilha de vacinas anti-Covid-19 para "aumentar a transparência", designadamente divulgando publicamente os seus contratos com os fabricantes de vacinas.

15h35 - Cerca de 1.300 enfermeiros deixaram o país durante a pandemia. O Sindicato Independente de Todos os Enfermeiros Unidos (SITEU) alertou hoje para a falta de valorização da classe por parte do Governo, que levou a que cerca de 1.300 profissionais deixassem o país durante a pandemia da Covid-19.

15h21 - Moderna faturou 1.700 milhões de dólares até março com venda da vacina. A farmacêutica Moderna faturou entre janeiro e março 1.700 milhões de dólares (1.415 milhões de euros) graças às vendas da vacina anti-Covid e teve um lucro de 1.200 milhões de dólares (mil milhões de euros).

15h16 - Odemira? "Direita faz rimar pandemia com hipocrisia", acusa Cabrita. O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, acusou esta quinta-feira, na Assembleia da República, a Direita de hipocrisia no que toca à situação dos trabalhadores agrícolas em Odemira.

"Este debate que aqui é travado é de facto um debate sobre direitos humanos. É um debate sobre o direito à vida, é um debate sobre o direito à saúde, sobre o direito ao trabalho com direitos, é um debate sobre o direito à habitação", começou por afirmar, acrescentando: "De facto, o Governo não descobriu Odemira nesta semana, não estamos como a Direita que confunde, faz rimar pandemia com hipocrisia", atirou o ministro, em resposta às críticas feitas ao Governo no Parlamento. 

14h59 - Nunca uma crise teve "tanta assimetria de consequências". O presidente do conselho de administração executivo do Novo Banco, António Ramalho, considerou hoje que "nunca uma crise sem culpados, uma crise tão generalizada" como a provocada pela Covid-19, teve "tanta assimetria de consequências".

14h53 - Prioridade é "parar" a pandemia em Odemira. Ministra pede "união" na AR. A ministra da Agricultura apontou hoje que parar a pandemia em Odemira é a prioridade do Governo e pediu união de esforços para criar condições dignas de habitação para os trabalhadores agrícolas, num debate de urgência no Parlamento.

14h44 - Portugal regista 373 contágios e 5 mortes nas últimas 24 horas. Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 373 novos casos e cinco vítimas mortais relacionadas com o novo coronavírus. Os dados foram revelados esta quinta-feira no mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). No total, desde o início da pandemia, o nosso país contabilizou 838.475 infeções e 16.988 mortes.

Já os internamentos continuam a cair. Há 283 pessoas em unidades hospitalares (menos 14 em relação a ontem), sendo que, destes, 77 estão nos Cuidados Intensivos (menos seis). 

14h31 - Autarca de Odemira diz que operação foi "muito complexa". Após uma conferência de imprensa da autarquia de Odemira e das autoridades locais, o presidente José Alberto Guerreiro falou na antena da TVI24 onde adjetivou a operação de ontem, de realojamento de imigrantes, como "muito complexa", uma vez que, acrescentou, "estamos a falar de cidadãos em situação muito frágil, de nacionalidades diferentes, condições diferentes".

14h16 - Paris, Berlim e Roma favoráveis ao levantamento de patentes de vacinas. França, Alemanha e Itália expressaram hoje uma posição favorável ao possível levantamento das proteções de propriedade intelectual das vacinas contra a doença Covid-19, apoiado pelos Estados Unidos para acelerar a produção e a distribuição dos fármacos.

14h07 - Presidente das Filipinas mandar deter quem não usar máscara adequadamente. O Presidente filipino, Rodrigo Duterte, ordenou que a polícia detenha as pessoas que não estiverem a usar a máscara adequadamente, num momento em que o país luta para conter um aumento de casos de Covid-19.  

13h44 - Governo aprova criação de tarifa social de acesso a Internet. O Conselho de Ministros aprovou hoje medidas na área da transição digital, entre as quais a criação da tarifa social de acesso à internet aos consumidores com "baixos rendimentos". Os critérios de elegibilidade são os mesmos das demais tarifas sociais (água e luz).

13h13 - França abre vacinação a toda a população a "partir de 12 de maio". O Presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou hoje que a vacinação contra a covid-19 em França vai ser aberta a todas as pessoas que se queiram vacinar a partir de 12 de maio, sempre que haja doses disponíveis. "A partir de 12 de maio, podem consultar na véspera as marcações para ver se há doses disponíveis. Caso haja marcações disponíveis perto das vossas casas, elas vão ser abertas a todos, sem limite de idade", disse.  

13h06 - Bruxelas quer ter cinco medicamentos para a Covid-19 até final do ano. A União Europeia (UE) quer desenvolver até outubro três novas terapêuticas para a Covid-19 e mais duas até final do ano, anunciou hoje, em conferência de imprensa, a comissária europeia para a Saúde, Stella Kyriakides. 

"Até outubro queremos desenvolver três novas terapêuticas e mais duas até ao final do ano", anunciou, na apresentação da estratégia sobre a terapêutica Covid-19 para apoiar o desenvolvimento de novos medicamentos, salientando que "a luta contra a pandemia não se limita à vacinação".

13h01 - Médicos alertam para "agravar" da situação sanitária em Luanda. Médicos angolanos alertaram hoje para o "agravar da situação sanitária" em Luanda, que se reflete já nos hospitais primários e terciários, apontando a "malária e as doenças diarreicas" como as principais patologias nos bancos de urgência.

12h46 - Profissionais otimistas pela primeira vez desde início da pandemia. Ao fim de um ano de pandemia, as expetativas dos promotores e mediadores imobiliários quanto à evolução das vendas e preços no mercado residencial voltaram a ser positivas. As conclusões foram obtidas a partir do inquérito Portuguese Housing Market Survey (PHMS), feito no mês de março.

12h32 - Surtos em duas comunidades de Coruche estão "quase resolvidos". Os dois surtos de covid-19 que surgiram em duas comunidades residentes no concelho de Coruche, distrito de Santarém, estão quase debelados, havendo registo de apenas dois casos ativos, disse à Lusa o presidente do município.

12h16 - Açores com 17 novos casos em São Miguel e 31 recuperações. Os Açores contam hoje com 17 novos casos positivos de Covid-19, todos detetados em São Miguel, nas últimas 24 horas, e não há atualmente doentes em cuidados intensivos, segundo o boletim diário da Autoridade de Saúde açoriana.

12h08 - Empresários da diversão itinerante ameaçam manifestar-se em Cimeira. Os empresários do setor da diversão itinerante ameaçaram hoje manifestar-se junto à Cimeira Social da União Europeia, a decorrer no Porto na sexta e no sábado, caso o Governo não permita a retoma da atividade em breve.

12h06 - Teletrabalho? Escritórios não serão trocados. Mas haverá um equilíbrio. A situação pandémica não fez tremer o segmento escritórios, tendo apenas impulsionado tendências que já estavam a ser observadas antes, como o crescimento do teletrabalho e uma maior preocupação com os espaços de trabalho e bem-estar dos colaboradores, refere comunicado enviado aos jornalistas, de acordo com o mais recente estudo da Savills.

11h29 - Amiga revela que Paulo Gustavo doou mais de 70 mil euros em oxigénio. Susana Garcia, realizadora que trabalhou com o artista, fez uma homenagem sentida nas redes sociais. "E na crise em Manaus, você enviou 500 mil reais [77 500 euros] para compra de oxigénio e nunca divulgou nada. Lembro um dia, antes de você ser intubado, que você me disse que estava sentindo muita falta de ar, mesmo com cateter de oxigénio, e que você estava feliz de ter comprado oxigênio para as pessoas", disse. 

11h34 - Timor-Leste regista 84 novas infeções. O número de casos ativos da Covid-19 em Timor-Leste aumentou hoje ligeiramente com as autoridades a registarem 84 novas infeções com o SARS-CoV-2 e 81 recuperações, segundo um comunicado oficial.

10h52 - Advogados do Zmar contra "ocupação desproporcional" e "má-fé" do Governo. Os advogados da maioria dos donos de casas e da massa insolvente do Zmar, em Odemira (Beja), consideraram hoje "completamente desproporcional" a "ocupação militar" do complexo turístico pela GNR e acusaram o Governo de "má-fé".

10h30 - UE autoriza viagens não essenciais de e para Israel. O Conselho da União Europeia (UE) acrescentou hoje Israel à lista de países terceiros para os quais as restrições de viagem devem ser levantadas, sendo que esta é revista de duas em duas semanas e atualizada, conforme os dados relativos à Covid.

10h14 - Bahamas levantam regra de testagem Covid-19 para turistas vacinados. Os turistas que visitem o arquipélago com a vacinação completa não vão precisar de fazer o teste à Covid-19. O ministério do Turismo das Bahamas anunciou o novo protocolo no fim de semana. 

10h08 - Pandemia leva Lisboa a cancelar Marchas Populares. "Tendo em conta o atual contexto pandémico e devido às restrições de saúde pública que ainda se mantêm, é com particular tristeza que a Câmara Municipal de Lisboa informa que não será possível realizar este ano o Concurso das Marchas Populares que habitualmente decorre no mês de junho", lê-se num comunicado da autarquia.

10h00 - Investigada morte de idosa após receber 2.ª dose da vacina em Espanha. O ministério da Saúde espanhol está a investigar a morte de uma mulher de 73 anos, do município de Olvera, em Cádiz, depois de ter recebido a segunda dose da vacina contra a Covid-19. O incidente foi revelado pelo coordenador do plano de vacinação local, David Moreno, em entrevista à Canal Sur Radio, detalhando que foi aberto um protocolo judicial para apurar as causas da morte.

09h40 - UE aberta para debate sobre suspensão de patentes de vacinas. A União Europeia está aberta a debater a proposta - agora também apoiada pelo Executivo de Joe Biden, presidente dos Estados Unidos - , de suspender as patentes das vacinas contra a Covid-19. A posição foi revelada por Ursula von der Leyen durante um discurso, esta quinta-feira, no Instituto Universitário Europeu, em Florença, Itália.

09h26 - Realojamento no Zmar. Operação da GNR decorreu sem "incidentes". A Guarda Nacional Republicana diz que a sua atuação no realojamento de imigrantes no Zmar, em Odemira, visou garantir a segurança e o transporte dos cidadãos. A operação, sublinha a autoridade, decorreu "sem incidentes".

A GNR esclareceu, na manhã desta quinta-feira, que a ação, esta madrugada, "surgiu na sequência de um pedido de apoio dos Serviços da Proteção Civil Municipal de Odemira, para garantir as condições de segurança de cidadãos a deslocar para as instalações do ZMar Eco Experience"

09h12 - Pandemia agrava austeridade e condições de vida nas prisões europeias. O comité anti-tortura do Conselho da Europa denunciou hoje o impacto da austeridade orçamental nas prisões europeias e na garantia das necessidades básicas dos reclusos, advertindo que a pandemia poderá agravar a situação e potenciar tratamentos "desumanos e degradantes".

09h05 - Dose de reforço da Moderna aumenta proteção contra duas variantes. A Moderna informou, esta quarta-feira, que os primeiros dados de testes realizados em humanos mostram que uma terceira dose da sua vacina atual contra a Covid-19 ou de uma nova vacina candidata experimental aumenta a imunidade contra as variantes detetadas no Brasil e na África do Sul.

08h31 - Máscara de alta tecnologia desativa o SARS-CoV-2 em cinco minutos. De acordo com os estudos desenvolvidos, a máscara consegue desativar 97,79% do SARS-CoV-2 em cinco minutos. Ao fim de 30 minutos, a taxa de eficácia da máscara chega mesmo aos 99,99%. Saiba tudo aqui.

08h06 - Vacina da Pfizer/BioNTech não afeta espermatozoides. A vacina da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19 não afeta os espermatozoides, diz um pequeno estudo realizado em Israel. Para chegar a esta conclusão, investigadores da Universidade Hebraica de Jerusalém estudaram amostras de esperma de 43 homens que receberam a segunda dose da vacina cerca de um mês antes.

07h43 - Alemanha regista mais 250 mortes e passa os 84 mil óbitos. A Alemanha registou hoje 21.953 novos casos da doença nas últimas 24 horas, numa subida desde ontem (18.034) num total de 3.473.503 infetados. Foram ainda registadas 250 mortes o que fez com que o país ultrapassasse os 84 mil óbitos (84.126) desde que a pandemia teve início.

07h33 - Primeiros imigrantes já chegaram ao Zmar. O primeiro grupo de imigrantes chegou esta madrugada ao Zmar (cerca das 4h da manhã), avança a SIC Notícias. A GNR usou uma unidade com homens armados e cães para entrar na unidade

Já à Lusa, fonte da Proteção Civil indicou que cerca de 50 imigrantes que trabalham na agricultura na região de Odemira foram realojados durante a noite no complexo turístico Zmar e na Pousada da Juventude de Almograve.

Recorde-se que o Governo decidiu pela "requisição temporária, por motivos de urgência e de interesse público e nacional" do empreendimento turístico ZMar Eco-Experience, localizado na freguesia de Longueira-Almograve. Vai ser afeto a pessoas que precisem de quarentena.

07h18 - Biden salienta apoio de 28,6 mil milhões à restauração. O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, salientou os benefícios de um programa de 28,6 mil milhões de dólares (mais de 23 mil milhões de euros) para apoiar a restauração, como estímulo da retoma económica e criação de emprego.

07h13 - Governo australiano vai manter fronteiras fechadas até 2022. O Governo australiano vai manter as fronteiras internacionais fechadas até 2022 devido a incertezas sobre vacinas e novas estirpes, disse o ministro das Finanças do país, Simon Birmingham, numa entrevista publicada hoje.

07h06 - Fique com os mais recentes dados: 

07h00 - Bom dia! Iniciamos aqui um novo registo onde vai poder acompanhar todas as incidências relacionadas com o novo coronavírus. Para recordar as notícias de ontem à tarde, clique aqui

Leia Também: AO MINUTO: EUA apoiam renúncia a patente das vacinas; "Anos heroicos"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório