Meteorologia

  • 11 JULHO 2020
Tempo
32º
MIN 19º MÁX 36º

Edição

Brasil torna-se o quarto país com mais óbitos ao registar mais 956 mortes

O Brasil contabilizou 956 mortes devido à Covid-19 nas últimas 24 horas e ultrapassou a França, tornando-se no quarto país do mundo com maior número de óbitos, segundo dados oficiais hoje divulgados.

Brasil torna-se o quarto país com mais óbitos ao registar mais 956 mortes
Notícias ao Minuto

23:54 - 30/05/20 por Lusa

Mundo Covid-19

Os números foram atualizados na noite de hoje pelo Ministério da Saúde brasileiro, que acrescentou que o país totaliza agora 28.834 vítimas mortais, sendo que está ainda a ser investigada a eventual relação de 3.862 mortes com a doença.

Segundo o portal Worldometer, que compila quase em tempo real informações da Organização Mundial da Saúde, dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças, de fontes oficiais dos países, de publicações científicas e de órgãos de informação, o Brasil está agora apenas atrás da Itália, Reino Unido e Estados Unidos da América em relação no número de mortes.

O Brasil registou também 33.274 novos casos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, um número diário recorde no país, totalizando 498.440 pessoas diagnosticadas desde o início da pandemia.

O Brasil ocupa o segundo lugar mundial em número total de infetados, apenas atrás dos Estados Unidos da América, que têm mais de 1,8 milhões de casos diagnosticados.

Ainda de acordo com a tutela da Saúde brasileira, o país já registou a recuperação de 200.892 pacientes infetados e 268.714 estão sob acompanhamento.

O estado de São Paulo, que é o foco da covid-19 no país, concentra 107.142 casos de infeção e 7.532 mortes, seguindo-se o Rio de Janeiro, que soma 52.420 casos diagnosticados e 5.277 vítimas mortais.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 366 mil mortos e infetou mais de seis milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,4 milhões de doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório