Meteorologia

  • 04 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

ONG do Zimbabué denunciam 250 casos de violência das forças de segurança

As organizações não-governamentais (ONG) de defesa dos direitos humanos no Zimbabué acusaram hoje as forças de segurança de serem responsáveis por 250 casos de violência desde o início da contenção imposta à população para travar a pandemia de covid-19.

ONG do Zimbabué denunciam 250 casos de violência das forças de segurança
Notícias ao Minuto

18:27 - 22/05/20 por Lusa

Mundo Covid-19

A chefe da coligação de ONG, Jestina Mukoko, disse à imprensa que estava "horrorizada e indignada" e apelou à ministra dos Assuntos Internos e à comissária da polícia para que lançassem luz contra os abusos.

Mukoko, ela própria vítima de abusos cometidos no passado por agentes da autoridade, apelou a uma "investigação criminal sobre o rapto e a tortura" de três elementos do principal partido da oposição.

As três jovens mulheres foram encontradas na semana passada com ferimentos graves, numa estrada nos subúrbios da capital, Harare, dois dias depois de terem desaparecido durante uma manifestação.

O Movimento para a Mudança Democrática (MDC), com base nos seus depoimentos, acusou a polícia de as prender, espancar e torturar.

O Governo negou categoricamente as acusações.

As forças de segurança do regime do Zimbabué são frequentemente acusadas pela prática de repressão e violência contra pessoas ligadas à oposição.

O Presidente Emmerson Mnangagwa impôs há sete semanas, e até novo aviso, medidas de contenção para evitar a propagação da covid-19, que já provocou quatro mortes no país, e que regista neste momento 51 casos de infeção pelo novo coronavírus.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou quase 330 mil mortos e infetou mais de 5,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 1,9 milhões de doentes foram considerados curados.

Em África, há 3.105 mortos confirmados, em mais de 100 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório