Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2020
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

Covid: Indonésios que não usam máscara forçados a cavar sepulturas

O "castigo social" está a ser aplicado numa zona rural da Indonésia.

Covid: Indonésios que não usam máscara forçados a cavar sepulturas

Os habitantes de uma zona rural da Indonésia que recusam usar máscara estão a ser forçados a cavar sepulturas de vítimas da Covid-19 pelas autoridades locais, como dá conta a CNN. As autoridades indonésias revelaram que três homens de meia idade e cinco menores receberam este castigo em Cerme, na província de Java Oriental, no passado dia 9 de setembro.

Apesar do uso de máscara em público ser obrigatório na Indonésia, um largo segmento da população têm rejeitado usar máscara e praticar distanciamento social. Isto num país que totaliza quase 230 mil infetados e mais de nove mil óbitos, segundo os dados do Ministério da Saúde.

Em julho, depois de aprovar a lei que obriga ao uso da máscara em locais públicos, o governo encarregou as autoridades locais de determinarem os castigos a aplicar aos incumpridores.

Em Cerme, quem não usa máscara têm a opção de aceitar pagar uma multa de 150 mil rupias indonésias (cerca de 8,5 euros) ou aceitar aquilo que o governo define como um “castigo social”. Na maioria das vezes esses “castigos sociais” implicam limpezas ou fazer flexões, mas também cavar sepulturas de vítimas da Covid-19.

Um dos responsáveis das autoridades locais, Suyono, disse à CNN que espera que cavar as sepulturas seja um castigo educacional para quem rejeita usar máscara e que lhes mostre “em primeira mão os efeitos reais e sérios da Covid-19”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório