Meteorologia

  • 04 ABRIL 2020
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Macau cancela voos para a Coreia do Sul

O Governo de Macau apelou hoje aos residentes para não viajarem para a Coreia do Sul, devido à subida "em flexa" de casos confirmados de novo coronavírus nos últimos dias e anunciou o cancelamento de voos para o país.

Macau cancela voos para a Coreia do Sul
Notícias ao Minuto

11:03 - 23/02/20 por Lusa

Mundo Covid-19

"Em poucos dias o número de casos confirmados aumentou em flexa" na Coreia do Sul, disse a coordenadora do Núcleo de Prevenção e Doenças Infecciosas e Vigilância da Doença, Leong Iek Hou, em conferência de imprensa.

As autoridades acrescentaram ainda que consideram a Coreia do Sul uma zona de alta incidência de Covid-19 e por isso as pessoas que entrem Macau e que tenham estado na Coreia do Sul nos últimos 14 dias antes da sua chegada, serão sujeitos a exames médicos indispensáveis exigidos pelos Serviços de Saúde.

Esta medida entra em vigor na segunda-feira, indicou o Governo de Macau. Todos os voos vão ser cancelados a partir do dia 01 de março, acrescentaram.

O Governo sul-coreano subiu hoje o alerta por doenças contagiosas para o nível "vermelho", o máximo da escala, devido ao aumento de contágios do coronavírus Covid-19, que já infetou 556 pessoas no país asiático.

O executivo decidiu ativar o protocolo depois do número de contágios se ter multiplicado por 17 nos últimos cinco dias, especialmente em torno da cidade de Daegu, no sudeste do país.

"O problema do Covid-19 atingiu um ponto de inflexão", disse o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, citado pela agência Yonhap na reunião realizada com membros do seu gabinete para ativar o novo nível de alerta e na qual adiantou que "os próximos dias serão muito importantes" para a evolução da epidemia.

A Coreia do Sul anunciou hoje mais uma morte causada pelo coronavírus Covid-19, elevando para quatro o número de vítimas mortais no país, enquanto o total de pessoas infetadas é já de 556.

De acordo com o Centro de Prevenção e Controlo de Doenças (KCDC) sul-coreano, um homem de 57 anos morreu no sábado, no hospital Daenam, em Daegu, onde estiveram hospitalizadas outras duas vítimas mortais.

No mesmo hospital, foram registados 111 contágios, levando as autoridades a considerar que este centro médico pode ser um foco secundário de infeção.

O KCDC mantém em quarentena mais de seis mil pessoas, numa altura em que a epidemia entrou numa fase de contágio local.

Por outro lado, O número de infetados com o coronavírus Covid-19 em Macau desceu na quarta-feira para quatro após uma nova alta hospitalar anunciada pelos Serviços de Saúde locais, em conferência de imprensa.

Trata-se de um homem de 66 anos, que esteve 28 dias hospitalizado, oriundo da cidade chinesa de Wuhan, onde começou o novo coronavírus, que já matou mais de duas mil pessoas a nível mundial.

Dos 10 casos registados em Macau, este é o sexto paciente a receber alta, continuando internadas outras quatro pessoas.

Ainda na conferência de imprensa de hoje, as autoridades indicaram que dos 1.565 casos suspeitos em Macau, 1.550 foram excluídos pelas autoridades, com cinco à espera de resultados de análises.

Nas últimas 24 horas foram efetuados 75 testes, sublinharam as autoridades de saúde, no dia em que se cumpre o 19.º dia sem novos casos no território.

O número de mortos de coronavírus Covid-19 subiu hoje para 2.442 na China continental, com mais 97 vítimas mortais nas últimas 24 horas, anunciaram as autoridades.

A Comissão de Saúde da China registou mais 648 novos casos de infeção para um total de 76.938.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório