Meteorologia

  • 13 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 15º MÁX 25º

AO MINUTO: 9 mil enfermeiros para vacinar; Brasil? Novo máximo de óbitos

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no mundo.

AO MINUTO: 9 mil enfermeiros para vacinar; Brasil? Novo máximo de óbitos
Notícias ao Minuto

15:46 - 31/03/21 por Notícias ao Minuto

Mundo Covid-19

Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 618 infeções pelo novo coronavírus e três mortes, revela o boletim epidemiológico divulgado, esta quarta-feira, pela Direção-Geral da Saúde (DGS). 

Ainda segundo a DGS, o índice de transmissibilidade (Rt) do novo coronavirus em Portugal está estável, mantendo-se hoje em 0,94, enquanto a incidência desceu para 65,3 novos casos de infeção por 100 mil habitantes. O país continua assim na zona verde da matriz de risco, o que pode levar o Governo a decidir dar o próximo passo no plano de desconfinamento.

Entretanto, no Parlamento, o coordenador da task force responsável pelo plano de vacinação contra a Covid-19 adiantou que se prevê "fechar a 100% vacinação nas Estruturas Residenciais para Idosos e dos mais de 80 anos e dos 50 aos 80 anos com comorbilidades tipo 1 até dia 11 de abril".

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no resto do mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no resto do mundo:  

00h00 - Termina aqui o registo desta quarta-feira. De manhã publicaremos um novo artigo no qual vai poder continuar a acompanhar os principais desenvolvimentos da pandemia em Portugal e no resto do mundo. E, não se esqueça: se sentir sintomas relacionados com o coronavírus ligue para
a Linha SNS24 - 808 24 24 24.

23h55 - Vacinação de profissionais de saúde passa a ser obrigatória em Itália. Todos os profissionais de saúde em Itália têm de ser vacinados contra a Covid-19, anunciou, esta quarta-feira, o governo italiano, citado pelo Reuters.  A medida tem como objetivo proteger os doentes mais vulneráveis e combater movimentos 'anti-vacina'. 

O incumprimento desta medida pode levar à suspensão do trabalhador sem direito a vencimento durante o resto do ano. 

23h43 - Milhares de pessoas vacinadas em Porto Rico em ação de 15 horas. Milhares de pessoas estão a ser vacinadas contra a Covid-19, esta quarta-feira, em Porto Rico, numa ação de inoculação massiva que decorrerá durante 15 horas. 

De acordo com as autoridades citadas pelo The Guardian, espera-se conseguir inocular 100 mil pessoas com a vacina de dose única da Johnson & Johnson. A vacinação começou às 7h00 e deverá terminar às 22h00 (3h00 de quinta-feira em Lisboa). 

Neste momento, o Porto Rico está a vacinar pessoas com idades compreendidas entre os 35 e os 49 anos que sofrem de doenças crónicas e toda a população que tenha mais de 50 anos. Também estão incluídos nesta fase trabalhadores do sector alimentar e da telecomunicação. 

23h39 - Quatro membros do 'staff' da seleção italiana com teste positivo. Quatro membros da comitiva da seleção italiana testaram hoje positivo ao novo coronavírus, anunciou a Federação Italiana de Futebol (FIGC), horas depois de vencerem na Lituânia por 2-0.  

23h11 - Brasil bate novo recorde com 3.869 mortes por Covid-19 em 24 horas. As autoridades brasileiras de Saúde reportaram, esta quarta-feira, mais 3.869 óbitos associados à Covid-19, referentes ao último dia, quebrando novamente um recorde com o maior número diário registado no país desde o início da pandemia

Foram notificados, ainda, mais 90.638 casos de infeção, uma subida em relação aos números reportados na terça-feira (84.494).

22h49 - China critica 14 países que questionaram relatório da OMS. O Governo chinês criticou hoje os Estados Unidos e outros 13 países que questionaram as conclusões do relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre as origens da Covid-19, acusando-os de "politizar" a questão.

22h35 - Ordem indica mais de 9 mil enfermeiros disponíveis para vacinar. A Ordem dos Enfermeiros revela que há 9.366 profissionais disponíveis para contratação para a vacinação contra a Covid-19 nos centros que vão estar espalhados pelo país, no âmbito da execução da segunda fase do plano, a partir de abril.

22h26 - "Probabilidade de haver extensão das moratórias bancárias é reduzida". O Governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, admitiu, esta quarta-feira, na TVI24, que a probabilidade de haver uma extensão das moratórias bancárias é "reduzida" apesar de a "porta não estar fechada" e de a Assembleia da República ter aprovado hoje este projeto de lei.

22h17 - Anunciado novo voo da Azul entre São Paulo e Lisboa em 14 de abril. Um novo voo entre São Paulo (Brasil) e Lisboa, operado pela companhia aérea Azul, será realizado em 14 de abril, destinado aos portugueses ou estrangeiros residentes em Portugal afetados pela suspensão das ligações aéreas devido à pandemia.

22h00 - Projeto da ULisboa faz rastreio gratuito e semanal de cuidadores. O Centro de Testes de Ciência e a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa vão testar à Covid-19, semanalmente, 70 famílias de cuidadores informais, num programa de rastreio "regular e gratuito" para cuidadores, pessoas cuidadas e familiares.

21h58 - Redução do número de alunos por turma divide Parlamento. A redução do número de alunos por turma dividiu hoje o Parlamento, opondo a esquerda preocupada com o distanciamento físico nas salas de aula e as condições de aprendizagens, à direita que defendeu antes a autonomia das escolas.

21h33 - França regista quase 60 mil novos casos do vírus. A França registou hoje 59.038 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, um número que demonstra a progressão exponencial da epidemia no país que levou ao alargamento do confinamento ligeiro a todo o território. Ainda segundo as autoridades, nas últimas 24 horas, morreram 304 pessoas devido ao vírus.

21h21 - Grécia reabre comércio a 5 de abril apesar de número de mortes e casos. O Governo da Grécia anunciou hoje a reabertura na segunda-feira da maioria dos estabelecimentos comerciais e o aligeiramento das restrições ao lazer, apesar do elevado número de mortes e de contágios relacionados com a Covid-19.

21h14 - Faculdade de Medicina de Lisboa disponibiliza-se para vacinar na Páscoa. A Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) manifestou hoje a "disponibilidade imediata" dos seus docentes clínicos e dos estudantes dos últimos anos para vacinarem a população, evitando a paragem do processo durante a Páscoa.

21h07 - AHRESP reúne com DGS para articular plano de reabertura da restauração. A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) esteve reunida com a Direção-Geral da Saúde (DGS) para articular o plano de reabertura para a restauração e bebidas, foi anunciado. 

21h02 - Parlamento renova até meio de junho obrigação de usar máscaras na rua. O Parlamento aprovou hoje o projeto-lei do PSD que renova por mais 70 dias a obrigatoriedade de usar máscaras em espaços públicos, medida que vigora em Portugal desde 28 de outubro e que terminaria em 5 de abril.

21h00 - Guiné-Bissau regista mais dois mortos e três casos. A Guiné-Bissau registou mais dois mortos e três novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo dados hoje divulgados pelo Alto Comissariado para a Covid-19.

20h51 - Rainha Isabel II regressa aos eventos públicos. A rainha Isabel II saiu de casa para mais um evento público, o primeiro depois de ter estado afastada por causa da pandemia

A monarca fez a sua primeira aparição pública do ano (e uma das poucas saídas presenciais desde o início da pandemia), esta quarta-feira, 31 de março. Um evento que serviu para marcar o centenário da Força Aérea Real Australiana no memorial das Forças Aéreas em Runnymede, Surrey, que fica perto do Castelo de Windsor, onde está hospedada com o marido, o príncipe Filipe, de 99 anos.

Notícias ao Minuto Rainha Isabel II no memorial das Forças Aéreas em Runnymede, realizado esta quarta-feira. © Getty Images

20h46 - Aprovado na generalidade prolongamento de moratórias por seis meses. A Assembleia da República aprovou hoje, na generalidade, com o voto contra do PS, um projeto de lei do PCP para prolongar as moratórias bancárias por mais seis meses.

20h36 - AHRESP reúne com DGS para articular plano de reabertura da restauração. A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) esteve reunida com a Direção-Geral da Saúde (DGS) para articular o plano de reabertura para a restauração e bebidas, foi anunciado. A orientação que define os procedimentos a cumprir pelos estabelecimentos do setor vai ser atualizada e o guia das boas práticas da AHRESP vai também acompanhar essa atualização. 

20h27 - Apoios nas mãos do TC. Da Esquerda à Direita, partidos contestam decisão. António Costa anunciou, esta quarta-feira, que o Governo vai remeter ao Tribunal Constitucional os diplomas de apoios sociais já aprovados pela Assembleia da República e promulgados por Marcelo Rebelo de Sousa. Da "querela" ao "desconforto", passando "verdadeiro conflito", as críticas vão da Esquerda à Direita.  

20h25 - Ferro Rodrigues considera "muito urgente" esclarecer constitucionalidade de apoios. O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, considerou hoje "da maior importância" esclarecer a constitucionalidade das três leis do parlamento sobre apoios sociais e pediu ao Tribunal Constitucional uma "decisão muito urgente".

20h14 - CIP considera "prioritário" responder aos efeitos negativos da pandemia. A Confederação Empresarial de Portugal (CIP) defendeu hoje que é prioritário responder às consequências da mudança em curso e dos efeitos negativos causados pela pandemia da Covid-19, promovendo a produtividade e a competitividade das empresas.  

20h10 - Brasil aprova uso de emergência da vacina da Janssen. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão regulador do Brasil, aprovou hoje o uso de emergência da vacina de dose única contra a covid-19 da Janssen, subsidiária europeia da Johnson&Johnson. O laboratório, que já havia obtido da Anvisa os certificados de boas práticas de fabrico do imunizante, entrou com o pedido de uso de emergência em 24 de março, recebendo hoje o aval do órgão regulador brasileiro. 

20h01 - Termas preparam novas terapêuticas para sobreviventes da Covid-19. A Associação das Termas de Portugal vai ter "brevemente" novas terapêuticas desenhadas para ajudar à recuperação e reabilitação de doentes que sobreviveram à Covid-19, avançou hoje o secretário-geral daquela estrutura, João Pinto Barbosa.

19h53 - Madeira prolonga recolher obrigatório e retoma aulas presenciais em abril. O Governo da Madeira decidiu hoje prolongar até 12 de abril o recolher obrigatório na região e o retomar das aulas presenciais no ensino secundário e no 3.º ciclo, nos dias 8 e 12 do próximo mês, respetivamente.

19h46 - Cabo Verde com recorde de 191 infetados em 24 horas. As autoridades sanitárias cabo-verdianas diagnosticaram mais 191 infetados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, um recorde diário, elevando para 17.470 o total de casos desde o início da pandemia, divulgou hoje o Ministério da Saúde.

19h43 - Angola registou mais 129 casos e um óbito. Angola registou 129 casos novos de Covid-19, uma morte e 47 pessoas recuperadas da doença, nas últimas 24 horas, informaram hoje as autoridades sanitárias.

19h41 - Cerca de 0,1% dos vacinados em Moscovo contraiu a infeção "de forma leve". Cerca de 1.000 pessoas, 0,1% do total de vacinados contra o novo coronavírus em Moscovo, contraíram a Covid-19, a grande maioria de forma leve, anunciaram hoje fontes oficiais.

19h38 - Ucrânia regista recorde de 400 mortes nas últimas horas. A Ucrânia, onde a vacinação contra a Covid-19 permanece limitada, registou hoje um novo recorde de mortes relacionadas com o novo coronavírus, ultrapassando pela primeira vez os 400 óbitos em 24 horas. Foram também reportados 11.226 novos casos da doença, anunciou o Ministério da Saúde.

19h31 - Macron anuncia fecho de escolas em novo confinamento em França. França vai encerrar escolas e creches durante pelo menos três semanas. O anúncio foi feito pelo presidente francês, Emmanuel Macron, na tarde desta quarta-feira, como parte das novas medidas para combater a Covid-19 no país. 

19h22 - Estado belga vai recorrer de decisão que declarou restrições ilegais. O governo belga vai recorrer da sentença proferida hoje que declarou ilegais as medidas para conter a pandemia de Covid-19 e deu um prazo de 30 dias para as suspender, anunciou a ministra do Interior no Parlamento federal.

19h10 -  Novos passos no desconfinamento? "Amanhã Conselho de Ministro poderá confirmar". Em esclarecimentos aos jornalistas, esta tarde, António Costa lembrou que amanhã deverão ser confirmados "novos passos" de desconfinamento. "Estamos já a executar o nosso programa de desconfinamento a conta-gotas que, se tudo correr bem, amanhã o Conselho de ministros poderá confirmar que na próxima segunda-feira daremos novos passos no desconfinamento, aqueles que estão previstos para dia 5 de abril", apontou o primeiro-ministro.

19h09 - Açores com acréscimo de endividamento de 170 milhões em 2021. O secretário regional das Finanças, Planeamento e Administração Pública do Governo dos Açores, Joaquim Bastos e Silva, avançou hoje que a região vai recorrer a empréstimos de 170 milhões de euros em 2021, sobretudo devido à pandemia de Covid-19.

19h01 - Parlamento finlandês anula lei de confinamento por ser "inconstitucional". A comissão constitucional do Parlamento finlandês (Eduskunta) suspendeu hoje a tramitação do projeto de lei do governo que estabelece o confinamento da população, por considerar que o mesmo é inconstitucional e desproporcional.

18h54 - Governo envia diplomas para o Tribunal Constitucional. Sublinhando que a Constituição "é muito clara na repartição de poderes", António Costa anunciou que irá pedir a fiscalização sucessiva das leis referentes aos apoios sociais, promulgadas pelo Presidente da República

"Entendo ser meu dever solicitar ao Tribunal Constitucional a apreciação das normas aprovadas pela Assembleia da República e que considero inconstitucionais", justificou o primeiro-ministro, em conferência de imprensa.  

18h50 - "Medidas extraordinárias impuseram já um aumento de despesa de 4,729 mil milhões de euros". O primeiro-ministro começou, esta tarde, a sua intervenção, a propósito dos diplomas sobre os apoios sociais, por sublinhar que as "medidas extraordinárias impuseram já um aumento de despesa de 4729 mil milhões de euros" ao Estado. 

Medidas assumidas, vincou António Costa, "sem aumento de impostos, cortes no investimento público, salários ou pensões".

18h46 - António Costa fala ao país. O primeiro-ministro faz uma declaração, na residência oficial em São Bento, sobre os apoios sociais aprovados pela Assembleia da República e promulgados pelo Presidente da República, que o Governo garante serem inconstitucionais.

18h41 - Moçambique regista mais três óbitos e 113 novos caso. Moçambique registou mais três óbitos devido ao novo coronavírus e 113 pessoas foram infetadas nas últimas 24 horas, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

18h23 - Itália regista 467 óbitos e mais de 23 mil novos casos. Itália contabilizou nas últimas 24 horas mais 467 mortes associadas à Covid-19, numa descida em relação à véspera (529), e mais 23.904 novos casos de infeção por novo coronavírus, também numa subida em relação a terça-feira (16.017).

18h09 - Brasil deteta nova variante em São Paulo. O Brasil detetou mais uma nova variante do novo coronavírus em São Paulo. De acordo com o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, citado pela Reuters, a variante é semelhante à identificada na África do Sul. 

Até ao momento, não foram divulgados mais detalhes sobre a variante, aguardando-se, brevemente, mais informações. 

18h03 - EUA. Cancro e doenças cardíacas mataram mais do que a Covid-19 em 2020. A Covid-19 foi a terceira causa de morte nos Estados Unidos no ano passado. De acordo com um relatório divulgado, esta quarta-feira, pelo Centro de Controlo e Prevenção de Doenças, o cancro foi a principal causa de morte no país, seguindo-se as doenças cardiovasculares. 

17h55 - Compra de bilhetes online para museus e monumentos começa a 5 de abril. A compra de bilhetes online para acesso aos museus, monumentos e palácios nacionais vai ser possível realizar-se a partir de 5 de abril, revelou hoje à agência Lusa a secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural, Ângela Ferreira.

17h46 - Pingo Doce começa hoje a vender autotestes em Lisboa. O Pingo Doce anunciou, esta quarta-feira, que começa hoje a vender autotestes à Covid-19 nas parafarmácias da região de Lisboa, alargando amanhã às restantes lojas de Norte a Sul do país, num total de 25 parafarmácias. Cada teste custará 6,79 euros, sendo comercializadas nesta fase inicial caixas de 25 testes. 

17h41 - Concelho do Nordeste sobe para alto risco de contágio. O concelho do Nordeste vai subir para o nível de alto risco de contágio, com sete casos ativos, e Ponta Delgada mantém-se no nível médio alto, com 105 casos ativos, anunciou hoje o Governo Regional dos Açores.

17h25 - OMS recomenda uso de ivermectina apenas em ensaios clínicos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou hoje que as evidências atuais sobre o uso de ivermectina para tratar doentes com Covid-19 são inconclusivas, recomendando que seja usada apenas em testes clínicos até existir mais informação.

17h11 - Task force admite vacinação só "dois dias por semana" em alguns centros. A task force que coordena o plano de vacinação contra a Covid-19 reconhece que em determinados centros de saúde a administração de vacinas aos utentes apenas está a ter lugar alguns dias por semana.

Num esclarecimento enviado hoje à Lusa, a task force liderada pelo vice-almirante Henrique Gouveia e Melo justifica a situação com a estrutura demografia do país, na qual "muitos dos centros de vacinação se localizam em concelhos com uma baixíssima densidade demográfica", e a necessidade de realizar as inoculações "no mais curto espaço de tempo possível" contra o vírus SARS-CoV-2.

17h06 - Espanha contabiliza mais 154 óbitos e 8.534 contágios. O Ministério da Saúde espanhol reportou, esta quarta-feira, um acréscimo de 8.534 casos de contágio ao balanço total, uma subida para quase o dobro de ontem (4.994)

As autoridades sanitárias registaram, ainda, a morte de 154 pessoas nas últimas 24 horas, segundo o reportado pelas comunidades, um número superior ao dia anterior (106).

17h02 - S. Miguel: Proibição de circulação entre concelhos e recolher obrigatório. O Governo Regional dos Açores decretou hoje o recolher obrigatório a partir das 15h00 e a proibição da circulação entre concelhos na ilha de São Miguel entre sexta-feira e domingo.

16h51 - Regulador da UE diz não existirem provas para evitar uso da vacina da AstraZeneca. A Agência Europeia do Medicamento (EMA) garantiu hoje "não existirem provas" científicas que recomendem a restrição do uso da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19, a Vaxzevria, insistindo não existir "relação casual" com os episódios de coágulos sanguíneos.

16h42 - Reino Unido regista mais 43 óbitos e 4.052 novos casos. O Departamento de Saúde e de Assistência Social britânico reportou, esta quarta-feira, mais 43 mortes associadas à Covid-19, uma descida em relação à véspera (56), e mais 4.052 novos casos de contágio, quando no dia anterior foram reportados 4.040.

16h30 - Imunidade em julho? Bruxelas insta países a organizar vacinação em massa. A Comissão Europeia divulgou que, até sexta-feira, chegam 107 milhões de doses de vacinas contra Covid-19 à União Europeia (UE), pedindo aos países que incrementem a capacidade de vacinação para quando houver mais produção, prevendo a imunidade coletiva em julho.

16h21 - Ilha do Corvo é notícia no Brasil: “Exemplo no combate à Covid-19”. De acordo com a Globo, a ilha do Corvo, nos Açores, e Timor-Leste são um “exemplo no combate à Covid-19”. “São dos poucos lugares do mundo que podem se considerar livres do coronavírus”, relembra a publicação brasileira.

Importa recordar que, em meados de março, quando a vacinação ficou completa, a ilha do Corvo foi notícia não só em Portugal, como em França e Espanha. Agora, a informação chegou ao Brasil, um dos países com mais infeções de SARS-CoV-2 e com mais mortes provocadas pelo novo coronavírus.

16h16 - Fecho dos centros de dia aumentou procura de lares no Porto. O encerramento dos centros de dia devido à Covid-19 aumentou a procura por lares de idosos, disse hoje à Lusa o presidente da União Distrital das Instituições Particulares de Solidariedade Social do Porto, que recusa haver perda de confiança.

15h57 - Presidente mexicano vacinado para a semana. O Presidente do México, Andres Manuel Lopez Obrador, anunciou, esta quarta-feira, que será vacinado contra a Covid-19, na próxima semana.

"Os médicos recomendaram que fosse vacinado", afirmou, sem dar mais pormenores, durante uma conferência de imprensa esta manhã. 

15h42 - Well's vai vender autotestes à Covid-19 a partir de amanhã. A Well's anunciou, esta quarta-feira, que vai vender, a partir de amanhã, dia 1 de abril, testes rápidos de antigénio da marca Roche Diagnósticos. Os autotestes vão estar disponíveis nas lojas da Well's de Norte a Sul do país e cada um custará 6,99 euros.

15h31 - Estádio de São Petersburgo aponta para 50% de adeptos no Euro2020. Os jogos do Euro2020 no Gazprom Arena, em São Petersburgo, estão autorizados a receber 50 por cento da capacidade do recinto, que é de 68.000 lugares, informou hoje o comité organizador local russo.

15h20 - Vacinação em Portugal: 12% já têm a primeira dose e 5% já estão imunizados. Relatório sobre a evolução da vacinação contra a Covid-19 no país indica que 1.196.971 já receberam a primeira dose e que, destes, 494.521 já se encontram imunizados.

Lisboa e Vale do Tejo (LVT) foi a região que mais doses de vacinas administrou  na última semana, sendo que foram dadas mais 95.190 vacinas contra o novo coronavírus, aumentando o total para 536.868. Ou seja, 10% da população residente nesta região conta com a primeira dose e 4% já completou o ciclo vacinal. 

15h13 - Sinopharm e Sinovac. Vacinas chinesas são "eficazes", diz OMS. Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou, esta quarta-feira, que as vacinas chinesas Sinopharm e Sinovac são "eficazes" contra a Covid-19. O Grupo Estratégico de Aconselhamento considerou que os referidos fabricantes de vacinas apresentaram dados que indicam níveis de eficácia compatíveis com os exigidos.

15h09 - Task force da vacinação identifica 40 mil pessoas isoladas ou acamadas. O coordenador da task force do plano de vacinação contra a Covid-19 revelou hoje que estão identificadas aproximadamente 40 mil pessoas em situação de isolamento ou impossibilitadas de se deslocarem sozinhas para se vacinarem.

15h00 - Leiria prepara desconfinamento cultural intenso a partir de abril. Artistas e estruturas culturais de Leiria estão a preparar o regresso à atividade com vários espetáculos e eventos dedicados ao teatro, cinema, música e outras artes.

"Neste momento de antecipação da abertura dos espaços culturais e salas de espetáculos, assumimos a necessidade de, em primeiro lugar, promover o reagendamento dos espetáculos adiados por causa do confinamento e, em segundo lugar, acolher as produções locais e nacionais que promovam Leiria como região cultural", afirma a vereadora da Cultura, Anabela Graça, em nota divulgada pelo município.

Recorde aqui os principais desenvolvimentos ocorridos durante a manhã e início de tarde desta quarta-feira sobre a pandemia em Portugal e no resto do mundo. 

Recomendados para si

;
Campo obrigatório