Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2020
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Minnesota Vikings homenagearam George Floyd e vítimas do racismo nos EUA

A família de Floyd esteve presente no estádio dos Vikings no primeiro jogo da época da equipa da NFL. O silêncio substituiu o som do corno viking que é soprado antes do ínicio dos jogos da formação de Minnesota.

Quatro meses depois do homicídio de George Floyd às mãos de agentes da polícia de Minnesota, os Vikings, a equipa da NFL do estado no norte dos Estados Unidos, prestaram homenagem a Floyd e às outras vítimas do racismo, como dá conta o Bleacher Report.

Antes do primeiro jogo da época dos Minnesota Vikings contra os Green Bay Packers, os Vikings exibiram um vídeo de homenagem a George Floyd. Os seus familiares estiveram presentes no U.S. Bank Stadium para assistir ao momento. 

Para além de ter sido exibido um vídeo de tributo, os Vikings decidiram que não seria soprado o Gjallarhorn, uma réplica de um corno viking, que segundo a mitologia nórdica servia para anunciar a chegada dos deuses.

Esta foi a primeira vez que o Gjallarhorn não soou no estádio dos Vikings antes do início dos jogos, como é tradição desde 2007.

“George Floyd, entre inúmeros outros, não pode usar a sua voz. Como reconhecimento destas vozes silenciadas, o Gjallarhorn não vai ser soprado no início do jogo pela primeira vez desde que foi instituída [esta tradição]”, ouviu-se na instalação sonora do estádio.

Durante a primeira jornada da NFL, vários jogadores ajoelharam-se durante o hino dos Estados Unidos como forma de protesto contra o racismo. Muitas equipas optaram mesmo por ficar nos balneários enquanto era entoado o ‘Star-Spangled Banner’.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório