Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2021
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

Polícia neozelandesa investiga ameaça a mesquitas de Christchurch

Há quase um ano um atirador matou 51 pessoas em duas mesquitas de Christchurch.

Polícia neozelandesa investiga ameaça a mesquitas de Christchurch

A polícia da Nova Zelândia está a investigar uma ameaça a mesquitas de Christchurch, segundo o New Zealand Herald. A ameaça foi publicada este domingo no Telegram, um serviço de mensagens encriptadas.

Na mensagem, que foi escrita em inglês e em russo, lê-se que os fiéis que vão à mesquita de Masjid Al-Noor, uma das mesquitas onde aconteceu o tiroteio em massa no ano passado, vão cumprimentar-se pela “última vez”.

A mensagem está acompanhada de um emoji de uma arma e de uma fotografia do homem com uma máscara com uma caveira impressa.

Anjum Rahman, do Islamic Women’s Councel of New Zealand, afirmou que alertou os líderes da comunidade e pediu à polícia para reforçar a segurança em torno das mesquitas. Rahman acrescentou ao New Zealand Herald que esta não foi a primeira ameaça de que a comunidade muçulmana foi alvo desde o ataque do ano passado.

Um porta-voz da polícia neozelandesa sublinhou que a ameaça publicada no Telegram já está a ser investigada.

Numa conferência de imprensa, a primeira-ministra da Nova Zelândia Jacinda Ardern condenou a ameaça.

No próximo dia 15 de março marca-se a efeméride do ataque terrorista de Christchurch. O autor do massacre, Brenton Tarrant, declarou-se inocente das 92 acusações de que é alvo, incluindo uma de terrorismo. Aguarda julgamento em prisão preventiva. O julgamento terá início em maio do próximo ano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório