Meteorologia

  • 09 AGOSTO 2020
Tempo
27º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Moçambique regista 12.ª morte e aproxima-se das duas mil infeções

Moçambique registou hoje o 12.º óbito de um paciente com covid-19 e mais 43 novas infeções, elevando o total para 1.907, informou o Ministério da Saúde.

Moçambique regista 12.ª morte e aproxima-se das duas mil infeções
Notícias ao Minuto

16:58 - 01/08/20 por Lusa

Mundo Covid-19

"Trata-se de um adolescente de 12 anos de idade, com quadro de complicação de doença crónica", refere um comunicado do Ministério da Saúde distribuído hoje à comunicação social.

A vítima foi internada no Hospital Central de Maputo no dia 20 e, dois dias depois, foi transferida para o Centro de Tratamento de Pacientes com covid-19 no Hospital Geral da Polana Caniço, onde faleceu nas primeiras horas de hoje.

"Durante o internamento, a sua evolução não foi satisfatória", acrescenta o comunicado do Ministério da Saúde.

Nas últimas 24 horas, o país registou 43 novas infeções pelo novo coronavírus, elevando o total para 1.907.

"Dos 43 casos novos, trinta são do sexo masculino e treze do sexo feminino", acrescenta o documento, avançando ainda que os novos doente estão em isolamento domiciliar e que decorre o mapeamento dos seus contactos.

Os novos casos estão distribuídos pelas províncias de Maputo (01), Cabo Delgado (06), Sofala (08), Nampula (11), Maputo Cidade (17).

Do total de casos já registados desde o anúncio da primeira infeção, a 22 de março, o país tem 645 (33.82%) pessoas dadas como recuperadas.

A maioria dos casos ativos estão na Cidade de Maputo e província de Cabo Delgado, com 290 e 265 pessoas infetadas, respetivamente, seguida de Maputo província, com 245, e Nampula, com 241 infeções.

As restantes sete províncias do país registam menos de 55 casos.

O país, que viveu os últimos quatro meses em estado de emergência, realizou 58.991 testes de casos suspeitos, desde o anúncio do primeiro caso de covid-19, tendo rastreado mais de 1,5 milhões de pessoas.

Um total de 24.814 pessoas suspeitas de infeção foram colocadas em quarentena domiciliária e 3.542 continuam a ser acompanhadas pelas autoridades de saúde.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 680 mil mortos e infetou mais de 17,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório