Meteorologia

  • 18 SETEMBRO 2020
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

Bruxelas harmoniza normas para fabrico de equipamento de proteção

A Comissão Europeia adotou normas harmonizadas que permitirão aos fabricantes a comercialização de equipamentos de proteção adequados para a atual pandemia da covid-19 e facilitarão o procedimento de avaliação da conformidade.

Bruxelas harmoniza normas para fabrico de equipamento de proteção

As normas revistas abrangem dispositivos como máscaras faciais, cortinas, batas e fatos cirúrgicos, sabões e desinfetantes e ainda aparelhos de esterilização.

Assim que entrarem em vigor, após publicação no Jornal Oficial da União Europeia, as normas harmonizadas irão permitir que os fabricantes destes dispositivos médicos e outros operadores económicos envolvidos cumpram com os requisitos de saúde e segurança europeus.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou perto de 428 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 19.000.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com mais de 226.000 casos, é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 6.820 mortos em 69.176 casos registados até terça-feira.

A Espanha é o segundo país com maior número de mortes, registando 3.434, entre 47.610 casos de infeção.

A China, sem contar com os territórios de Hong Kong e Macau, onde a epidemia surgiu no final de dezembro, conta com mais de 81.200 casos, tendo sido registados 3.281 mortes. Nas últimas 24 horas, reportou 47 novos casos, todos com origem no exterior.

Os países mais afetados a seguir à Itália, Espanha e China são o Irão, com 2.077 mortes num total de 27.017 casos, a França, com 1.100 mortes (22.302 casos), e os Estados Unidos, com 600 mortes (55.225 casos).

O continente africano registou 64 mortes devido ao novo coronavírus, ultrapassando os 2.300 casos.

Vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

IG // FPA

Lusa/fim

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório