Meteorologia

  • 26 NOVEMBRO 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 15º

Edição

AO MINUTO: "Situação é grave", diz ministra; 15.726 novos casos no Brasil

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: "Situação é grave", diz ministra; 15.726 novos casos no Brasil

Portugal registou, pelo sexto dia consecutivo, mais de dois mil casos de infeção pelo novo coronavírus. Esta segunda-feira, os dados divulgados pela Direção-Geral da Saúde dão conta de mais que 2.447 contágios e 27 mortes nas últimas horas

Com esta atualização, o total acumulado de casos confirmados no país sobe para  121.133 e o de vítimas mortais para 2.343.

O número de pessoas hospitalizadas devido ao novo coronavírus mantém a tendência crescente, sendo que neste momento há 1.672 pessoas hospitalizadas (o maior número desde o início da pandemia), das quais 240 em unidades de cuidados intensivos (o segundo valor mais elevado de sempre).

O aumento da pressão hospitalar é um dos indicadores que mais preocupa as autoridades.

A Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2, hoje publicada, determina que em situações de surto em escolas, lares ou outras instituições devem ser utilizados preferencialmente testes rápidos no sentido de aplicar "rapidamente as medidas adequadas de saúde pública".

Esta segunda-feira, a AstraZeneca revelou que a vacina que está a desenvolver em colaboração com a Universidade de Oxford produz uma resposta imunitária semelhante entre adultos mais novos e mais velhos.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 - Este registo chegou ao fim, mas será retomado um novo na manhã de terça-feira.  Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h48 - Sócios-gerentes recebem apoios retroativos dia 5 de novembro. Os sócios-gerentes que pediram em setembro os apoios retroativos relacionados com a pandemia de Covid-19 vão recebê-los no dia 05 de novembro, disse hoje o secretário de Estado da Segurança Social, Gabriel Bastos.

23h40 - Surto em Vila Flor atinge Cuidados Continuados e Câmara Municipal. Um surto de infeção pelo novo coronavírus em Vila Flor, no distrito de Bragança, contabiliza quase meia centena de casos, a maior parte dos quais na Unidade de Cuidados Continuados e na Câmara Municipal.

23h35 - "Não pode ser um juiz a decidir se você vai ou não tomar a vacina". A afirmação foi proferida esta segunda-feira pelo presidente brasileiro, que já disse várias vezes ser contra a vacinação obrigatória.

"Hoje vou estar com o ministro [Eduardo] Pazuello, da Saúde, para tratar desse assunto, porque temos uma jornada pela frente, onde parece que foi judicializada essa questão. E eu entendo que isso não é uma questão de Justiça, isso é uma questão de saúde acima de tudo. Não pode um juiz decidir se você vai ou não tomar vacina. Não existe isso", disse Bolsonaro, citado pela G1, referindo-se à afirmação do presidente do Supremo Tribunal Federal, que indicou que haverá "judicialização" dos critérios a serem adotados para a futura vacinação.

23h25 - Santo António com 93,3% de enfermaria cheia. Intensivos nos 72,7%. O Hospital de Santo António regista hoje uma taxa de ocupação de camas dedicadas à Covid-19 de 93,3% em enfermaria e 72,7% em cuidados intensivos, de acordo com a atualização de dados daquela unidade hospitalar do Porto.

23h20 - Portugal já fez 3,2 milhões de testes e app soma 2,4 milhões de downloads. Portugal efetuou mais de 3,2 milhões de testes de diagnóstico à Covid-19 e a aplicação móvel de rastreio de contactos 'StayAway Covid' já teve mais de 2,4 milhões de 'downloads', anunciou hoje a ministra da Saúde.

23h11 - Protestos contra medidas de restrição continuam em Itália, com episódios de violência a serem reportados em Milan e Turim. Áreas danificadas e janelas de lojas partidas são alguns dos estragos visíveis. A polícia usou gás lacrimogéneo contra os manifestantes para dispersá-los, reporta o Corriere della Sera.

O presidente do Governo da Itália, Giuseppe Conte, decidiu tomar medidas mais restritivas a partir desta segunda-feira, como o encerramento de bares e restaurantes às 18 horas e algumas atividades, como teatros e cinemas.

Notícias ao Minuto© Getty ImagesNotícias ao Minuto© Getty Images

22h56 - "A situação de Portugal é complexa e grave". Durante a conferência de imprensa de hoje sobre a capacidade de resposta do SNS à pandemia da Covid-19, Marta Temido sublinhou que "a situação de Portugal é complexa e grave" e alertou, que "nenhum investimento que o Governo possa fazer, ultrapassa a necessidade de cada um responder o melhor possível com aquilo que está nas suas mãos" e apelou que todos os cidadãos cumpram o "seu papel" com responsabilidade.

"Trata-se de responsabilidades partilhadas e o SNS pede ajuda de todos para fazer melhor o seu papel", concluiu.

22h54 - Brasil notifica 15.726 novos casos de Covid-19. O Brasil totaliza hoje 5.409.854 casos de infeção pelo novo coronavírus, após contabilizar 15.726 novos casos no último dia, anunciou o Ministério brasileiro da Saúde. Em termos de vítimas mortais, há a lamentar 157.397, um aumento de 263 face a ontem. 

22h35 -  Ilhas Canárias vão exigir um teste negativo aos turistas em alojamentos regulados. A legislação nas Ilhas Canárias vai ser alterada para que nenhum turista seja admitido num hotel, apartamento ou casa de férias sem ter feito um teste com resultado negativo à Covid-19, informaram hoje as autoridades locais.

22h30 - Na Bélgica, é pedido a médicos que trabalhem apesar de estarem infetados. Foi solicitado aos médicos da cidade de Liège que continuassem a trabalhar, apesar de terem testado positivo ao novo coronavírus, de forma a fazer face ao aumento de hospitalizações.

O chefe da Associação Belga de Sindicatos Médicos, Philippe Devos, admitiu, em declarações à BBC, que existe risco de transmissão do vírus, mas disse que esta era a única opção para evitar o colapso do sistema hospitalar em poucos dias.

22h13 - Tem bilhete para espetáculo de 30 de Outubro a 3 de Novembro? Então pode circular entre concelhos. Foi publicado, esta segunda-feira, o diploma que dita as regras dos cinco dias de proibição de circulação entre concelhos. Entre as várias exceções, o documento prevê as deslocações "para assistir a espetáculos culturais, se a deslocação se realizar entre concelhos limítrofes ao da residência habitual ou na mesma Área Metropolitana e desde que munidos do respetivo bilhete", explica o diploma. Consulte aqui o documento e saiba quais as restantes exceções.

21h45 - Homem detido em Portalegre e 4 estabelecimentos encerrados. A PSP anunciou hoje que deteve um homem por violação do confinamento obrigatório a que estava sujeito devido à pandemia de Covid-19 em Portalegre e encerrou quatro estabelecimentos comerciais a laborar fora do horário de funcionamento.

21h33 - Marcelo assina decreto de luto nacional no dia 2 de novembro. O Presidente da República assinou hoje o decreto do Governo que declara luto nacional no dia 02 de novembro como forma de prestar homenagem aos falecidos, em especial às vítimas da Covid-19.

21h30 - País Basco espanhol decreta confinamento da região e dos municípios. O Governo regional do País Basco decidiu confinar esta comunidade autónoma espanhola, assim como todos os seus municípios, a partir das 06h00 de terça-feira, para lutar contra o aumento de casos da pandemia de Covid-19.

21h27 -  Madeira com 19 novos casos totaliza 144 ativos. A Madeira regista hoje 19 novos casos de Covid-19, todos importados, estando 21 outras situações em avaliação, totalizando 144 doentes ativos e um total de 400 confirmados, anunciou a autoridade regional de saúde.

20h33 - O Presidente Marcelo promulgou o diploma da Assembleia da República que prevê o uso obrigatório de máscara na rua. Se o diploma for publicado já está terça-feira em Diário da República, entra em vigor logo no dia seguinte, ou seja, às 00h00 de quarta-feira (28 de outubro) e manter-se-á em vigor até à primeira semana de 2021. Recorde-se que, coimas previstas para os incumpridores.

19h58 - Marta Temido admitiu ainda que o Serviço Nacional de Saúde está preparado para reencaminhar os utentes para os setores privados e sociais e para abranger eventuais novos concelhos por medidas mais restritivas.

19h55 - SNS tem 17.741 camas para doentes Covid-19. A partir de um gráfico apresentado por Marta Temido, durante a conferência de imprensa, é possível verificar que o SNS tem um total de 19.778 camas, 17.741 delas destinadas a doentes Covid-19 em hospitais gerais. Numa situação de pico, garantiu a ministra, o número de camas para doentes Covid-19 pode atingir as 18.077.

19h49 - Preveem-se "2654 internados e mais de 400 em UCI" a 4 de novembro.  Marta Temido anunciou esta segunda-feira que espera-se um número superior de internamentos em enfermaria e nos Cuidados Intensivos ao registado na primeira vaga.

"Projeta-se que no dia 28 de outubro seja ultrapassado o máximo de doentes hospitalizados" na primeira vaga, revelou Marta Temido, acrescentando que "no dia 4 de novembro preveem-se 2654 internados em enfermaria e mais de 400 nos Cuidados Intensivos".

19h47 - França com maior número diário de hospitalizações desde abril. Os hospitais franceses admitiram 1.307 pacientes com o novo coronavírus no último dia, indicam os dados divulgados pela autoridade de saúde pública do país. Este é o maior aumento diário desde o dia 2 de abril, em que foram 1.607, reporta a Reuters.

No último dia foram registados 26.771 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e 257 mortes.

19h29 - A ministra da Saúde fala ao país. Acompanhe aqui.

19h12 - Estados Unidos ainda estão na primeira vaga. Anthony Fauci, principal especialista norte-americano em doenças infecciosas, disse, esta segunda-feira, que os Estados Unidos ainda estão a viver a primeira onda do novo coronavírus, à medida que novos casos surgem em dezenas de estados.

"Olho para isto como um alongamento da primeira onda inicial", disse, em declarações ao Yahoo Finance.

19h06 - Europa é mais uma vez o epicentro da Covid, mas pode evitar confinamento. A Europa é novamente o epicentro global da pandemia da Covid-19, mas podem ser tomadas medidas para evitar recorrer outra vez ao confinamento, afirmaram hoje especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS).

19h00 - DGS admite pressão nas equipas de saúde pública, mas garante capacidade. A diretora-geral da Saúde disse hoje que as equipas de saúde pública estão "com uma grande pressão" devido ao "número muito elevado" de casos, mas têm capacidade para realizar a missão e, em caso de necessidade, podem deslocar-se recursos.

18h58 - Mais dois óbitos e 175 novos casos em Moçambique. O país contabilizou, nas últimas 24 horas, mais dois óbitos por Covid-19, elevando as mortes para 88, e 175 novos casos positivos, num total de 12.161, anunciou o Ministério da Saúde.

18h53 - Transferência de idosos infetados prevista para 4.ª feira. A transferência para um hospital de retaguarda dos utentes do lar da Misericórdia de Vila Viçosa infetados com o vírus que provoca a Covid-19 pode vir a ter lugar "na quarta-feira", admitiu hoje fonte da câmara.

18h52 - Número de infetados na Esquadra de Estremoz da PSP sobe para 10. O número de elementos da Esquadra de Estremoz da PSP, no distrito de Évora, infetados com Covid-19 subiu para 10 e outros 27 encontram-se em isolamento profilático, disse hoje à agência Lusa fonte policial.

18h32 - DGS revê norma sobre isolamento após contacto com infetados. A Direção-Geral da Saúde (DGS) está a rever a norma sobre o período de isolamento profilático, podendo a quarentena para as pessoas que estiveram próximas de infetados com o novo coronavírus deixar de ser 14 dias.

18h25 - Reino Unido contabiliza 20.890 novos casos de Covid-19 e mais 102 mortes. O Reino Unido contabilizou, esta segunda-feira, 20.890 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, elevando o total acumulado de casos para 894.690.

Desde o início da pandemia, há a lamentar 44.998 óbitos registados no período de 28 dias após as vítimas terem recebido um teste positivo.

18h22 - "Estamos com a situação perfeitamente controlada" em Portugal. Após o encontro com Marcelo Rebelo de Sousa, a antiga governante da pasta da Saúde, Ana Jorge, disse aos jornalistas que, na sua opinião, a pandemia "não está descontrolada" em Portugal.

"A situação a meu ver não está descontrolada, há um acompanhamento dos casos. Há que fazer reforço de alguns atendimentos, mas é a altura de reconhecer que se nós não tivéssemos um sistema de saúde público não tínhamos o controlo da situação que tivemos até agora (...). Portugal, do ponto de vista da pandemia, quando comparado com outros países, não tem uma situação descontrolada. Aliás, estamos com a situação perfeitamente controlada", vincou.

18h19 - Espanha com mais 52.188 casos e 279 mortes desde sexta-feira. O Ministério da Saúde espanhol somou 52.188 novos casos de infeção pelo novo coronavírus ao total acumulado, sendo agora o total de 1.098.320. Este valor é correspondente ao fim de semana, uma vez que ao sábado e domingo não há atualização dos dados. 

Já ao total de óbitos foram somadas 279 mortes, elevando o total acumulado para 35.031.

17h31 - O Governo italiano está a aconselhar os cidadãos a não viajarem para fora do país, "exceto por motivos estritamente necessários", dado o aumento de casos do novo coronavírus na Europa, alertando para a possibilidade de endurecimento das medidas restritivas.

"Perante o aumento de casos em alguns países europeus, não podem ser excluídas futuras restrições adicionais, que podem complicar qualquer reentrada em Itália", anunciou o Governo, num comunicado. As autoridades italianas prolongaram o estado de emergência até 31 de janeiro de 2021, endurecendo várias medidas de combate à pandemia, algumas das quais estão a ser contestadas politicamente.

17h27 - Idosa do lar da Misericórdia de Sines morreu no hospital. Uma utente do lar da Misericórdia de Sines (Setúbal), infetada com o vírus que provoca a Covid-19, morreu hoje no Hospital do Litoral Alentejano (HLA), onde está internado um outro utente da mesma instituição com a doença.

17h14 - "Não há soluções mágicas para esta pandemia", acrescentou Tedros Adhanom. O diretor-geral da OMS frisou a necessidade de reforçar os sistemas de saúde e o rastreio para que o vírus não se continue a propagar e recordou que "quando os líderes dos países atuam rápido, o vírus pode ser detido", mas quando há divisão política e falta de respeito pela ciência e pelos profissionais de saúde, "a confusão e o vírus propagam-se". 

17h10 - "Compreendemos a fadiga que as pessoas sentem, física e mentalmente, ningúem quer mais confinamentos, mas para evitá-los temos de cumprir a nossa parte", disse o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom, durante o briefing, desta segunda-feira, apelando a que não se desista. "Não podemos desistir. Não devemos desistir", frisou.

Acompanhe aqui a conferência.

17h02 - Foi hoje conhecido que uma das vacinas mais promissoras contra a Covid-19, desenvolvida pela AstraZeneca em colaboração com a Universidade de Oxford, produz uma resposta imunitária semelhante entre adultos mais novos, aumentando as esperanças de uma possível saída para a destruição económica causada pelo novo coronavírus, reporta a Reuters.

16h54 - Segundo surto na fábrica de cerâmica no Carregado com 56 infetados. Cinquenta e seis dos mais de 400 trabalhadores na fábrica de cerâmica Geberit, no Carregado, no concelho de Alenquer, estão infetados com o vírus da Covid-19, disse hoje à agência Lusa o delegado de saúde.

16h52 - PSP encerra bares em Loures e detém proprietário. Proprietário de um dos estabelecimentos fiscalizados já tinha sido multado por duas vezes pelo incumprimento das regras estabelecidas em contexto de pandemia. À terceira, foi detido pelas autoridades. Demonstrou "um completo desrespeito pelas medidas excecionais em vigor", sublinha a PSP.

16h45 - Catalunha pondera confinar em casa a população durante o fim de semana. A região espanhola da Catalunha está a ponderar se deve confinar a sua população em casa durante os fins de semana, enquanto mesmo ao lado, no nordeste do país, Aragão decidiu fechar ao exterior toda a comunidade autónoma.

16h39 - Apoios Covid-19 chegaram a 2,2 milhões de pessoas e 150 mil empresas. Os apoios de resposta à pandemia de Covid-19 abrangeram até ao momento 2,2 milhões de pessoas e 150 mil empresas, com um custo direto de dois mil milhões de euros, disse hoje a ministra do Trabalho, no parlamento.

16h37 - Itália regista 17.012 casos, 141 mortes e 991 internamentos em 24 horas. O país contabiliza um total de 542.789 casos confirmados desde o início da pandemia, sendo que 17.012 ocorreram no último dia. Há a lamentar um total de 37.479 mortes, sendo que 141 óbitos ocorreram nas últimas 24 horas.

Neste momento, há 12.997 pacientes hospitalizados (mais 991 do que ontem).

16h36 - Combate a 2.ª vaga mal pensado. "Precisamos de uma atuação mais exigente". No dia em que o Presidente da República está a ouvir, no Palácio de Belém, antigos ministros da Saúde, o primeiro a ser recebido foi Luís Filipe Pereira. À saída do encontro, e questionado pelos jornalistas sobre se o combate à segunda vaga do novo coronavírus foi mal preparado, concordou, dizendo que "tudo aponta para isso".

"De facto, não se vê que tenha havido um plano global, completo. Hoje, acho absolutamente essencial tomar essas medidas, ter um plano para a frente, hoje precisamos de uma atuação ainda mais exigente do aquela que tivemos que adotar em março/abril", reiterou.

15h55 - Empresários respeitam confinamento mas exigem apoios. O Conselho Empresarial do Tâmega e Sousa respeita o dever de permanência no domicílio decretado para Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira, mas reclama do Governo "atenção redobrada" no apoio às empresas, disse hoje o presidente daquela organização.

15h50 - O Presidente da República recebe hoje, em Belém, os ex-ministros da Saúde Luís Filipe Pereira, Ana Jorge e Fernando Leal da Costa. 

15h48 - O presidente do governo da Galiza, Alberto Núñez Feijóo, criticou, esta segunda-feira, a decisão do Governo central espanhol em decretar novamente o Estado de Emergência e a intenção de prorrogá-lo até maio. "É devastador para a confiança da economia e para a reputação internacional de Espanha", disse, citado pelo El País.

15h45 - 84% dos programas de ajuda do FMI implicam mais austeridade. A Organização Não Governamental (ONG) Oxfam alertou que 76 dos 91 programas de ajuda financeira do Fundo Monetário Internacional (FMI) durante a pandemia, incluindo Angola, têm cláusulas que implicam "duras medidas de austeridade" no futuro.

15h37 - Lotação no GP? "Não me parece que situação tenha sido catastrófica". Uma das primeiras questões lançadas à diretora-geral da Saúde, esta segunda-feira, durante a conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia, foi sobre a polémica realização do Grande Prémio de Fórmula 1, em Portimão, e o desrespeito das medidas por parte de alguns espectadores.

Apesar de admitir que houve algum incumprimento, para Graça Freitas, no geral, as regras foram cumpridas. "Não me parece que a situação tenha sido catastrófica e não penso que por ali vá surgir nenhum acontecimento muito dramático", disse.

15h22 - Sobe para três total de mortes na Misericórdia de Vila Viçosa devido a surto. O número de vítimas mortais do surto de Covid-19 associado a valências da Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa (Évora) subiu hoje para três, com a morte de um utente, de 90 anos, revelou a instituição.

15h15 - A conferência de imprensa da Direção-Geral da Saúde já começou. Acompanhe aqui.

15h10 - Lisboa supera 9 mil casos e Norte destaca-se. Por concelho são já 13 os que contabilizam mais de dois mil casos da Covid-19: Lisboa (9.202), Sintra (7.454), Loures (4.164), Amadora (3.722), Vila Nova de Gaia (3.246), Porto (3.508), Cascais (3.054), Odivelas (2.888), Matosinhos (2.426), Oeiras (2.334), Vila Franca de Xira (2.185), Guimarães (2.168)  e Braga (2.049).

15h05 - Hospital de Santarém retomou atendimento a grávidas urgentes. A urgência da Maternidade do Hospital de Santarém está hoje a funcionar normalmente, já que os testes ao SARS-Cov-2 realizados domingo a 90 profissionais, incluindo sete anestesistas que tinham estado em contacto com uma colega infetada, tiveram resultado negativo.

Boa tarde. Acompanhe neste registo todas as incidências relacionadas com o novo coronavírus. Pode recordar o registo anterior aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório