Meteorologia

  • 11 MAIO 2021
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 19º

Edição

AO MINUTO: Morreu doente cardíaca após vacinação. Novo recorde no Brasil

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Morreu doente cardíaca após vacinação. Novo recorde no Brasil

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 602 casos de infeção pelo novo coronavírus e nove mortes atribuídas à Covid-19, a par de um ligeiro aumento nos internamentos, incluindo em cuidados intensivos. A maioria dos casos das últimas 24 horas (229) foi diagnosticada em Lisboa e Vale do Tejo.

Esta quinta-feira, o Infarmed pronunciou-se sobre as últimas conclusões do regulador europeu de Saúde no que diz respeito à vacina da AstraZeneca, optando, em conjunto com a DGS, pela limitação da administração da vacina a maiores de 60 anos.

Entretanto, pode consultar aqui a lista de sinais de alerta a que o cidadão inoculado com o fármaco da empresa anglo-sueca deve estar atento, de acordo com a autoridade do medicamento.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de sexta-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

Só quer tirar dúvidas? Não assoberbe as linhas telefónicas: [email protected]

23h54 - Visita do PM francês à Argélia adiada devido ao atual "contexto de saúde". O encontro dos governos francês e argelino, agendado para domingo na Argélia e que tinha prevista a presença do primeiro-ministro francês Jean Castex, foi adiada sem nova data devido ao atual "o contexto de saúde", foi hoje anunciado.

23h14 - Brasil com mais 4.249 mortes, bate segundo recorde diário na mesma semana. Brasil notificou esta quinta-feira mais 4.249 mortes associadas à Covid-19, um recorde diário absoluto desde o início da pandemia no país, a 26 de fevereiro do ano passado, e a segunda vez esta semana em que o número de óbitos fica acima da barreira dos 4 mil. O número aproxima-se, também, do pior registo diário de óbitos associados à Covid-19 do mundo (4.476 a 12 de janeiro nos Estados Unidos).

22h21 - Vacina da AstraZeneca nos Açores só será administrada acima dos 60 anos. O diretor regional da Saúde disse hoje que os Açores vão cumprir as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS) e a vacina da AstraZeneca contra a Covid-19 só será administrada no arquipélago em pessoas acima dos 60 anos.

22h15 - "Esplanada Segura". ASAE fiscaliza 194 e instaura 21 contraordenações. A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) realizou, esta quinta-feira, a Operação Esplanada Segura onde fiscalizou 194 operadores económicos nos municípios do Porto, Matosinhos, Chaves, Tarouca, Barcelos, Coimbra, Aveiro, Ílhavo, Mira, Castelo Branco, Figueira da Foz, Viseu, Guarda, Lisboa, Cascais, Oeiras, Évora, Loulé e Olhão.

22h05 - Rússia exige devolução da sua vacina à Eslováquia por falhas contratuais. O Fundo de Investimento Direto Russo (FIDR) acusou hoje a Eslováquia de falhas contratuais e exigiu a devolução das vacinas ao país centro-europeu, que revelou não ter sido capaz de determinar a segurança de um lote da vacina russa.

21h44 - ARS-N confirma morte de idosa após vacinação e aguarda autópsia. Uma mulher, de 61 anos e portadora de doença cardíaca, morreu hoje depois de ter sido vacinada contra a Covid-19, revelou a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N), remetendo informações para após o resultado da autópsia. "O conselho diretivo da ARS-N confirma o óbito de uma pessoa (...) a ser acompanhada pela equipa de cuidados paliativos do Centro Hospitalar Universitário de São João, EPE, que hoje havia sido vacinada contra a Covid-19", refere esta entidade numa resposta enviada à agência Lusa.

Na mesma informação, sem especificar qual a vacina que foi administrada à idosa, é referido que o óbito confirmado é de uma pessoa sexo feminino, de 61 anos de idade, na condição de doente dependente, portadora de doença cardíaca em estado muito avançado.

21h07 - Cadeias de "alguma dimensão" em escolas, mas não são generalizadas. A diretora-geral da Saúde afirmou hoje que foram identificadas cadeias de transmissão da Covid-19 de "alguma dimensão" em escolas, mas salientou que este não é um fenómeno generalizado nos estabelecimentos de ensino do país.

20h54 - França ultrapassa 10 milhões de pessoas vacinadas com primeira dose. A França ultrapassou hoje os 10 milhões de pessoas vacinadas no país com a primeira dose da vacina, com a situação dos 16 departamentos que confinaram mais cedo "a melhorar". Desde quarta-feira morreram 345 pessoas devido ao vírus, aumentando assim o número total para 97.967 óbitos desde o início da pandemia.

20h44 - Portugal regista zero mortes em lares na última semana. O país não registou na última semana mortes provocadas pela Covid-19 em lares, pela primeira vez desde que começou a pandemia, anunciou hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho.

20h39 - Cabo Verde com novo recorde de 208 infetados em 24 horas. As autoridades sanitárias cabo-verdianas diagnosticaram 208 infetados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, um novo recorde diário, e um morto, elevando para 18.422 o total de casos desde o início da pandemia, divulgou hoje o Ministério da Saúde.

20h33 - Rússia começou "discussões" com Alemanha para venda da Sputnik V. A Rússia começou hoje as "discussões" com representantes do Governo alemão para a venda da vacina russa Sputnik V contra a doença Covid-19, anunciaram hoje os investigadores russos que criaram o fármaco.

20h25 - Presidente do Infarmed nega alterações aos contratos das vacinas. O presidente do Infarmed negou hoje que existam alterações aos contratos entre o país e as farmacêuticas responsáveis pelas vacinas contra a Covid-19, após o anúncio da recomendação da vacina da AstraZeneca para a população acima dos 60 anos.

20h01 - Fila de espera para vacina no Pinhal Novo durou apenas "20 minutos". A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) admitiu hoje alguma demora na vacinação contra a Covid-19 de 810 pessoas no Pinhal Novo, Palmela, mas apenas durante um curto período de 20 minutos.

19h30 - Madeira com 24 novos casos e 29 doentes recuperados. A Madeira registou hoje mais 24 novos casos de infeção por SARS-CoV-2, todos de transmissão local, e 29 pessoas recuperaram da Covid-19, sendo que não há doentes internados em cuidados intensivos, divulgou o Serviço Regional de Saúde (DRS).

19h27 - Dois milhões de doses administradas em Portugal. "Hoje atingimos os dois milhões de doses administradas", anunciou, ainda, Gouveia e Melo, acrescentando que "15% da população portuguesa recebeu a primeira dose e quase 6% já recebeu a segunda".

19h21 - Portugal já administrou 400 mil vacinas da AstraZeneca. "Em Portugal já foram dadas mais de 400 mil vacinas da AstraZeneca. Não temos números de pessoas que falharam vacinação", indicou o vice-almirante Gouveia e Melo, responsável pelo grupo de trabalho para a vacinação contra a Covid-19.

Gouveia e Melo disse, ainda, que a vacinação de docentes e não docentes será adiada "uma semana", algo que vai ter "um impacto pequeno" no plano de vacinação.

"Por outro lado, temos uma população por vacinar acima dos 60 anos superior a dois milhões de habitantes. A vacina da AstraZeneca, sendo útil na vacinação dessa população, o plano não vai sofrer grandes alterações e essa vacina será útil para conseguir dar proteção também a uma população mais idosa", explicitou o coordenador da task-force.

19h12 - Duas situações em Portugal de reações adversas, um com outra vacina que não a AstraZeneca. O presidente do Infarmed indicou que foram registadas "duas situações" de fenómenos trombóticos na sequência da toma da vacina contra a Covid-19. "Um deles com a vacina da AstraZeneca e outro com uma das outras vacinas", afirmou. Sem entrar em detalhes, Rui Ivo explicou que os dois casos "são pouco diferentes daqueles que estão referenciados".

A diretora-geral da Saúde afirmou hoje que as autoridades nacionais efetuam uma "boa farmacovigilância" das vacinas contra a Covid-19 e que, em Portugal, não foram reportados casos fatais relacionados com administração desses fármacos.

19h07 - "Reações adversas são extremamente raras". Graça Freitas indicou, na mesma conferência de imprensa, que as pessoas que já tomaram a primeira dose da vacina da AstraZeneca devem manter-se "tranquilas" porque as "reações adversas são extremamente raras e ocorrem entre 7 a 14 dias após a vacinação". Sobre as segundas doses, a diretora-geral da Saúde explicou que nos três meses que medeiam a toma entre ambas as doses irá existir mais informação sobre os efeitos secundários. "Estamos a aguardar dados a nível europeu."

19h02 - Portugal só vai administrar AstraZeneca a maiores de 60 anos. Portugal vai apenas passar a administrar a vacina da AstraZeneca aos maiores de 60 anos, foi hoje revelado pelas autoridades nacionais de Saúde.

"DGS recomenda, até estar disponível informação adicional, a administração da vacina da AstraZeneca a pessoas com mais de 60 anos", indicou Graça Freitas.

Rui Ivo, presidente do Infarmed, tinha indicado, antes: "Acima dos 60 anos, não se identificou ocorrência destes fenómenos trombóticos. À medida que a idade avança, o risco de complicação da Covid-19 aumenta e de complicação pela inoculação diminui. Nas camadas mais jovens o risco de complicação da Covid-19 é mais baixo e o risco de complicação pela inoculação da vacina da AstraZeneca é maior."

18h50 - PSP e GNR detiveram 55 pessoas e multaram quase 12 mil em 20 dias. A PSP e a GNR detiveram 55 pessoas por desobediência e registaram quase 12 mil contraordenações durante as ações de fiscalização realizadas entre 15 de março e 6 de abril no âmbito do estado de emergência.

18h42 - Espanha tem 9.901 novos casos e 142 mortes nas últimas 24 horas. A Espanha registou 9.901 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 3.336.637 o total de infetados até agora no país, continuando os contágios a subir, segundo os dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde espanhol.

18h15 - Mais de 9.000 pessoas que chegaram às fronteiras obrigadas a quarentena. Mais de 9.000 pessoas que chegaram às fronteiras portuguesas desde 1 de abril ficaram de quarentena por serem provenientes do Reino Unido, Brasil, África do Sul e países com 500 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes.

17h59 - Desaceleração ou Páscoa? Há mais 17.221 casos e 487 mortos em Itália. As autoridades de saúde italianas reportaram, esta quinta-feira, mais 17.221 casos de Covid-19. Nas últimas 24 horas, foram ainda contabilizadas 487 vítimas mortais. Em termos acumulados, Itália soma já 3.717.602 infeções por SARS-CoV-2 e 112.861 óbitos. 

17h55 - Madeira prolonga recolher obrigatório até 19 de abril. O Governo da Madeira decidiu hoje prolongar até 19 de abril o recolher obrigatório e as medidas sanitárias de controlo da Covid-19, em vigor desde janeiro, indicou o executivo.

17h52 - A Direção-Geral da Saúde, o Infarmed e a task-force para a vacinação contra a Covid-19 vão realizar uma Conferência de Imprensa no Infarmed com atualização da informação sobre a vacina Covid-19 da Astrazeneca às 18h30. Nesta conferência estarão presentes a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, o presidente do Infarmed, Rui Ivo, e o coordenador da task-force, Henrique Gouveia e Melo. Segundo adianta o semanário Expresso, pode ser decidido limitar a administração das doses desta vacina a grupos etários mais velhos, como fizeram, por exemplo, Espanha, Itália, França, Bélgica, Alemanha e os Países Baixos. 

17h50 - "Espero que a sociedade portuguesa" consiga manter "situação virtuosa". O diretor-geral da Nestlé Portugal, Paolo Fagnoni, disse hoje esperar que Portugal consiga "manter" a atual "situação virtuosa" de baixos casos de Covid-19, salientando que as vacinas são a via, mas ainda vai levar tempo.

17h37 - Reino Unido mantém queda na prevalência do vírus. O Reino Unido registou 53 mortes e 3.030 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, divulgou hoje o Governo britânico, tendo também confirmado uma queda nas taxas de prevalência do vírus em Inglaterra.

17h25 - Escolas da ilha de São Miguel mantêm-se em ensino à distância. As escolas da ilha de São Miguel vão manter-se em ensino à distância e as creches e ateliês de tempos livres vão continuar encerrados na próxima semana, devido à pandemia de Covid-19, adiantou hoje o Governo Regional dos Açores.

17h15 - "Não vale a pena concluirmos que escolas se comportam diferente". A ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, indicou esta quinta-feira que "não vale a pena tirarmos aqui uma conclusão que as escolas se comportam de forma diferente do resto do país", esclarecendo que "o que acontece é que esta variante tem características diferentes e o que importa é ajustar a testagem, as regras de isolamento e a capacidade de resposta a essa diferença e é isso que temos procurado fazer". 

17h07 - A ministra da Presidência anunciou que a Direção-Geral da Saúde (DGS) e a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) farão ainda hoje uma comunicação sobre a utilização da vacina anticoronavirus da AstraZeneca em Portugal.

"As decisões técnicas cabem aos serviços da DGS e Infarmed. Cabe-nos aguardar e reagiremos, se necessário", defendeu Mariana Vieira da Silva, sem adiantar uma hora concreta para a comunicação das autoridades de saúde e após ser insistentemente questionada sobre aquela vacina contra a Covid-19.

17h03 - Rostos de profissionais do São João nas estações do Metro do Porto. Os rostos de profissionais do Hospital de São João vão estar 'espalhados' pelas estações do Metro do Porto. A partir de amanhã, dia 9, a exposição fotográfica integrada no projeto '110 retratos de uma Luta', da autoria do artista Marcus Garcia, vai estar patente em cinco estações - Bolhão, Faria Guimarães, Aliados, Marquês e Combatentes.

Notícias ao Minuto  '110 retratos de uma Luta', da autoria do artista Marcus Garcia© Marcus Garcia  

16h54 - Novos casos nos EUA estabilizaram num "nível perturbadoramente alto". O alerta é de Anthony Fauci, que destacou a importância da vacinação e do cumprimento das medidas de prevenção de contágio para controlar a pandemia. "Agora não é o momento, como já disse tantas vezes, de declarar vitória de forma prematura", vincou

16h25 - Governo cria cláusula de salvaguarda no valor do apoio extraordinário. Além da aprovação do decreto-lei que regulamenta o apoio extraordinário ao rendimento dos trabalhadores, o Conselho de Ministros anunciou, hoje, a criação de "uma cláusula de salvaguarda no valor do apoio extraordinário à redução da atividade de trabalhador".

15h49 - Escola Básica da Póvoa de Santa Iria encerrada até 2.ª feira por surto. A escola básica Casal da Serra, na Póvoa de Santa Iria, Vila Franca de Xira, está encerrada desde final de março devido a um surto de covid-19, que infetou 50 pessoas, prevendo-se que reabra segunda-feira, disse hoje fonte do município.

15h31 - Regulador eslovaco questiona composição de lote da vacina Sputnik. O regulador de medicamentos eslovaco afirmou hoje não ter sido capaz de determinar a segurança de um lote da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19 entregue a Bratislava em março, expressando dúvidas sobre a respetiva composição.

15h21 - Agência reguladora aprova testes de outra vacina no Brasil. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do Brasil aprovou hoje a realização de testes de uma vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela empresa canadiana Medicago R&D e a britânica GlaxoSmithKline (GSK) no país.

15h16 - Fiscalização vai ser reforçada nas esplanadas (e podem até ser fechadas). As forças de segurança vão reforçar a fiscalização nas esplanadas e podem mesmo encerrá-las se não estiverem a ser cumpridas as medidas de contenção da pandemia, anunciou esta quarta-feira o Ministério da Administração Interna.

15h03 - Menor número de casos ativos em sete meses em Portugal. A DGS anunciou, esta quinta-feira, um total de 25.839 casos ativos de infeção no país (menos 8 do que na véspera), o que constitui o menor número desde 1 de outubro do ano passado, quando se registaram 25.482 casos. Este indicador, que começou a ser apresentado pelas autoridades em meados de agosto de 2020, começou a subir gradualmente desde o final do ano passado, alcançando a pior fase entre janeiro e fevereiro (pico atingido a 29 de janeiro, com 181.811 casos ativos no país).

15h01 - Mais nove mortes e 602 casos de Covid-19 em Portugal. Portugal registou nas últimas 24 horas mais 602 casos de infeção pelo novo coronavírus e nove mortes atribuídas à Covid-19, a par de um ligeiro aumento nos internamentos, incluindo em cuidados intensivos. Assim, o país passa a acumular 825.633 casos de infeção pelo novo coronavírus e 16.899 mortes desde o início da pandemia. 

15h00 - Iniciámos um novo registo. Para conferir as atualizações da manhã clique aqui.

Leia Também: AO MINUTO: Mais 602 casos em Portugal. Internados e óbitos 'sobem'

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório