Meteorologia

  • 16 ABRIL 2021
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

AO MINUTO: 862 mil pessoas vacinadas em Portugal; 20 mil casos em França

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO: 862 mil pessoas vacinadas em Portugal; 20 mil casos em França

Os números diários da pandemia em Portugal continuam a registar um decréscimo, aliviando a pressão nas unidades de saúde, quer em enfermaria, quer em cuidados intensivos. De acordo com o último boletim da DGS, Portugal registou no sábado mais 33 óbitos e 1.071 novos infetados com Covid-19.

Com estes dados, sobe para 16.276 o número de vítimas mortais e para 803.844 o total de casos desde o início da pandemia no país.

A Food and Drug Administration aprovou, no sábado, o uso de emergência da vacina desenvolvida pela Janssen, a farmacêutica que é detida pela Johnson & Johnson. Esta vai ser a terceira vacina a ser distribuída nos Estados Unidos e a primeira que é unidose.

Joe Biden saudou a boa notícia, mas pediu que se mantenham os esforços para combater esta pandemia sem precedentes: "Não podemos baixar a guarda ou dar como certo que a vitória é inevitável".

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h04 - Boa noite! Este registo termina por aqui, mas o acompanhamento será retomado na manhã de segunda-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes.

Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h51 - O coordenador da Covid-19 da Casa Branca, Jeff Zients, anunciou que o stock completo das vacinas da Johnson & Johnson vai começar a ser enviado já este domingo para os estados norte-americanos. As inoculações com a vacina unidose vão começar na terça-feira, adianta a Associated Press.

A Johnson & Johnson vai entregar 16 milhões de doses da vacina até ao final de março.

22h45 - A polícia dispersou uma multidão de cerca de 250 pessoas que se juntaram para uma "luta organizada" em County Tyrone, na Irlanda do Norte.

O responsável da polícia Barney O'Connor afirmou à BBC que o evento representou uma "violação clara" das medidas restritivas em vigor. As autoridades vão investigar este caso.

22h20 - O Brasil registou, nas últimas 24 horas, 34.027 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e 721 mortes relacionadas com a doença, de acordo com a atualização feita este domingo. No total, desde o início da pandemia, o Brasil acumula mais de 10,5 milhões de infeções e 254.942 mortes.

20h54 - Portugal já administrou 861.922 vacinas contra a Covid-19, sendo que 596.812 têm a primeira dose e 265.110 já completaram a vacinação, revelou este domingo o Governo.

20h51 - A Madeira registou hoje 48 novos casos de Covid-19, 78 recuperações e 127 situações suspeitas, indicou a Direção Regional de Saúde, referindo que o total de infeções ativas no arquipélago é agora de 1.266.

20h41 - São Tomé e Príncipe registou nas últimas 48 horas mais um óbito por Covid-19 e 41 novas infeções, aumentando para 29 o número de mortes e 1.786 o total de pessoas infetadas, indicou o Ministério da Saúde.

20h33 - Moçambique registou mais 11 mortos por Covid-19 e 578 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim de atualização diária sobre a pandemia do Ministério da Saúde.

20h25 - A França conseguiu que a Alemanha faça algumas concessões para os seus trabalhadores transfronteiriços que poderiam ver a sua vida dificultada com o novo regime de restrições nas fronteiras que vigora a partir de terça-feira.

19h57 - As autoridades sanitárias cabo-verdianas diagnosticaram mais 76 infetados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando para 15.400 os casos acumulados desde 19 de março, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde.

19h52 - As autoridades de saúde francesas anunciaram este domingo que foram diagnosticados 19.952 novos casos de Covid-19 e morreram 122 pessoas nas últimas 24 horas.

Em termos globais, França contabiliza nesta altura 3.755.968 casos confirmados e 86.454 vítimas mortais.

19h21 - Angola registou, nas últimas 24 horas, mais 25 casos de Covid-19, dois óbitos e sete recuperações, informaram hoje as autoridades sanitárias através do boletim epidemiológico da Direção Nacional de Saúde Pública.

18h44 - O principal especialista em doenças infeciosas dos Estados Unidos, Anthony Fauci, encorajou os norte-americanos a serem inoculados com a vacina da Johnson & Johnson, cujo uso de emergência foi aprovado este sábado pela Food and Drug Administration (FDA). Esta é a terceira vacina a ser autorizada nos Estados Unidos.

"As três [vacinas] são muito boas, e as pessoas deviam ser vacinadas com a que está mais disponível para elas", sublinhou em declarações à NBC, acrescentando que tomaria a vacina unidose da Johnson & Johnson.

17h52 - A variante do SARS-CoV-2, inicialmente descoberta em Manaus, no Brasil, já foi identificada no Reino Unido. Em causa estão três casos diagnosticados em South Gloucestershire, Inglaterra, e outros três na Escócia.

17h39 - A vacina da Johnson & Johnson pode ser aprovada para ser usada na União Europeia no início de março, admitiu este domingo a ministra da Indústria francesa, Agnès Pannier-Runacher.

A governante francesa disse à estação televisiva France 3 que a Agência Europeia do Medicamento (EMA) também está a avaliar a informação transmitida pela farmacêutica Janssen, que é detida pela Johnson & Johnson.

Se for aprovada no início de março, a vacina da Johnson & Johnson poderá começar a ser distribuída no final desse mês ou no início de abril.

16h30 - A Guiné-Bissau registou mais 15 casos de infeção pelo novo coronavírus, para um total acumulado de 3.262, segundo os dados hoje divulgados pelo Alto Comissariado para a Covid-19.

16h22 - O Reino Unido registou este domingo uma descida no número de novos contágios e no número de óbitos. Foram reportados 6.035 novos casos (ontem foram 7.434) e 144 mortes (ontem foram 290). No total, o Reino Unido acumula 4.176.554 infeções e 122.849 óbitos.

O Reino Unido alcançou este domingo a marca das 20 milhões de pessoas a quem já foi administrada a primeira dose das vacinas contra a Covid-19.

16h20 - Nas últimas 24 horas, Itália diagnosticou mais 17.455 infetados com o novo coronavírus e 192 mortes associadas à doença, de acordo com a atualização feita pela proteção civil italiana este domingo. O país totaliza, desde o início da pandemia, mais de 2,9 milhões de casos e quase 98 mil mortes relacionadas com a Covid-19.

16h06 - A partir de amanhã, os munícipes de Lisboa que tenham 80 ou mais anos ou mais de 50 anos com patologias e dificuldades de mobilidade ou deslocação poderão deslocar-se gratuitamente de táxi até aos locais de vacinação, informa a Câmara de Lisboa.

15h58 - Israel vai vacinar dezenas de milhares de palestinianos que têm autorização para trabalhar em território israelita ou nas colónias na Cisjordânia ocupada, confirmaram hoje autoridades israelitas.

15h29 - 20 milhões de pessoas já foram vacinadas no Reino Unido. O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, salientou o progresso da vacinação no Reino Unido e elogiou o trabalho "incansável" dos profissionais de saúde do NHS, dos voluntários e das forças armadas.

14h15 - O primeiro-ministro agradeceu, este domingo, ao governo da Madeira por ter acolhidos doentes infetados com Covid-19 do Continente, numa altura em que as unidades de saúde estavam sobrelotadas. Na rede social Twitter, António Costa revelou que regressam a Portugal Continental, "com alta, os últimos doentes Covid-19 transferidos para a Madeira, onde estiveram um mês, no Hospital Dr. Nélio Mendonça".

14h05 - Portugal regista, este domingo, mais 41 mortes e 718 casos de Covid-19.

14h00 - A Plataforma Cívica Convergência pela Cultura propõe que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) consigne um montante de 280 milhões de euros para as indústrias culturais e criativas e que estas sejam incluídas como setor estratégico transversal.

13h44 - Os ministros da Justiça e da Administração Interna da Jordânia foram hoje forçados à demissão por terem violado as regras sanitárias em vigor para combater a epidemia de covid-19 no país.

13h29 - Irão começou ensaios clínicos da segunda vacina: O Irão começou hoje os ensaios clínicos da vacina contra a covid-19 de fabrico local Razi Cov Pars, a segunda a ser testada na população do país.

13h21 - Atualização nos Açores: A freguesia de Rabo de Peixe foi responsável nas últimas 24 horas por 17 dos 19 casos de contágio pelo vírus SARS-CoV-2 nos Açores, subindo os ativos para 66, segundo o boletim diário da Autoridade de Saúde.

13h19 - UE estima alcançar normalidade nas vacinas dentro de duas a três semanas: A União Europeia (UE) estima que dentro de duas a três semanas" "tudo vai funcionar normalmente" na produção e distribuição de vacinas contra a covid-19 nos estados-membros, segundo a comissária da Coesão e Reformas, Elisa Ferreira.

12h54 - França reage a classificação de zona de alto risco pela Alemanha: A Alemanha classificou hoje como zona de alto risco Moselle, um dos departamentos franceses mais atingidos pela pandemia de covid-19, anunciou o secretário de Estado francês dos assuntos Europeus, pedindo a Berlim que evite controlos equivalentes ao encerramento da fronteira.

12h20 - A pandemia do novo coronavírus matou pelo menos 2.526.075 pessoas em todo o mundo, desde que a Organização Mundial de Saúde registou o inicio da doença no final de dezembro de 2019, segundo informação recolhida hoje pela agência AFP.

11h54 - Ricardo Baptista Leite partilhou uma situação insólita que encontrou num estendal. Siga o conselho do deputado do PSD

11h43 - O Irão, país mais afetado pela pandemia da covid-19 no Médio Oriente, ultrapassou oficialmente os 60.000 óbitos, anunciou hoje o porta-voz do Ministério da Saúde.

11h37 - O embaixador do Vaticano em Bagdad, o núncio apostólico Metja Leskovar, testou positivo para covid-19 a uma semana da visita do Papa Francisco ao Iraque, mas o programa da viagem não será alterado, disseram hoje fontes da nunciatura.

11h10 - O primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, foi vacinado no domingo com a vacina chinesa Sinopharm, que não tem a autorização da União Europeia (UE).

11h00 - Os países da União Europeia devem alterar as campanhas de vacinação para alcançarem o objetivo comunitário de imunizar 70% dos europeus no final do verão, defende o presidente do Parlamento Europeu, para quem se trata de um "grande plano".

10h40 - Os estados alemães de Baden-Wuerttemberg, Baviera e Saxónia solicitaram no domingo uma mudança na estratégia de vacinação para que doses da vacina de AstraZeneca sejam imediatamente utilizadas administradas nos jovens.

09h44 - Combate à pandemia trocou as contas às autarquias: O combate à pandemia pelos municípios, com apoios sociais e a empresas, deve refletir-se negativamente nas contas municipais depois de anos de superavit, devido à quebra das receitas e sobretudo ao aumento extraordinário das despesas, alertaram diversas entidades.

09h31 - Centros de saúde do Oeste Norte preparados para aumentar vacinação: A diretora do Aces Oeste-Norte defendeu que os centros de saúde terão capacidade de resposta ao aumento da vacinação contra a covid-19 e alertou para eventuais dificuldades de ligação ao sistema informático do SNS em postos fora desta rede.

09h29 - Aces Oeste-Norte com mais de 600 mil consultas: O rastreio e vigilância de casos suspeitos e doentes com covid-19 e a prestação de cuidados nas áreas respiratórias intensificaram o trabalho nos Centros de Saúde do Oeste, onde apesar da pandemia, se ultrapassaram as 600 mil consultas.

09h27 - Hospitais de Coimbra tiveram de "reinventar" os limites do SNS: O Hospital Geral (Covões), em Coimbra, não foi suficiente para acolher todos os doentes da covid-19 nesta terceira vaga, obrigando o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) a abrir enfermarias noutros polos.

09h25 - Planeamento, liderança e profissionais evitaram caos no São João: O planeamento, a liderança e os executores evitaram o caos no Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ), na opinião da infecciologista Margarida Tavares, em vésperas de se completar um ano sobre o primeiro caso de covid-19 diagnosticado em Portugal.

09h22 - Menos 3.100 cirurgias nos IPO e menos doentes referenciados: Os três IPO realizaram em 2020 passado menos 3.100 cirurgias oncológicas do que no ano anterior e houve menos 2.380 doentes referenciados para estes institutos pelos centros de saúde.

09h19 - SNS perdeu quase mil médicos em 2020: A pandemia de covid-19 foi um teste ao Serviço Nacional de Saúde (SNS), que já tinha escassez de meios humanos e que, mesmo com as novas contratações, acabou o ano 2020 com quase menos mil médicos do que começou.

09h18 - Resposta foi "francamente má": O presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares (APAH), Alexandre Lourenço, afirmou que a resposta à pandemia em Portugal foi "francamente má" e que terá de ser repensado o modelo de organização do sistema de saúde.

09h16 - Um ano de Covid-19 nos hospitais portugueses: No ano em que a pandemia chegou a Portugal, houve menos 151 mil cirurgias e menos 1,3 milhões de consultas nos hospitais públicos e nos centros de saúde foram as não presenciais que equilibraram a balança.

09h14 - Despesa do SNS com a pandemia ultrapassou os 900 milhões: A despesa paga pelas entidades do Ministério da Saúde com a pandemia de covid-19 no ano passado ultrapassou os 900 milhões de euros.

09h12 - Estado deve investir a sério no capital humano: A Ordem dos Médicos (OM) defende que o Estado deve "investir a sério" no Serviço Nacional de Saúde a dois níveis: no capital humano e na capacidade de resposta do SNS a desafios atuais e futuros.

09h09 - Medidas excecionais para recrutar "deviam passar a estruturais": O presidente do Instituto Português de Oncologia de Lisboa defende que as medidas excecionais e temporárias tomadas na pandemia de covid-19 para contratar profissionais na saúde deviam passar a definitivas, para compensar o esvaziamento de meios humanos no setor.

09h06 - Pandemia põe médicos de família a fazer medicina de prioridades: Consultas telefónicas, receituário por 'e-mail', vigilância a doentes e sobrecarga de trabalho burocrático são as marcas da pandemia no Centro de Saúde das Caldas da Rainha, cujos médicos fazem medicina de prioridades e levam trabalho para casa.

09h05 - Saúde mental ficou ainda mais fragilizada: A saúde mental saiu a perder em todo o mundo devido à pandemia de covid-19, com estudos em vários países a refletirem o aumento dos índices de medo, ansiedade e depressão nas suas populações.

09h04 - Um ano de Covid-19 na política: A política portuguesa adaptou-se à anormalidade dos tempos de pandemia, viveu curtas tréguas em 2020, mas o estado de emergência não impediu as presidenciais no calendário habitual, com campanha 'on-line' e quase sem povo na rua.

08h58 - Ministros vão debater criação de certificado de vacinação: Os ministros do Turismo da Europa debatem na segunda-feira os planos para a harmonização de regras para as viagens, nomeadamente através do uso de um certificado de vacinação, adiantou a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, à Lusa.

08h55 - GNR identifica 58 pessoas: Guarda Nacional Republicana (GNR) de Setúbal apreendeu, no sábado, cerca de duas toneladas de amêijoa-japonesa e diverso material contrafeito, nas localidades de Samouco e Alcochete. A força militar identificou ainda 58 pessoas por violação das medidas COVID-19.

08h37 - Aterrou voo vindo do Brasil: O voo de repatriamento do Brasil aterrou, ao início da manhã deste domingo, pelas 08h12, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, revela a TVI24.

07h25 - Voo de repatriamento do Brasil chega hoje: Cerca de 300 passageiros chegam hoje a Portugal oriundos do Brasil, num voo humanitário de repatriamento operado pela companhia portuguesa aérea TAP, dos quais cerca de um terço em situação considerada prioritária.

Segundo a secretária de Estado das Comunidades Portuguesa, Berta Nunes, cerca de 100 pessoas "têm necessidade de regressar por razões de saúde, problemas familiares ou financeiros".

07h20 - Programa de apoio às empresas vai ser reforçado: O programa Apoiar, destinado a empresas afetadas pela pandemia de covid-19, vai ser reforçado e alargado a novas situações, anunciou o ministro de Estado e da Economia, Siza Vieira, indicando que as medidas serão anunciadas na próxima semana.

07h15 - Biden saúda nova vacina: O presidente norte-americano, Joe Biden, saudou no sábado a aprovação no país de uma terceira vacina contra a covid-19, a da Johnson and Johnson, mas pediu que não se baixe a guarda contra a pandemia, que já provocou mais de 500.000 mortos nos Estados Unidos.

"Esta é uma ótima notícia para todos os americanos e um passo encorajador nos nossos esforços para acabar com a crise", disse Biden, em comunicado, acrescentando: "Mas não podemos baixar a guarda ou dar como certo que a vitória é inevitável".

07h10: Atualização na Alemanha: Alemanha registou, nas últimas 24 horas, mais 175 mortes e 7.890 infetados. Com estes dados, o país germânico acaba de ultrapassar as 70 mil mortes por Covid-19 (70.045) e tem agora um total de 2.442.336 infetados, desde que a pandemia teve início.

07h08 - Tecnológicas adaptam-se e criam soluções para combater a pandemia: Óleo alimentar usado transformado em desinfetante, esterilização com recurso a ultravioletas ou terapia fotodinâmica para eliminar o coronavírus numa fase precoce são alguns dos projetos de empresas incubadas no Instituto Pedro Nunes, em Coimbra, para responder à pandemia.

07h05: Enquanto dormia:

  • Atualização na China: A Comissão de Saúde da China anunciou hoje ter diagnosticado seis casos de covid-19 nas últimas 24 horas, todos importados.
  • Atualização no México: O México registou 783 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, acumulando agora 185.257 óbitos desde o início da pandemia, disseram no sábado as autoridades mexicanas.

07h00 - Bom dia, começamos hoje um novo registo. Pode rever as anteriores atualizações aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório