Meteorologia

  • 26 NOVEMBRO 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 15º

Edição

AO MINUTO: Mais 27 mortos e 2.447 infetados; "Mais poder" para a OMS

A pandemia de coronavírus já infetou 43 milhões de pessoas no mundo. 1,1 milhões de pessoas morreram e cerca de 32 milhões recuperaram do SARS-CoV-2. Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Mais 27 mortos e 2.447 infetados; "Mais poder" para a OMS

O boletim epidemiológico divulgado esta segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS) deu conta de 2.447 novos casos de coronavírus e 27 mortes nas últimas 24 horas. Portugal totaliza nesta altura 121.133 contágios e 2.343 vítimas mortais. O número acumulado de recuperados é de quase 70 mil. Atualmente, há 48.834 casos ativos

Os internamentos continuam a tendência ascendente. 1.672 pessoas estão hospitalizadas com a Covid-19 (um número máximo) e 240 (o segundo valor mais elevado desde o início da pandemia) encontram-se nas unidades de cuidados intensivos

De salientar ainda que este domingo foi confirmada a terceira morte na faixa etária entre os 20 e os 29 anos

Esta segunda-feira, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai prosseguir as audiências no âmbito da pandemia de Covid-19. Vai receber no Palácio de Belém os ex-ministros da Saúde Luís Filipe Pereira, Ana Jorge e Fernando Leal da Costa. 

Entretanto, no seu primeiro discurso político no parlamento japonês desde que tomou posse, Suga Yoshihide, o primeiro-ministro nipónico, mostrou a sua determinação na realização dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos no verão do próximo ano, "como prova de que a humanidade derrotou o vírus"

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo

15h35 - Termina aqui este registo AO MINUTO. Pode continuar a acompanhar as últimas notícias sobre a pandemia de Covid-19 no novo registo. Boa tarde! 

15h23 - Pode acompanhar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo

15h10 - Já começou a conferência de imprensa da Direção-Geral de Saúde desta segunda-feira, na qual marca presença Graça Freitas, a diretora-geral da Saúde. Pode acompanhá-la aqui. 

15h00 - Médicos franceses alertaram hoje que o seu país "perdeu o controlo da epidemia" de Covid-19, um dia depois das autoridades de saúde terem relatado 52.000 novos casos, enquanto as nações europeias aumentam restrições para reduzir contágios.

14h40 - A pandemia do novo coronavírus revolucionou a economia e os hábitos de vida de muita gente, o que levou, por exemplo, a uma maior utilização de pagamentos eletrónicos. Esta alteração pode acelerar os planos do Banco Central Europeu (BCE) no sentido de lançar a sua própria moeda digital, escreve o El País.

14h38 - Portugal regista hoje mais 27 mortos e 2.447 infetados com Covid-19. 

14h33 - Os Açores registaram nas últimas 24 horas dois novos casos de Covid-19, ambos na ilha de São Miguel, ficando agora com um total de 70 positivos ativos

14h30 - A pandemia do novo coronavírus já causou pelo menos 1.155.301 mortos e mais de 43.080.500 infetados em todo o mundo desde que a doença foi conhecida em dezembro na China.

14h24 - Cerca de metade dos docentes do Ensino Superior apresenta fadiga elevada e exaustão durante a pandemia de Covid-19, concluiu um estudo realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto hoje divulgado.

14h02 - Ministra da Saúde apelou, na sessão de encerramento da 8.ª Edição da Conferência de VALOR APAH, que decorreu ontem, à “importância da partilha de informação e da união de esforços para a melhoria da gestão de recursos, para que, juntos, consigamos encontrar a melhor forma de vencermos aquele que será, porventura, um dos maiores desafios da nossa era”.

13h33 - O Papa Francisco está a ser criticado por raramente usar máscara quando se encontra com pessoas, mesmo quando isso acontece em espaços fechados, como dá conta o The Guardian. Para os críticos o Papa não só devia dar o exemplo, como também devia proteger mais a sua saúde. 

13h22 - A Organização Mundial de Saúde (OMS) deve ser alvo de uma reforma substancial que leve ao reforço do seu poder internacional na sequência da pandemia de Covid-19, defendeu hoje a ministra da Saúde, Marta Temido. 

"A Covid-19 pôs o mundo em teste, agora é altura de avançar para uma reforma substancial da OMS e os aspetos financeiros e políticos são importantes. É tempo de a OMS ganhar mais poder e tornar-se numa organização que responda às necessidades de um mundo global, mas isso depende de todos os países", disse a governante, na participação por videoconferência na palestra 'Reforçar o papel da União Europeia na saúde global', na Cimeira Mundial de Saúde, que está a decorrer em Berlim.

13h20 - A Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2, hoje publicada, determina que em situações de surto em escolas, lares ou outras instituições devem ser utilizados preferencialmente testes rápidos no sentido de aplicar "rapidamente as medidas adequadas de saúde pública"

13h17 - A Bélgica está prestes a ultrapassar a barreira dos 1.000 pacientes de Covid-19 nos cuidados intensivos e poderá chegar ao limite máximo de 2.000 dentro de duas semanas, anunciaram hoje as autoridades de saúde. 

Segundo os dados divulgados, a Bélgica registou hoje uma média de 12.491 casos nos últimos sete dias, para um total de 321.031 desde o início da pandemia, e um total de 757 pacientes de Covid-19 internados nos cuidados intensivos.

13h13 - O governo norte-americano cancelou um plano para distribuir de forma prioritária a vacina para o coronavírus a quem trabalha como Pai Natal na época festiva, mas também a quem trabalha como Mãe Natal e como elfo. Em troca os Pais Natal deviam promover a vacina publicamente. 

13h06 - A Câmara Municipal de Seia decidiu alargar o horário de funcionamento dos cemitérios até ao dia 1 de novembro face ao previsível aumento da afluência a estes espaços naquela data. 

12h25 - Um utente do lar da Misericórdia de Vila Viçosa (Évora) infetado com o vírus que provoca a Covid-19 morreu no domingo, aumentando para dois o número de vítimas mortais neste surto, disse hoje fonte da instituição. A vítima foi um homem "com mais de 90 anos, que estava muito debilitado".

O total de infetados relacionados com este surto é de pelo menos "92 pessoas", incluindo 46 utentes e 10 funcionários de valências da Santa Casa da Misericórdia, sendo os restantes habitantes da comunidade, de acordo com dados disponibilizados hoje à Lusa pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo.

11h58 - A ministra do Turismo croata, Nikolina Brnjac, testou positivo para o coronavírus, de acordo com a Associated Press. A confirmação de que a ministra está infetada surgiu depois de um encontro do executivo croata este sábado. O governo anunciou esta segunda-feira que o primeiro-ministro, Andrej Plenkovic, testou negativo. No entanto, dois ministros que se sentaram junto de Brnjac foram aconselhados a ficarem em isolamento profilático

11h20 - O Governo continua a apelar através das redes sociais à adoção de comportamentos por parte dos portugueses que ajudem a controlar a pandemia. O uso de máscara, o distanciamento social, a desinfeção das mãos, a etiqueta respiratória e a instalação da aplicação StayAway Covid são as cinco regras essenciais, de acordo com o Governo. 

11h15 - As autoridades de Macau impuseram hoje uma quarentena obrigatória de 14 dias aos residentes do território que tenham estado no distrito de Kashgar, em Xinjiang, província chinesa no noroeste do país. 

As autoridades de Kashgar confirmaram a existência de 137 casos assintomáticos da doença causada pelo novo coronavírus, relacionados com uma adolescente infetada, e também sem sintomas, detetada no sábado, durante um exame de rotina.

11h13 - 20 utentes e nove funcionárias recuperaram da infeção pelo novo coronavírus no Lar Nossa Senhora do Pranto, em Salto, Montalegre, onde se tenta retomar a normalidade com o regresso dos alunos à escola, das missas e feiras. 

11h10 - A AstraZeneca revelou esta segunda-feira que a vacina que está a desenvolver em colaboração com a Universidade de Oxford produz uma resposta imunitária semelhante entre adultos mais novos e mais velhos, avança a Reuters. A farmacêutica britânica acrescentou ainda que as respostas adversas à vacina, para já denominada como AZD1222, são menores entre os mais idosos. 

10h45 - África registou nas últimas 24 horas mais 117 mortos devido à Covid-19, num total de 41.262 óbitos, e o número de infetados subiu para 1.716.864, segundo os dados mais recentes da pandemia no continente.

10h25 - A chanceler Angela Merkel avisou a Alemanha de que os próximos meses vão ser "muito difíceis", já que o número de infeções por Covid-19 continua a crescer diariamente. 

"Isto não pode continuar assim", considerou, referindo que os contágios deverão continuar a aumentar fortemente e que, pelo menos até fevereiro, será necessário renunciar a eventos de grandes dimensões, mesmo em espaços exteriores.

10h21 - Com a situação epidemiológica a agravar-se por toda a Europa, muitos países estão a impor o recolher obrigatório como forma de travar a rápida propagação do coronavírus. Em Portugal isso ainda não aconteceu, mas este sábado António Costa não afastou essa possibilidade, ao referir que não podemos "excluir qualquer tipo de medida"

9h26 - A Rússia registou 17.347 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, um novo recorde diário de casos desde o início da pandemia, informaram as autoridades. O país totaliza 1.531.224 de casos. Os óbitos por Covid-19 registados durante as últimas 24 horas na Rússia ascenderam a 219, o que perfaz um total de 26.269 mortes causadas por esta doença, de acordo com as estatísticas oficiais.

9h18 - O estado de Vitória, epicentro da segunda vaga de Covid-19 na Austrália, anunciou hoje o levantamento do confinamento a partir de terça-feira, depois de não ter registado quaisquer novos casos nas últimas 24 horas. 

"Podemos dizer que agora é o momento de abrirmos", disse o chefe de governo de Vitória, Daniel Andrews, visivelmente emocionado, numa conferência de imprensa em Melbourne, recordando que a última vez que o estado registou zero infeções foi em 9 de junho.

9h16 - A menos de 10 dias da eleição que vai decidir o futuro dos Estados Unidos, a comunidade luso-americana do vale central da Califórnia destaca a pandemia e a economia como duas das maiores preocupações

9h11 - A Índia registou 480 mortos e 45.148 infetados com Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde indiano. Desde que a pandemia chegou ao país, a Índia diagnosticou mais de 7,9 milhões de infeções (7.909.959), que provocaram 119.014 mortes.

9h09 - O México registou 181 mortos e 4.360 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas. O número total de óbitos subiu para 88.924 e o de contágios para 891.160 desde o início da pandemia. As autoridades adiantaram que 650.355 pacientes já foram dados como recuperados.

8h51 - A Argentina registou 284 mortes provocadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, além de 9.253 infeções, disseram, no domingo, as autoridades de Saúde. Desde o início da pandemia, o país contabilizou 1.090.589 casos confirmados de Covid-19 e 28.896 vítimas fatais da doença. A Argentina é o sexto país com mais infeções a nível mundial. 

8h34 - O estado australiano de Vitória, foco da segunda vaga da pandemia de Covid-19 no país nos últimos meses, não registou novos casos nas últimas 24 horas, anunciaram hoje as autoridades.

8h19 - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou domingo que o Instituto Venezuelano de Investigações Científicas (IVIC) testou com sucesso uma molécula, a DR10, que "anula 100%" o novo coronavírus.

Nicolás Maduro disse que o "estudo foi certificado, com todos os testes necessários" e nos próximos dias a Venezuela "procederá (...) através da Organização Mundial de Saúde, para ratificar (homologar) os resultados obtidos".

8h04 - A Comissão de Saúde da China anunciou hoje terem sido identificados 20 casos de Covid-19, nas últimas 24 horas, todos oriundos do exterior

8h02 - O Instituto Robert Koch anunciou esta segunda-feira que foram identificados 8.685 novos casos de coronavírus e 24 mortes desde ontem. Nos últimos oito dias as autoridades de saúde alemãs reportaram mais de 70 mil casos de contágio.

Em termos acumulados, o país contabiliza 437.866 casos confirmados e 10.056 óbitos

7h58 - Os Estados Unidos registaram 464 mortos devido à Covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com a contagem independente da Universidade Johns Hopkins. Com este balanço, o país atingiu os 225.215 óbitos, com mais de 8,6 milhões de casos confirmados desde o início da pandemia, depois de terem sido identificados 64.549 contágios nas últimas 24 horas.

O país está a enfrentar a sua terceira vaga que está a ser pior que as duas primeiras. Segundo a revista Times, até ao dia 24 de outubro verificou-se uma média semanal de 23.0 infeções por 100 mil habitantes, superior às 20.5 registadas a 19 de julho

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório